Decomposição e liberação de nutrientes da palhada de braquiária, sorgo e soja em áreas de plantio direto no cerrado goiano

Autores

  • Celeste Queiroz Rossi Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
  • Marcos Gervasio Pereira Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
  • Simone Guimarães Giácomo Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
  • Marconi Betta Universidade de Rio Verde
  • José Carlos Polidoro Embrapa Solos

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0359.2013v34n4p1523

Palavras-chave:

Resíduos culturais, Cerrado, Tempo de meia vida.

Resumo

A avaliação da decomposição dos resíduos vegetais adicionados ao solo pelas plantas de cobertura permite uma melhor compreensão do fornecimento de nutrientes para as culturas de interesse comercial. O objetivo do trabalho foi avaliar as taxas de decomposição e a dinâmica da liberação de N, P e K de resíduos culturais na entressafra da soja cultivada em Latossolo Vermelho, sob plantio direto. Os resíduos utilizados foram braquiária (Brachiaria ruziziensis R. Germ. & Evrard) e o sorgo (Sorghum bicolor L. Moench). A produção média de biomassa seca de braquiária + soja foi de 6,1 Mg ha-1 e do sorgo + soja foi de 3,8 Mg ha-1 . A decomposição da matéria seca e a liberação de nutrientes foram monitoradas aos 15, 30, 60, 90, 120 dias por meio de sacolas contendo resíduos culturais depositados na superfície do solo. Utilizou-se um modelo matemático exponencial negativo simples para descrever a decomposição dos resíduos e a liberação de N, P, K, sendo calculados a constante de decomposição (k) e o tempo de meia-vida (T1/2). Os valores de T1/2 da matéria seca foram de 154 e 258 dias para braquiária + soja e sorgo + soja, respectivamente, no período seco e de 99 e 119 dias no período chuvoso. O nutriente que apresentou o menor T1/2 foi o P, seguido por K e N nos dois resíduos avaliados e nas diferentes épocas.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Celeste Queiroz Rossi, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Engª Agrª, Discente de Doutorado no Curso de Pós Graduação em Agronomia, Ciência do Solo, CPGA-CS, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, UFRRJ, Seropédica, RJ.

Marcos Gervasio Pereira, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Prof. Dr. do Deptº de Solos da UFRRJ, Seropédica, RJ.

Simone Guimarães Giácomo, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Engª Agrª, UFRRJ, Seropédica, RJ.

Marconi Betta, Universidade de Rio Verde

Engº Agrº, Universidade de Rio Verde, FESURV, Fazenda Fontes do Saber, Rio Verde, GO.

José Carlos Polidoro, Embrapa Solos

Engº Agrº, Dr. Pesquisador da Embrapa Solos, Rio de Janeiro, RJ.

Downloads

Publicado

2013-08-30

Como Citar

Rossi, C. Q., Pereira, M. G., Giácomo, S. G., Betta, M., & Polidoro, J. C. (2013). Decomposição e liberação de nutrientes da palhada de braquiária, sorgo e soja em áreas de plantio direto no cerrado goiano. Semina: Ciências Agrárias, 34(4), 1523–1534. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2013v34n4p1523

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

<< < 1 2 3