Prática de ensino de sociologia: as dificuldades dos professores alagoanos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5433/2176-6665.2018v23n2p455

Palavras-chave:

Prática Docente, Ensino de Sociologia, Dificuldades, Professores de Alagoas

Resumo

Este artigo busca apresentar e discutir as principais dificuldades dos professores de Sociologia do Ensino Médio ao lecionar essa disciplina. Parte-se do pressuposto ser necessário, ao estudar o ensino de Sociologia, considerar as deficiências gerais formativas do professor, a falta de tradição da disciplina – por conta de sua recém reintrodução -, a insipiente produção de recursos didáticos, as condições estruturais e cotidianas do trabalho docente. Por isso, o presente artigo apresenta uma breve contextualização geral para, em seguida, analisar as especificidades do ensino de Sociologia no estado de Alagoas. Trata-se de uma pesquisa cujos dados foram obtidos por meio de um questionário online aplicado a 104 professores de Sociologia do Ensino Básico atuantes no estado de Alagoas. Dentre os resultados encontrados destacamos a maior insegurança em ministrar aulas que abordem as contribuições dos clássicos da Sociologia (Karl Marx, Émile Durkheim e Max Weber) para a compreensão dos fenômenos sociais contemporâneos. Somado a essa situação, os professores apontam dificuldades de acesso a recursos didáticos relacionados a tais conteúdos. Identificamos, ainda, que essas dificuldades estão conexas às deficiências formativas, as condições de trabalho e ao contexto mais amplo em que se insere o ensino de Sociologia.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Cristiano das Neves Bodart, Universidade Federal de Alagoas - UFAL

Doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo - USP. Professor da Universidade Federal de Alagoas - UFAL.

Referências

ANTUNES, Ricardo; POCHMANN, Márcio. A desconstrução do trabalho e a explosão do desemprego estrutural e da pobreza no Brasil. In: CIMADAMORE, Alberto D.; CATTANI, Antonio David (Org.). Produção de pobreza e desigualdade na América Latina. Tradução de Ernani Ssó. Porto Alegre: Tomo Editorial/Clacso, 2007.

BODART, Cristiano das Neves; CIGALES, Marcelo Pinheiro. Ensino de SOCIOLOGIA no Brasil (1993-2015): um estado da arte na pós-graduação. Revista de Ciências Sociais, Fortaleza, v. 42, n. 2, 2017. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/revcienso/ article/view/19500. Acesso em: 29 jun. 2017.

BODART, Cristiano das Neves; SILVA, Roniel Sampaio. Um “raio-x” do professor de Sociologia brasileiro: condições e percepções. Estudos de Sociologia, Recife, v. 2, n. 22, 2016. Disponível em: http://www.revista.ufpe.br/revsocio/index.php/revista/article/ view/591/412. Acesso em: 10 jun. 2017.

BODART, Cristiano das Neves; SOUZA, Ewerton Diego de. Quando o ensino de Sociologia se torna tema de dossiês de periódicos acadêmicos. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENSINO DE SOCIOLOGIA DO ENSINO BÁSICO (ENESEB). Brasília: ABECS, 2017. Anais... Disponível em: http://www.aconteceeventos.com.br/ Anais%20ENESEB/resumos/PPT-eposter-trab-aceito-0109-1.pdf. Acesso em: 30 ago. 2017.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Resolução CNE/ CEB No 02/97. Brasília, 1997. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/setec/arquivos/ pdf/RCNE_CEB02_97.pdf. Acesso em: 30 ago. 2017.

CHEVALLARD, Yves. La transposición didática: del saber sábio al saber enseñado. Tradução de Claudia Gilman. 3. ed. Buenos Aires: Aique Grupo, 2005.

COMENIUS, Iohannis Amos. Didáctica magna. 3. ed. São Paulo: M. Fontes, 1997.

ERAS, Lígia Wilhelms; OLIVEIRA, Ricardo Costa de. Uma sociologia dos livros: coletâneas sobre o ensino de sociologia na educação básica (2008-2013). In: OLIVEIRA, Eveline Antunes F. de; OLIVEIRA, Amurabi (Org.). Ciências sociais e educação: um reencontro marcado. Maceió: EDUFAL, 2015.

FLORÊNCIO, Maria Amélia de Lemos. A sociologia no ensino médio: a trajetória histórica no Brasil e em Alagoas. In: PLANCHEREL, Alice Anabuki; OLIVEIRA, Evelina Antunes F. de (Org.). Leituras sobre sociologia no ensino médio. Maceió: UFAL, 2007.

GAUDÊNCIO, Júlio Cezar; SOUZA, Jordânia de Araújo; NUNES, Noélia. Formação do professor no Instituto de Ciências Sociais (ICS/Ufal): considerações a partir do curso de licenciatura presencial. In: SANTANA, Luciana; CAVALCANTI, Bruno César; VASCONCELOS, Ruth. História e memória das ciências sociais em Alagoas. Maceió: EDUFAL, 2017.

GUIMARÃES, Elisabeth da Fonseca. As orientações curriculares nacionais, a formação dos professores e as licenciaturas em ciências sociais. In: MIRHAN, Lejeune (Org.). Sociologia no ensino médio: desafios e perspectivas. São Paulo: A. Garibaldi, 2015.

HANDFAS, Anita; MAÇAIRA, Julia P. O estado da arte da produção científica sobre o ensino de Sociologia na educação básica. In: HANDFAS, Anita; MAÇAIRA, Julia Polessa; FRAGA, Alexandre Barbosa (Org.). Conhecimento escolar e ensino de Sociologia: instituições, práticas e percepções. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2015.

INEP - INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA. Censo escolar. Brasília: Ministério da Educação, 2016.

MATIAS FILHO, Manoel. Onde estão nossas cabeças? Os cientistas sociais: formação acadêmica e o exercício profissional. 2004. Dissertação (Mestrado em Sociologia) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal.

MORAES, Amaury Cesar. Licenciatura em ciências sociais e ensino de sociologia: entre o balanço e o relato. Tempo Social, São Paulo, v. 15, n. 1, abr. 2003. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ts/v15n1/v15n1a01.pdf. Acesso em: 10 jun. 2017.

OLIVEIRA, Amurabi. O professor de sociologia em Maceió-AL: alguns apontamentos sobre suas condições de trabalho. In: OLIVEIRA, Eveline Antunes F. de; OLIVEIRA, Amurabi (Org.). Ciências sociais e educação: um reencontro marcado. Maceió: EDUFAL, 2015.

OLIVEIRA, Amurabi; FERREIRA, Vanessa R.; SILVA, Claudovan Freire da. Percursos
e singularidades do ensino de sociologia em Alagoas. Saberes em Perspectiva, Jequié, v. 4, n. 8, p. 11-34, 2014. Disponível em: http://www.saberesemperspectiva.com.br/ index.php/saberesemperspectiva/article/view/v4n8art1/spv4n8_1. Acesso em: ago. 2017.

OLIVEIRA, Evelina Antunes F. de. Notas sobre o ensino de sociologia em Alagoas. In: PLANCHEREL, Alice Anabuki; OLIVEIRA, Evelina Antunes F. de. Leituras sobre sociologia no ensino médio. Maceió: EDUFAL, 2007. p. 17-36.

OLIVEIRA, Evelina Antunes F. O ensino de ciências sociais em Alagoas: notas sobre as graduações presenciais. In: SANTANA, Luciana; CAVALCANTI, Bruno Cesar; VASCONCELO, Ruth (Org.). Memória e história das ciências sociais em Alagoas. Maceió: EDUFAL, 2017.

SANTOS, Mário Bispo dos. A sociologia no ensino médio: o que pensam os professores da rede pública do Distrito Federal. 2002. Dissertação (Mestrado em Sociologia) – Universidade de Brasília, Brasília.

SOUZA, Jordânia de Araújo; MARINHO, Noélia Nunes; GAUDÊNCIO, Júlio Cezar. Ensino e docência: desafios para a formação e atuação de professores de sociologia/ ciências sociais. Política & Sociedade, Florianópolis, v. 14, n. 31, set./dez. 2015. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/politica/article/view/2175- 7984.2015v14n31p63/31521. Acesso em: 12 out. 2017.

TARDIF, Maurice; LESSARD, Claude. O trabalho docente: elementos para uma teoria da docência com profissão de interações humanas. Tradução de Batista Kreuch. ed.8 Petrópoles: Vozes, 2013.

Downloads

Publicado

2018-09-02

Como Citar

BODART, C. das N. Prática de ensino de sociologia: as dificuldades dos professores alagoanos. Mediações - Revista de Ciências Sociais, Londrina, v. 23, n. 2, p. 455–491, 2018. DOI: 10.5433/2176-6665.2018v23n2p455. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/mediacoes/article/view/30442. Acesso em: 23 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos