Efeitos genéticos aditivos e não aditivos, grupo genético e sistema de acasalamento nas características métricas da carcaça de novilhos oriundos do cruzamento alternado contínuo Charolês x Nelore

Autores

  • Paulo Santana Pacheco Universidade Federal de Santa Maria
  • João Restle Universidade Federal de Tocantins
  • Fabiano Nunes Vaz Universidade Federal de Tocantins
  • Ivan Luiz Brondani Universidade Federal de Santa Maria
  • Dari Celestino Alves Filho Universidade Federal de Santa Maria
  • Magali Floriano da Silveira Universidade Federal de Santa Maria
  • Luciane Rumpel Segabinazzi Universidade Federal do Pampa
  • Leandro da Silva Freitas Instituto Federal Farroupilha
  • Marcelo Machado Severo Universidade Federal de Santa Maria
  • André Fogaça Nigeliskii Universidade Federal de Santa Maria

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0359.2014v35n6p3319

Palavras-chave:

Bos indicus, Bos taurus, Comparação de modelos, Produção de novilho jovem, Regressão múltipla, Sistemas de cruzamento.

Resumo

Foram avaliados os comprimentos de carcaça, de perna e de braço das carcaças de 876 novilhos oriundos de gerações sucessivas do cruzamento rotativo entre as raças Charolesa (C) e Nelore (N). Na análise dos dados consideraram-se dois modelos. No Modelo I, os efeitos genéticos foram representados por sistema de acasalamento - SA e grupo genético dentro de sistema de acasalamento - GG(SA), sendo: C e N (definidos), 1/2C1/2N e 1/2N1/2C(G1), 3/4C1/4N e 3/4N1/4C(G2), 5/8C3/8N e 5/8N3/8C(G3) e 11/16C5/16N e 11/16N5/16C(G4). O Modelo II correspondeu ao Modelo I, no entanto, substituindo SA e GG(SA) pelas covariáveis representando a percentagem da raça C no novilho (individual) e na sua mãe (materno) (efeito genético aditivo da raça C em relação à N), e a percentagem de heterozigose no novilho e na sua mãe (efeito genético não-aditivo devido à dominância). Das características métricas da carcaça avaliadas, o comprimento de carcaça foi o mais influenciado pelos efeitos genéticos aditivos raciais e heteróticos, sendo o componente individual de maior importância do que o materno. A raça Charolesa apresentou maior comprimento de carcaça e menores de perna e de braço do que a raça Nelore. A heterose foi positiva e, quando expressa em percentagem, os valores foram muito próximos para todas as características métricas. Os possíveis efeitos genéticos não aditivos representados por epistasia e ligação gênica influenciaram as características da carne avaliadas. Os modelos avaliados se apresentaram similares quanto à eficiência de predição das características. O sistema de cruzamento utilizado é beneficiado pelos efeitos de heterose e complementaridade racial nas características métricas da carcaça de novilhos submetidos a sistema de produção visando o abate aos dois anos de idade.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Paulo Santana Pacheco, Universidade Federal de Santa Maria

Prof., Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Santa Maria, RS.

João Restle, Universidade Federal de Tocantins

Pesquisador, Universidade Federal de Tocantins, UFT, Araguaína, TO.

Fabiano Nunes Vaz, Universidade Federal de Tocantins

Pesquisador, Universidade Federal de Tocantins, UFT, Araguaína, TO.

Ivan Luiz Brondani, Universidade Federal de Santa Maria

Prof., Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Santa Maria, RS.

Dari Celestino Alves Filho, Universidade Federal de Santa Maria

Prof., Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Santa Maria, RS.

Magali Floriano da Silveira, Universidade Federal de Santa Maria

Profª, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, UTFPR, Dois Vizinhos, PR.

Luciane Rumpel Segabinazzi, Universidade Federal do Pampa

Profª, Universidade Federal do Pampa, UNIPAMPA, Dom Pedrito, RS.

Leandro da Silva Freitas, Instituto Federal Farroupilha

Prof., Instituto Federal Farroupilha, IFF, Alegrete, RS.

Marcelo Machado Severo, Universidade Federal de Santa Maria

Discente, UFSM, Santa Maria, Rio Grande do Sul.

André Fogaça Nigeliskii, Universidade Federal de Santa Maria

Discente, UFSM, Santa Maria, Rio Grande do Sul.

Downloads

Publicado

2014-12-09

Como Citar

Pacheco, P. S., Restle, J., Vaz, F. N., Brondani, I. L., Alves Filho, D. C., Silveira, M. F. da, Segabinazzi, L. R., Freitas, L. da S., Severo, M. M., & Nigeliskii, A. F. (2014). Efeitos genéticos aditivos e não aditivos, grupo genético e sistema de acasalamento nas características métricas da carcaça de novilhos oriundos do cruzamento alternado contínuo Charolês x Nelore. Semina: Ciências Agrárias, 35(6), 3319–3330. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2014v35n6p3319

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 6 7 > >>