O desenvolvimento da criança e a Atividade De Estudo nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental: estudo teórico

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5433/1984-7939.2022v7n1p78

Palavras-chave:

Criança em idade escolar. Atividade. Estudo. Anos Desenvolvimento da personalidade. Ensino Fundamental

Resumo

O objetivo deste artigo é investigar teoricamente o desenvolvimento da criança e a atividade de estudo nos anos iniciais do Ensino Fundamental, na perspectiva da Teoria Histórico-Cultural e Teoria da Atividade. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica realizada para aprofundamento da concepção de atividade de estudo situada nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Para isso, analisa-se o desenvolvimento da criança com foco em sua idade psicológica, a gênese do conceito de atividade e os estudos sobre a atividade de estudo, particularmente a atividade inicial de estudo da criança. Conclui-se que a criança é sujeita da atividade de estudo ao ensinar a si própria nos limites de seus conhecimentos e buscar os meios para superar o já conhecido em direção ao desconhecido.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Ana Maria Esteves Bortolanza, Universidade do Sul de Santa Catarina - Unisul

Doutora em Educação pela UNESP, campus de Marília. Pós-doutorado na Universidade de Évora, Portugal. Professora na Universidade do Sul de Santa Catarina.

Neire Márcia da Cunha, Universidade de Uberaba - Uniube

Doutora em Educação pela UNESP - Campus de Marília. Professora da Universidade de Uberaba - Minas Gerais.

Cintia Corrêa, Universidade de Uberaba - Uniube

Doutoranda em Educação da linha de pesquisa Fundamentos e Práticas Educativas da Universidade de Uberaba - UNIUBE.

Referências

CUNHA, Neire Márcia da; COSTA, Selma Aparecida Ferreira da. Algumas especificidades na constituição da inteligência e da personalidade na primeira infância. In: SILVA, José Ricardo; SOUZA, Regina Aparecida Marques de; MELLO, Suely Amaral; LIMA, Vanilda Gonçalves de (org.). Educação de bebês: cuidar e educar para o desenvolvimento humano. São Carlos: Pedro e João Editores, 2018.

DAVIDOV, Vasili Vasilievich. Uma nova abordagem para a interpretação da estrutura e do conteúdo da atividade. In: CHAIKLIN, Seth; HEDEGAARD, Mariane; JENSEN, Uffe Juul (ed.). Teoria da atividade e prática social: abordagens histórico-culturais. Tradução de José Carlos Libâneo. Aarhus: Aarthus University Press, p. 01-10. 1999.

DAVIDOV, Vasili Vasilievich; SLOBODCHIKOV, V. I.; ZUCKERMAN, Galina A. O aluno das séries iniciais do ensino fundamental como sujeito da atividade de estudo In: PUENTES, Roberto Valdés; MELLO, Suely Amaral (org.). Teoria da atividade de estudo: contribuições de pesquisadores brasileiros e estrangeiros. Uberlândia: EDUFU, 2019. p. 241-256. (Biblioteca Psícopedagógica e Didática. Série Ensino Desenvolvimental, v. 8). Disponível em: http://www.edufu.ufu.br/sites/edufu.ufu.br/files/e-book_teoria_da_atividade_de_estudo_2019_protegido_3.pdf . Acesso em: 20 maio 2022.

ELKONIN, Daniil Borisovich. Sobre el problema de la periodización del desarrollo psíquico en la infancia. In: LA PSICOLOGÍA evolutiva y pedagógica en la urss: antología. Moscú: Editorial Progresso, 1987. p. 104-124. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/4905268/mod_resource/content/4/LA%20PSICOLOGIA%20EVOLUTIVA%20Y%20PEDAGOGICA%20EN%20LA%20URSS%2C%20traduzido%20por%20Marta%20Shuare.pdf. Acesso em: 27 maio 2022.

LEONTIEV, Alexis Nikolaevich. Actividad, conciencia y personalidad. Buenos Aires: Ediciones del Hombre, 1983.

LEONTIEV, Alexis Nikolaevich. O desenvolvimento do psiquismo. Tradução Manuel Dias Duarte. Lisboa: Livros Horizonte, 1978.

MELLO, Suely Amaral. Infância e humanização: algumas considerações na perspectiva Histórico-Cultural. Perspectiva, Florianópolis, v. 25, n. 1, p. 83-104, 2007. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/perspectiva/article/view/1630/1371. Acesso em: 27 maio 2022.

REPKIN, Vladimir Vladimirovich. Ensino desenvolvente e atividade de estudo. Journal of Russian and East European Psychology, Armonk, v. 41, n. 4, p. 10-33, 2003.

VIGOTSKI, Lev Semionovitch. El problema de la edad. In: VYGOTSKI, L. S. Obras escogidas. Madrid: Visor, 1996. v. 4. p. 251-274.

VIGOTSKI, Lev Semionovitch. A brincadeira e o seu papel no desenvolvimento psíquico da criança. Revista Virtual de Gestão de Iniciativas Sociais, Rio de Janeiro, p. 23-36, 2008. Disponível em: https://atividart.files.wordpress.com/2016/05/a-brincadeira-e-seu-papel-no-desenvolvimento-psiquico-da-crianc3a7a.pdf. Acesso em: 27 maio 2022.

VIGOTSKI, Lev Semionovitch. A construção do pensamento e da palavra. Tradução Paulo Bezerra. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

VIGOTSKI, Lev Semionovitch. As raízes genéticas do pensamento e da linguagem. In: VIGOTSKI, Lev Semionovitch. A construção do pensamento e da linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

ZUCKERMAN, Galina A. As condições do desenvolvimento da reflexão nas crianças de seis de idade. In: PUENTES, Roberto Valdés; MELLO, Suely Amaral (org.). Teoria da atividade de estudo: contribuições de pesquisadores brasileiros e estrangeiros. Uberlândia: EDUFU, 2019. p. 257-264. (Biblioteca Psícopedagógica e Didática. Série Ensino Desenvolvimental, v. 8). Disponível em: http://www.edufu.ufu.br/sites/edufu.ufu.br/files/e-book_teoria_da_atividade_de_estudo_2019_protegido_3.pdf . Acesso em: 27 maio 2022.

Downloads

Publicado

12-07-2022

Como Citar

BORTOLANZA, A. M. E.; CUNHA, N. M. da; CORRÊA, C. O desenvolvimento da criança e a Atividade De Estudo nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental: estudo teórico. Educação em Análise, Londrina, v. 7, n. 1, p. 78–99, 2022. DOI: 10.5433/1984-7939.2022v7n1p78. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/educanalise/article/view/45169. Acesso em: 20 maio. 2024.