Decifra-me ou eu te devoro! - os fundamentos sócioeconômico-culturais do modo de produção capitalista e suas implicações na história da educação e no trabalho educativo

Autores

  • Antonio Carlos Souza Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP)
  • César Aparecido Nunes Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) https://orcid.org/0000-0003-3548-9486

DOI:

https://doi.org/10.5433/1984-7939.2017v2n1p5

Palavras-chave:

Educação, Práxis pedagógica, Filosofia

Resumo

Este trabalho pretende discutir os fundamentos filosóficos e políticos da educação, a partir da perspectiva materialista dialético-histórica, como visão de mundo, como método de análise e como práxis. Vivemos numa situação histórica paradoxal em relação às condições socioeconômico-culturais: de um lado, o discurso de que estamos no melhor dos mundos possíveis, de constante progresso técnico-científico e, de outro lado, a realidade de exploração da maioria dos seres humanos. Nosso objetivo é o de apresentar uma reflexão no sentido de desafiar os discursos e práticas e sua defesa do estado atual de coisas, que tem como fundamento o liberalismo político e o modo de produção capitalista, especificamente a questão da alienação e da ideologia e suas implicações na educação. Daí partirmos de uma reflexão-ação sobre as circunstâncias concretas, inseparável de uma reflexão-ação sobre as consciências, pois entendemos que a educação é uma atividade de interpretação-compreensão, assim como de intervenção-ação no mundo das relações concretas e contraditórias. Propomos o reconhecimento da atualidade do materialismo dialético-histórico e de sua potencialidade científica, histórica, filosófica e política, como possibilidade de construção do homem omnilateral, capaz de ter consciência do real e de práxis interventiva e transformadora, na superação e abolição de toda forma de educação puramente operacional, técnica, instrumental, exploratória e mercantilista. É preciso pensar uma “educação para além do capital”, que não se submeta ou se adapte aos interesses do capital, do “mercado de trabalho”. Nosso objetivo é discutir a possibilidade e a necessidade objetiva da construção da sociedade e do homem politicamente emancipados.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Antonio Carlos Souza, Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP)

Doutor em Educação. Professor do Colegiado de Filosofia. Centro de Ciências Humanas e da Educação, Campus Jacarezinho, Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP).

César Aparecido Nunes, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

Doutor  em Filosofia e Educação. Livre-docente em Ética e Educação. Professor Titular na área de Filosofia e Educação da FE/UNICAMP.

Referências

ENGELS, F. Anti-Dühring. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1976.

GOERGEN, P. Pós-Modernidade, Ética e Educação. Campinas: Autores Associados, 2001.

LÉNIN, V. I. As três fontes e as três partes constitutivas do marxismo. Lisboa: Avante, 1984. (Obras Escolhidas 2).

MARX, K. O Capital. São Paulo: Nova Cultural, 1988.

MARX, K. Introdução à Crítica da Economia Política. São Paulo: Nova Cultural, 2000.

MARX, K. Manuscritos Econômico-Filosóficos. São Paulo: Boitempo, 2004.

MARX, K. Crítica do Programa de Gotha. São Paulo: Boitempo, 2012.

MARX, K.; ENGELS, F. Textos Sobre Educação e Ensino. São Paulo: Moraes, 1983.

MARX, K.; ENGELS, F. A Ideologia Alemã. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

MARX, K.; ENGELS, F. Manifesto Comunista. São Paulo: Boitempo, 2010.

MÉSZÁROS, I. A Educação Para Além do Capital. São Paulo: Boitempo, 2005.

NUNES, C. Educar para a Emancipação. Florianópolis: Sophos, 2003.

SAVIANI, D. Filosofia da educação: crise da modernidade e o futuro da filosofia da práxis. In: FREITAS, M.C (Org.). A reivindicação do futuro: trabalho, educação, política na globalização do capitalismo. São Paulo: Cortez; Bragança Paulista: USF-IFAN, 1996.

SAVIANI, D. Educação: do Senso Comum à Consciência Filosófica. Campinas: Autores Associados, 2002.

SAVIANI, D. Pedagogia Histórico- Crítica: primeiras aproximações. Campinas: Autores Associados, 1991. SCHAFF, A. A sociedade Informática. São Paulo: Brasiliense, 2001.

SHISKHIN, A. Ética. Buenos Aires: Cartago, 1966.

Downloads

Publicado

03-01-2018

Como Citar

SOUZA, A. C.; NUNES, C. A. Decifra-me ou eu te devoro! - os fundamentos sócioeconômico-culturais do modo de produção capitalista e suas implicações na história da educação e no trabalho educativo. Educação em Análise, Londrina, v. 2, n. 1, p. 5–20, 2018. DOI: 10.5433/1984-7939.2017v2n1p5. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/educanalise/article/view/30337. Acesso em: 19 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos