As contribuições da teoria do reconhecimento no entendimento das lutas sociais de mulheres em condições de extrema pobreza

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5433/2176-6665.2010v15n2p184

Palavras-chave:

Teoria do reconhecimento, Lideranças femininas, Associativismo

Resumo

A proposta deste artigo é discutir as contribuições da teoria do reconhecimento desenvolvidas por Axel Honneth para o entendimento das lutas sociais nos centros urbanos do Brasil, relacionando a teoria com dados da pesquisa que investigou lideranças femininas em associações de geração de trabalho e renda na cidade de Porto Alegre. O artigo está dividido em três partes: sucinta exposição do modelo relacionando-o aos dados empíricos; discussão de dois pontos centrais do debate: a (re)distribuição e a ausência do político. Por fim, as considerações, destacando a relevância dos escritos e a necessidade de debater com maior profundidade algumas problemáticas.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Rosangela Schulz, Universidade Federal de Pelotas - UFPEL

Doutora em Ciência Política pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS. Professora da Universidade Federal de Pelotas - UFPEL.

Referências

AVRITZER, Leonardo. Do reconhecimento do self a uma política institucional de reconhecimento: uma abordagem da polêmica entre Axel Honneth e Nancy Fraser. In: ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM CIÊNCIAS SOCIAIS: GT Teoria Social, 31., 2007, Caxambu. Anais... Caxambu, 2007. CDROM

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constitui%C3%A7ao.htm. Acesso em: 13/07/2009.

FERES JUNIOR, João. Contribuição a uma tipologia das formas de desrespeito: para além do modelo hegeliano-republicano. Dados: Revista de Ciências Sociais, Rio de Janeiro, v. 45, n. 4, 2002.

FRASER, Nancy; HONNETH, Axel. ¿Redistribuición o reconocimiento?: un debate politico-filosófico. Madrid: Morata, 2006.

FRASER, Nancy. Da redistribuição ao reconhecimento? dilemas da justiça na era pós-socialista. In: SOUZA, Jessé (org.). Democracia hoje: novos desafios para a teoria democrática contemporânea. Brasília: Ed. UnB, 2001. p. 245-28.

HONNETH, Axel. Redistribución como reconocimiento. Respuesta a Nancy Fraser. In: FRASER, Nancy; HONNETH, Axel. ¿Redistribuición o reconocimiento?: un debate politico-filosófico. Madrid: Morata, 2006. p. 89-148.

HONNETH, Axel. Luta por reconhecimento: a gramática moral dos conflitos sociais. São Paulo: 34, 2003.

HONNETH, Axel. Reconhecimento ou redistribuição? A mudança de perspectivas na ordem moral da sociedade. In: SOUZA, Jessé; MATTOS, Patrícia. Teoria crítica no século XXI. São Paulo: Annablume, 2007. p. 79-94.

MATTOS, Patrícia. O reconhecimento, entre a justiça e a identidade. Lua Nova, São Paulo, n. 63, 2004.

PINTO, Céli Regina. Jardim. Nota sobre a controvérsia Fraser-Honneth informada pelo cenário brasileiro, Lua Nova, São Paulo, n. 74, p. 35-58, 2008.

SAAVEDRA, Giovani Agostini. A teoria crítica de Axel Honneth. In: SOUZA, Jessé; MATTOS, Patrícia. Teoria crítica no século XXI. São Paulo: Annablume, 2007. p. 95-112.

SILVA, Josué Pereira. Teoria crítica na modernidade tardia: sobre a relação entre redistribuição e reconhecimento. In: ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM CIÊNCIAS SOCIAIS: GT25 Teoria Social e Multiplicidade da Modernidade, 29., 2005, Caxambu. Anais... Caxambu, 2005. CD-ROM.

VIDAL, Dominique. A linguagem do respeito: a experiência brasileira e o sentido da cidadania nas democracias modernas. Dados: Revista de Ciências Sociais, Rio de Janeiro, v. 46, n. 2, 2003.

Downloads

Publicado

2010-12-01

Como Citar

SCHULZ, R. As contribuições da teoria do reconhecimento no entendimento das lutas sociais de mulheres em condições de extrema pobreza. Mediações - Revista de Ciências Sociais, Londrina, v. 15, n. 2, p. 184–201, 2010. DOI: 10.5433/2176-6665.2010v15n2p184. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/mediacoes/article/view/8207. Acesso em: 19 maio. 2024.

Edição

Seção

Dossiê