Tornar-se amiga de Constance Kamii: entre lembranças e saudades

Autores

  • Sylvia Parrat-Dayan Archives Piaget Universidade de Genebra

DOI:

https://doi.org/10.5433/1984-7939.2022v7n2p297

Palavras-chave:

Epistemologia Genética, Constance Kamii, memórias

Resumo

Trata-se da descrição de Sylvia Parrat-Dayan sobre a construção da amizade com Constance Kamii e os enfrentamentos que  duas pesquisadoras renomadas e colaboradoras de Jean Piaget, precisaram fazer durante sua trajetória como pesquisadoras. A alegria da amizade compartilhada!

Biografia do Autor

Sylvia Parrat-Dayan, Archives Piaget Universidade de Genebra

Pesquisadora e colaboradora científica nos Arquivos Jean Piaget da Universidade de Genebra, Suíça, onde continua à orientar trabalhos de doutorado, pós-doutorado. Em Genebra, Suíça, foi colaboradora do Centro Internacional de Epistemologia Genética dirigido por Jean Piaget e ensinou por muitos anos a Psicologia da criança. Na França (Universidade de Nancy), ela ensinou durante muitos anos a psicologia do desenvolvimento. Foi também  professora na Universidade de Lausanne, na Suiça.  Ela é também conferencista internacional.

Referências

não há referências... texto livre

Downloads

Publicado

23-12-2022

Como Citar

PARRAT-DAYAN, Sylvia. Tornar-se amiga de Constance Kamii: entre lembranças e saudades. Educação em Análise, Londrina, v. 7, n. 2, p. 297–299, 2022. DOI: 10.5433/1984-7939.2022v7n2p297. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/educanalise/article/view/47499. Acesso em: 14 jul. 2024.