Comportamento do pH e N-NH3 ruminal: uma alternativa por meio da abordagem Bayesiana

Autores

  • Osvaldo Martins Souza Universidade do Estado de Mato Grosso
  • Elias Nunes Martins Universidade Estadual de Maringá
  • Robson Marcelo Rossi Universidade Estadual de Maringá
  • Carlos Antonio Lopes de Oliveira Universidade Estadual de Maringá
  • Sílvia Cristina de Aguiar Universidade do Estado de Mato Grosso
  • Edson Júnior Heitor de Paula Universidade do Estado de Mato Grosso
  • Luiz Juliano Valério Geron Universidade do Estado de Mato Grosso
  • Tádia Emanuele Stivanin Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Eric Batista Ferreira Universidade Federal de Alfenas

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0359.2016v37n1p311

Palavras-chave:

Amostrador de Gibbs, Dados correlacionados, Inferência estatística, Estimadores mínimos quadrados.

Resumo

Neste trabalho objetivou-se estudar a abordagem Bayesiana como alternativa à análise frequentista, para tratar dados correlacionados de pH e N-NH3 coletados no rúmen de vacas Holandesas. Observou-se que tanto para os dados de pH quanto N-NH3, as estimativas a posteriori dos coeficientes dos modelos de regressão foram significativas, o que não foi observado nas estimativas de mínimos quadrados. Desta forma, a abordagem Bayesiana permitiu inferências ligadas diretamente ao conceito de amostragem dos parâmetros de interesse, assim como comparações estatísticas sobre funções não-lineares dos parâmetros estimados.

Biografia do Autor

Osvaldo Martins Souza, Universidade do Estado de Mato Grosso

Prof. Dr., Universidade do Estado de Mato Grosso, UNEMAT, Pontes de Lacerda, MT, Brasil.

Elias Nunes Martins, Universidade Estadual de Maringá

Prof. Dr., Universidade Estadual de Maringá, UEM, Maringá, PR, Brasil.

Robson Marcelo Rossi, Universidade Estadual de Maringá

Prof. Dr., Universidade Estadual de Maringá, UEM, Maringá, PR, Brasil.

Carlos Antonio Lopes de Oliveira, Universidade Estadual de Maringá

Prof. Dr., Universidade Estadual de Maringá, UEM, Maringá, PR, Brasil.

Sílvia Cristina de Aguiar, Universidade do Estado de Mato Grosso

Profa Da, Universidade do Estado de Mato Grosso, UNEMAT, Pontes de Lacerda, MT, Brasil.

Edson Júnior Heitor de Paula, Universidade do Estado de Mato Grosso

Prof. Dr., Universidade do Estado de Mato Grosso, UNEMAT, Pontes de Lacerda, MT, Brasil.

Luiz Juliano Valério Geron, Universidade do Estado de Mato Grosso

Prof. Dr., Universidade do Estado de Mato Grosso, UNEMAT, Pontes de Lacerda, MT, Brasil.

Tádia Emanuele Stivanin, Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Discente de Mestrado em Zootecnia, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, UTFPR, Dois Vizinhos, PR, Brasil.

Eric Batista Ferreira, Universidade Federal de Alfenas

Prof. Dr., Universidade Federal de Alfenas, UNIFAL, Alfenas, MG, Brasil.

Downloads

Publicado

2016-03-07

Como Citar

Souza, O. M., Martins, E. N., Rossi, R. M., Oliveira, C. A. L. de, Aguiar, S. C. de, Paula, E. J. H. de, … Ferreira, E. B. (2016). Comportamento do pH e N-NH3 ruminal: uma alternativa por meio da abordagem Bayesiana. Semina: Ciências Agrárias, 37(1), 311–320. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2016v37n1p311

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

<< < 1 2 3 4 5 > >>