Consórcio do girassol com cultivares de Brachiaria brizantha em duas épocas de semeadura na safrinha

Autores

  • Welma Santos Cruvinel Instituto Federal Goiano
  • Kátia Aparecida de Pinho Costa Instituto Federal Goiano
  • Alessandro Guerra da Silva Universidade de Rio Verde
  • Eduardo da Costa Severiano Instituto Federal Goiano
  • Matheus Gonçalves Ribeiro Universidade Estadual de Maringá

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0359.2017v38n5p3173

Palavras-chave:

Helianthus annuus L, Integração lavoura-pecuária.

Resumo

O consórcio de culturas anuais e forrageiras tropicais na mesma área tem-se mostrado como técnica de cultivo eficaz para maximizar a produção de grãos e formação de pastagens. Neste contexto, objetivou-se avaliar as características agronômicas do girassol, bem como as características produtivas e nutricionais de cultivares de Brachiaria brizantha consorciado com o girassol em duas épocas de semeadura, na safrinha na região Centro-Oeste. O experimento foi conduzido no município de Rio Verde-GO no delineamento experimental em blocos ao acaso com três repetições em esquema fatorial 3x2+4, sendo três cultivares de Brachiaria brizantha (Marandu; Piatã e Xaraés) consorciadas na entrelinha com o cultivar de girassol Charrua em duas épocas de semeadura (fevereiro e março), além de quatro tratamentos adicionais referentes aos monocultivos do girassol e dos três cultivares de Brachiaria brizantha. Os resultados permitiram constatar que o consórcio do girassol com o capim-xaraés afeta negativamente as características agronômicas do girassol, sendo mais recomendando o consórcio com os capins marandu e piatã. Quando se objetiva a produção de forragem, deve-se dar preferência para o uso do capim-xaraés, e para obtenção de forragem de melhor valor nutricional, deve-se empregar o capim-piatã. A semeadura em março proporciona melhores resultados para características agronômicas do girassol, sem interferência nas características produtivas e nutricionais das forrageiras. Sendo assim, o consórcio de girassol com os cultivares de Brachiaria brizantha na safrinha mostrou-se como técnica de cultivo promissora para produção de aquênios e de forragem na entressafra na região Centro-Oeste.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Welma Santos Cruvinel, Instituto Federal Goiano

M.e em Ciências Agrarias, Agronomia, Instituto Federal Goiano, IFGoiano, Campus Rio Verde, Rio Verde, GO, Brasil.

Kátia Aparecida de Pinho Costa, Instituto Federal Goiano

Profa, Programas de Pós-graduação em Ciências Agrarias e Zootecnia, IFGoiano, Campus Rio Verde, Rio Verde, GO, Brasil.

Alessandro Guerra da Silva, Universidade de Rio Verde

Prof., Programa de Pós-graduação em Produção Vegetal, Universidade de Rio Verde, UniRV, Rio Verde, GO, Brasil.

Eduardo da Costa Severiano, Instituto Federal Goiano

Prof., Programas de Pós-graduação em Ciências Agrarias e Zootecnia, IFGoiano, Campus Rio Verde, Rio Verde, GO, Brasil.

Matheus Gonçalves Ribeiro, Universidade Estadual de Maringá

Discente, Curso de Doutorado, Programa de Pós-Graduação em Zootecnia, Universidade Estadual de Maringá, UEM, Maringá, PR, Brasil.

Downloads

Publicado

2017-10-03

Como Citar

Cruvinel, W. S., Costa, K. A. de P., Silva, A. G. da, Severiano, E. da C., & Ribeiro, M. G. (2017). Consórcio do girassol com cultivares de Brachiaria brizantha em duas épocas de semeadura na safrinha. Semina: Ciências Agrárias, 38(5), 3173–3192. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2017v38n5p3173

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

<< < 1 2