Implicações da Atividade de Estudo para a formação das capacidades do pensamento teórico no estudante

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5433/1984-7939.2022v7n1p121

Palavras-chave:

Educação, Anos Iniciais Ensino Fundamental, Atividade de Estudo, Teoria Histórico-Cultural, Capacidades do pensamento teórico.

Resumo

O artigo objetivou refletir sobre a Atividade de Estudo como possibilidade de prática pedagógica influenciadora no processo de desenvolvimento das capacidades do pensamento teórico dos estudantes dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, por meio da análise das características dessa metodologia de ensino-aprendizagem. A Atividade de Estudo, entendida pelos teóricos da Teoria Histórico-Cultural como a atividade principal de crianças em idade escolar, é considerada como um meio para que os estudantes, utilizando-se dessas capacidades, reproduzam os princípios de ações pelos quais compreendem e analisam o mundo dos fenômenos, das relações e dos bens culturais humanos. Por meio do conhecimento teórico, conteúdo da Atividade de Estudo, desenvolvem-se, no escolar, essas novas capacidades que lhe possibilitam o desenvolvimento de uma nova forma de ação para concretizar sua relação com o mundo, ou seja, uma relação teórica com a realidade.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Cleber Barbosa da Silva Clarindo, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP

Doutorado em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Professor de Educação Básica - Secretária da Educação do Estado de São Paulo.

Érika Christina Kohle, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP

Doutoranda do Programa de Pòs-Graduação em Educação da Universidade Estadual Paulista Júlio Mesquita Filho (Marília). Diretora da Escola Municipal de Ensino Fundamental. Professora da Educação Básica II. Professora Substituta Voluntária do Curso de Ciências Sociais da Unesp de Marília. 

Referências

CLARINDO, Cleber Barbosa da Silva. O desenvolvimento das neoformações psíquicas na atividade de estudo. Obutchénie. Revista de Didática e Psicologia Pedagógica, Marília, v. 5, n. 3, p. 652-674, maio 2021.

DAVIDOV, Vasili Vasilievitch. Problemas de pesquisa da atividade de estudo. In: PUENTES, Roberto Valdés et al. (org.). Teoria da atividade de estudo. Curitiba : Ed. CRV, 2019. v. 1. p.267-287.

DAVIDOV, Vasili Vasilievitch. What is formal learning activity? Journal of Russian & East European Psychology, Armonk, v. 36, n. 4, p. 37-47, 1998.

DAVÍDOV, Vasili Vasilievitch; SHUARE, Marta. La enseñanza escolar y el desarrollo psíquico. Moscú: Editorial Progreso, 1988.

DAVIDOV, Vasili Vasilievitch. Tipos de generalización en la enseñanza. La Habana. Editorial Pueblo y Educación. Cuba. 1982.

ELKONIN, Daniil .B. Psicologia do jogo. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

ELKONIN, Daniil B. Atividade de estudo: sua estrutura e formação. In: PUENTES, Roberto Valdés; CARDOSO, Cecília Garcia Coelho; AMORIM, Paula Alves Prudente (org.). Teoria da atividade de estudo. Curitiba: Editora CRV, 2019a. p.159-168.

ELKONIN, Daniil B. Questões psicológicas relativas à formação da atividade de estudo. In:565w PUENTES, Roberto Valdés; CARDOSO, Cecília Garcia Coelho; AMORIM, Paula Alves Prudente (org.). Teoria da atividade de estudo. Curitiba: Editora CRV, 2019b. p. 141-144.

GONZÁLEZ REY, F. Sujeito e subjetividade: uma aproximação histórico-cultural. São Paulo: Thomson Learning, 2003.

MARTINÉZ, Albertina Mitjáns; REY, Fernando González. Psicologia, educação e aprendizagem escolar. Cortez Editora, 2017.

LEONTIEV, A.N. O desenvolvimento do psiquismo. São Paulo: Centauro, 2004.

MARINO FILHO, Armando. A atividade de estudo no ensino fundamental: necessidade e motivação. 2011. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2011.

MARKOVA, Aėlita K. The structure of learning motivation and its development in the school age child. Soviet Education, New York, v. 28, n. 7, p. 13-32, 1986. Acesso em: 31 fev. 2020.

PUENTES, Roberto Valdés. Teoria da atividade de estudo: estado da arte das pesquisas russas e ucranianas (1958-2018) In: PUENTES, Roberto Valdés; CARDOSO, Cecília Garcia Coelho; AMORIM, Paula Alves Prudente (org.). Teoria da atividade de estudo. Curitiba: Editora CRV, 2019. p. 83-141.

REPKIN, Vladimir Vladimirovich. Aprendizagem desenvolvimental e atividade de estudo. In: PUENTES, Roberto Valdés; CARDOSO, Cecília Garcia Coelho; AMORIM, Paula Alves Prudente. (org.). Teoria da atividade de estudo. Curitiba: Editora CRV, 2019.

VIGOTSKI, Liev Semionovich. Psicologia pedagógica. Tradução do russo e introdução de Paulo Bezerra. 3. ed. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2010.

Downloads

Publicado

12-07-2022

Como Citar

CLARINDO, C. B. da S.; KOHLE, Érika C. Implicações da Atividade de Estudo para a formação das capacidades do pensamento teórico no estudante. Educação em Análise, Londrina, v. 7, n. 1, p. 121–146, 2022. DOI: 10.5433/1984-7939.2022v7n1p121. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/educanalise/article/view/45173. Acesso em: 22 maio. 2024.