O ensino da leitura literária: a formação do aluno leitor no 5º do ensino fundamental

Autores

  • Fernanda Aparecida Ferreira Pinheiro Universidade Estadual de Londrina (UEL)
  • Rovilson José da Silva Universidade Estadual de Londrina (UEL) https://orcid.org/0000-0002-8756-9421

DOI:

https://doi.org/10.5433/1984-7939.2017v2n2p207

Palavras-chave:

Literatura infantil, Formação de leitor, Mediação da leitura literária, Anos Iniciais do Ensino Fundamental

Resumo

Este estudo teve por objetivo investigar como a escola realiza a mediação da leitura literária no 5º ano dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, visando à formação do aluno leitor. Para isso, a pesquisa foi desenvolvida a partir de estudo bibliográfico e de campo amparados pelo tratamento de dados qualitativos, em que se utilizou instrumentos como observações e registros da aula, com intuito de compreender o objeto investigado. Por meio do estudo bibliográfico buscou-se a compreensão do tema, partindo de teorias de especialistas na área referente ao ensino da leitura literária nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. A pesquisa de campo foi realizada em uma escola pública municipal localizada na cidade de Cambé – Paraná, em que buscou-se compreender como a instituição orientava o trabalho com a literatura infantil por meio da mediação docente visando à formação leitora do aluno no 5º ano dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. Evidenciou-se a importância da literatura infantil para o desenvolvimento da criança, visto que contribui para aquisição de conhecimentos socioculturiais. Destaca-se, ainda, que a escola, enquanto instituição responsável pelo ensino da leitura literária e formação do aluno leitor, deve ter comprometimento e condições física e humana adequadas para realizar por meio do trabalho docente a mediação dessa aprendizagem.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Fernanda Aparecida Ferreira Pinheiro, Universidade Estadual de Londrina (UEL)

Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual de Londrina - UEL

Rovilson José da Silva, Universidade Estadual de Londrina (UEL)

Doutorado Sanduíche em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho/Campus Marília e Universidade Autônoma de Barcelona/ Espanha. Pós -doutorado em Ciência da Informação (UNESP/Marília). Professor da Universidade Estadual de Londrina - UEL.

Referências

BARROS, Maria Helena Toledo Costa de. O adolescente e a leitura da literatura. In: BARROS, Maria Helena Toledo Costa de; BORTOLIN, Sueli; SILVA, Rovilson José da. Leitura: mediação e mediador. São Paulo: Ed. FA, 2006. p. 29 - 38.

BARROS, Maria Helena Toledo Costa de. Vó, me conta uma história? In: BARROS, Maria Helena Toledo Costa de. Leitura: mediação e mediador. São Paulo: Ed. FA, 2006. p. 107 - 115.

BARROS, Maria Helena Toledo Costa de. O professor como mediador de leitura. In: BARROS, Maria Helena Toledo Costa de. Leitura: mediação e mediador. São Paulo: Ed. FA, 2006. p. 133 - 138.

BARROS, Maria Helena Toledo Costa de. De leitura, classes especiais e bibliotecas escolares. In: BARROS, Maria Helena Toledo Costa de. Leitura: mediação e mediador. São Paulo: Ed. FA, 2006.

BOGDAN, Roberto C.; BIKLEN, Sari Knopp. Investigação qualitativa em educação. Tradução de Maria João Alvarez, Sara Bahia dos Santos e Telmo Mourinho Baptista. Porto Ed., 1994.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2017.

COELHO, Nelly Novaes. Literatura infantil: teoria, análise, didática. 6. ed. São Paulo: Ática, 1993.

FLICK, Uwe. Introdução à pesquisa qualitativa. Tradução de Joice Elias Costa. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.

GOODY, Jack; WATT, Ian. As consequências do letramento. Tradução de Waldemar Ferreira Netto. São Paulo: Paulistana, 2006.

LAJOLO, Marisa. O texto não é pretexto. In: ZILBERMAN, Regina (Org) et al. Leitura em crise na escola: as alternativas do professor. 10ª edição. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1991.

PARANÁ. Secretaria de Cultura do Estado do. Hora do Conto. Disponível em: http://www.bpp.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=24. Acesso em: 13 maio.2018.

SILVA, Ezequiel Theodoro da. Biblioteca escolar: da gênese à gestão. In: ZILBERMAN, Regina (Org.) Leitura em crise na escola: as alternativas do professor. 10. Ed. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1991.

SILVA, Rovilson José da; BORTOLIN, Sueli. Das prateleiras às mãos. In: BARROS, Maria Helena Toledo Costa de; BORTOLIN, Sueli; SILVA, Rovilson José da. Leitura: mediação e mediador. São Paulo: Ed. FA, 2006. p. 75 - 87.

SILVA, Rovilson José da. A hora do conto na escola: paradoxos e desafios. In: SILVA, Rovilson José da. Leitura: mediação e mediador. São Paulo: Ed. FA, 2006. p. 89 - 106.

SILVA, Rovilson José da. Formar leitores na escola: o projeto pedagógico, a biblioteca escolar e a mediação. Informação & Informação, Londrina, v. 20, n. 3, p. 487 - 506, set./dez. 2015. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao. Acesso em 25 maio.2018.

SILVA, Rovilson José da. Biblioteca escolar e a formação de leitores: o papel de mediador de leitura. Londrina: EDUEL, 2010.

SOARES, Magda. A escolarização da literatura infantil e juvenil. In: MARTINS, Aracy Alves; BRANDÃO, Heliana Maria Brina; MACHADO, Maria Zélia Versiani (Org.). A escolarização da leitura literária: o jogo do livro infantil e juvenil. Belo Horizonte: Autêntica, 1999. p. 17 - 48.

ZILBERMAN, Regina. A literatura infantil na escola. 6. ed. São Paulo: Global, 1987.

ZILBERMAN, Regina. A leitura e o ensino da literatura. Curitiba: Ibpex, 2010.

Downloads

Publicado

14-09-2018

Como Citar

PINHEIRO, F. A. F.; SILVA, R. J. da. O ensino da leitura literária: a formação do aluno leitor no 5º do ensino fundamental. Educação em Análise, Londrina, v. 2, n. 2, p. 207–230, 2018. DOI: 10.5433/1984-7939.2017v2n2p207. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/educanalise/article/view/34199. Acesso em: 26 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>