Análise sobre o Teatro Brechtiano e sua influência em bodas de café: reflexões literárias, artísticas e didáticas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5433/1984-7939.2024v9n1p350

Palavras-chave:

Bertolt Brecht, Dramaturgia londrinense, didática, Literatura, Nitis Jacon

Resumo

O presente artigo tem por sustentação a reflexão acerca de elementos políticos presentes no texto dramático Bodas de café, produzido pela autora londrinense Nitis Jacon, em 1984. O ponto de partida para a reflexão sobre a peça é a teoria do teatro épico do dramaturgo alemão Bertolt Brecht, o qual se opõe ao teatro dramático, propondo a reflexão crítica por parte do espectador. Dessa forma o objetivo primário da pesquisa é promover uma reflexão das relações humanas com seu meio social no texto dramático, a trajetória do homem e suas transformações. E os objetivos secundários são destacar o trabalho de dramaturgia londrinense, que ainda é pouco pesquisado, e por fim, também contribuir para novas pesquisas acerca do tema dramaturgia londrinense. A pesquisa resgata uma grande época do teatro londrinense, em que se produzia e encenava textos teatrais com uma linguagem própria. Tanto o grupo PROTEU quanto a autora Nitis Jacon fizeram história e abriram caminhos para que Londrina se tornasse esse grande polo cultural e que ainda é pouco conhecido. E nela também enfatizamos a importância da liberdade com príncípio fundamental dos direitos humanos e educacionais.

 

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

André Luiz Demarchi, Universidade Estadual de Londrina

Ator, Graduado em Letras - Bacharelado em Estudos Literários na Universidade Estadual de Londrina – UEL e Teatro pela Escola Municipal de Teatro (FUNCART). 

Ravelli Henrique de Souza, Universidade Estadual de Londrina

Professor, Doutorando e Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Londrina - UEL.

Eduardo Augusto Farias, Universidade Estadual de Londrina

Assistente Social. Doutorando em Educação e Mestre em Serviço Social e Política Social pela Universidade Estadual de Londrina - UEL.

Marta Regina Furlan, Universidade Estadual de Londrina

Professora Adjunta do programa de pós-graduação em educação da Universidade Estadual de Londrina (UEL). Pós Doutora em Educação Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho (UNESP) e Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC)

Referências

CHIARINI, Paolo. Bertolt Brecht. Tradução de Fátima de Souza. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1967.

DEMARCHI, André Luiz. Dramaturgia londrinense: reflexões acerca do elemento político em bodas de café, de Nitis Jacon. 2014. 53 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras Vernáculas e Clássicas) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2014.

JACON, Nitis. Bodas de café. Londrina: Grupo Proteu; Eduel, 1984. ROSENFELD, Anatol. O teatro épico. 3. ed. São Paulo: Perspectiva, 2000.

WILLETT, John. O teatro de Bertolt Brecht: visto de oito aspectos. Tradução de Álvaro Cabral. Rio de Janeiro: Zahar, 1967.

Downloads

Publicado

30-03-2024

Como Citar

DEMARCHI, A. L.; SOUZA, R. H. de; FARIAS, E. A.; FURLAN, M. R. Análise sobre o Teatro Brechtiano e sua influência em bodas de café: reflexões literárias, artísticas e didáticas. Educação em Análise, Londrina, v. 9, n. 1, p. 350–362, 2024. DOI: 10.5433/1984-7939.2024v9n1p350. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/educanalise/article/view/48395. Acesso em: 28 maio. 2024.