Análise de práticas pedagógicas na aprendizagem integrada de língua e (outros) conteúdo(s) na educação bilíngue

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5433/1519-5392.2022v22n4Espp290-309

Palavras-chave:

Educação bilíngue, CLIL, Integração curricular

Resumo

Este estudo propõe uma (re)leitura dos entendimentos sobre aprendizagem integrada de língua e (outros) conteúdo(s) (content and language integrated learning - CLIL) (COYLE; HOOD; MARSH, 2010) no contexto da educação bilíngue (HORNBERGER, 1990) ao analisar propostas pedagógicas de educação básica de diferentes componentes curriculares. Parte, para isso, de uma revisão sobre educação bilíngue e dos entendimentos construídos sobre CLIL. A partir da análise das propostas pedagógicas, pode-se observar que o conceito de CLIL pode ser mobilizado de forma amplificada. Argumenta-se aqui que, para uma efetiva educação bilíngue, no âmbito da educação básica brasileira, que não considere apenas instrução em duas línguas, mas o desenvolvimento das competências em línguas e de línguas, é necessário ressignificar o entendimento de CLIL enquanto espaço de integração que articule um ou outro componente curricular ao ensino de língua, e analisá-lo, também, sob o prisma da integração curricular.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Cristiane Schnack, UNISINOS

Licenciada em Letras (UNISINOS) e em Ciências Físicas e Biológicas (UNIVATES), Especialista em Gestão Cultural (SENAC) e mestra e doutora em Linguística Aplicada (Unisinos).

Adriel Klering, Unisinos

Formando em Licenciatura em Matemática pela Universidade Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS (2022/2). Professor atuante na Instituição Evangélica de Novo Hamburgo (IENH) nos componentes curriculares de Matemática e de Financial Education/Math e Programming do currículo bilíngue

Juliana Danyluk Mader, Unisinos

Profissional de Letras, Pedagoga, Especialista em Educação Bilíngue e Cognição e Mestranda em Linguística Aplicada. 

Jéssica Wissmann, Unisinos

Graduada pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos e cursando Linguística Aplicada no Programa de Mestrado em Linguística Aplicada da mesma Universidade. 

Referências

BLOMMAERT, J.; RAMPTON, B. Language and superdiversity. Diversities, [s. l.], v. 13, n. 2, p. 1-22, 2011.

BREDEMEIER, M. L. L. Currículo bilíngue na educação básica. In: WENDERER, F.; BOCASANTA, D. M. (org.). Educação na Contemporaneidade: questões e desafios. São Paulo: Pimenta Cultural, 2021. DOI: https://doi.org/10.31560/pimentacultural/2021.400.63-77

BRENTANO, L. S.; FINGER, I. Habilidades linguística e metalingüística diferenciadas no aprendizado em currículo bilíngue. Signo, Santa Cruz do Sul, v. 35, p. 120-144, 2010. Número especial.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação e Câmara de Educação Básica. Do parecer no tocantes às Diretrizes Curriculares Nacionais para a oferta de Educação Plurilíngue. Parecer n° 2 de 9 de julho de 2020. Relator: Ivan Cláudio Pereira Siqueira.

COSTA, A. C. D. Sobre a expansão do ensino bilíngue no Brasil: reflexões oportunas. In: SEFELI – SEMINÁRIO FORMAÇÃO DE PROFESSORES E ENSINO DE LÍNGUA INGLESA, 4., 2018, São Cristovão. Anais eletrônicos [...]. São Cristovão: UFS, 2018. p. 81-93.

COYLE, D.; HOOD, P.; MARSH, D. Content and language integrated learning. Cambridge: Cambridge University Press, 2010.

DALE, L.; TANNER, R. CLIL Activities. A Resource for Subject and Language Teachers. Cambridge: Cambridge University Press, 2012.

FINGER, I.; BRENTANO, L. S.; RUSCHEL, D. E quando a alfabetização ocorre simultaneamente em duas línguas? Reflexões sobre o biletramento a partir da análise de textos de crianças bilíngues. Revista Virtual de Estudos da Linguagem – ReVEL, v. 17, p. 180-205, 2019. Disponível em: http://www.revel.inf.br/files/6277b88b1ab66e195ce7087ffbe0cbbb.pdf. Acesso em: 14 abr. 2022.

GARCÍA, O. Bilingual education in the 21st century: a global perspective. Oxford: Wiley-Blackwell, 2009.

GROSJEAN, F. Life with two languages: an introduction to bilingualism. Cambridge: Harvard University Press, 1982.

HAMERS, J. F.; BLANC, M. A. Bilinguality and bilingualism. Cambridge: Cambridge University Press, 2000. DOI: https://doi.org/10.1017/CBO9780511605796

HORNBERGER, N. H. Teacher Quechua use in bilingual and non-bilingual classrooms of Puno, Peru. In: JACOBSON, R.; FALTIS, C. Language distribution issues in bilingual schooling. Clevedon: Multilingual Matters, 1990. p. 163-172.

HORNBY, P. A. Bilingualism: psychological, social and educational implications. New York: New York Academic Press, 1977.

LARMER, J.; MERGENDOLLER, J. Essentials for project-based learning. Educational Leadership, Washington, v. 68, n. 1, p. 34-37, 2010.

LARMER, J.; MERGENDOLLER, J.; BOSS, S. Setting the standard for project-based learning. [S. l.]: ASCD, 2015.

LOPES, A. J. Língua, línguas: homogeneizar, heterogeneizar? PROLER, 12, 32-34, 2004.

MARCELINO, M. Bilinguismo no Brasil: significado e expectativas. Revista Intercâmbio, Perdizes, v. 19, p. 1-22, 2009. Disponível em: goo.gl/StnxLV. Acesso 20 jul. 2018.

MEGALE, A. H. Bilingüismo e educação bilíngüe – discutindo conceitos. Revista Virtual de Estudos da Linguagem – ReVEL, v. 3, n. 5, ago., 2005. Disponível em: http://www.revel.inf.br/files/artigos/revel_5_bilinguismo_e_educacao_bilingue.pdf. Acesso em: 20 abr. 2022.

MEGALE, A. H. Bilinguismo e educação bilíngue. In: MEGALE, A. H. (org.). Educação bilíngue no Brasil. São Paulo: Fundação Santillana, 2019. p. 13-28.

MEGALE, A. H. Educação bilingue de línguas de prestígio no Brasil: uma análise dos documentos oficiais. The Especialist, São Paulo, v. 39, n. 2, p. 1-17, 2018. DOI: https://doi.org/10.23925/2318-7115.2018v39i2a4

RAJAGOPALAN, K. The identity of “World English”. In: GONÇALVES, G. R.; ALMEIDA, S. R. G.; PAIVA, V. L. M. O.; RODRIGUES JÚNIOR, A. S. New challenges in language and literature. Belo Horizonte: Faculdade de Letras da UFMG, 2009. p. 97-107.

RICHARDS, J. C.; RODGERS. Approaches and Methods in Language Teaching. Second Edition. Cambridge: Cambridge University Press, 2001. DOI: https://doi.org/10.1017/CBO9780511667305

VALDÉS, G.; POZA, L.; BROOKS, M. Language acquisition in bilingual education. In: WRIGHT, W; BOUN, S.; GARCÍA, O. (Eds.). The handbook of bilingual and multilingual education Malden, MA: Wiley-Blackwell, 2015, p. 56–74. DOI: https://doi.org/10.1002/9781118533406.ch4

WEI, L. Moment Analysis and translanguaging space: Discursive construction of identities by multilingual Chinese youth in Britain. Journal of Pragmatics, v. 43, n. 5, p. 1222–1235, 2011. DOI: https://doi.org/10.1016/j.pragma.2010.07.035

Downloads

Publicado

26-04-2023

Como Citar

SCHNACK, C.; KLERING, A.; DANYLUK MADER, J.; WISSMANN, J. Análise de práticas pedagógicas na aprendizagem integrada de língua e (outros) conteúdo(s) na educação bilíngue. Entretextos, Londrina, v. 22, n. 4Esp, p. 290–309, 2023. DOI: 10.5433/1519-5392.2022v22n4Espp290-309. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/entretextos/article/view/46694. Acesso em: 27 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos - Dossiê: Ensino e aprendizagem na perspectiva da Linguística Aplicada: estudos da/para a sala de aula