Os fatores de textualidade e a construção de sentidos no texto

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5433/1519-5392.2023v23n2p83-103

Palavras-chave:

texto, fatores de textualidade, notícia sensacionalista

Resumo

O texto, como um todo organizado de sentido, precisa de alguns fatores de textualidade para que seu sentido e aspectos significativos sejam construídos. Esses fatores – coesão, coerência, aceitabilidade, informatividade, intertextualidade, situacionalidade e intencionalidade – devem ser levados em consideração durante a leitura e produção de textos. Diante disso, esta pesquisa configura-se como descritiva com abordagem qualitativa e possui como objetivo analisar os fatores de textualidade a partir de uma notícia do site Sensacionalista, que promove sátiras a informações de cunho político, salientando como os fatores de textualidade aparecem no texto e de que modo eles contribuem para a construção de sentido. A análise tem como fundamentação teórica os conceitos trabalhados por Beaugrande e Dressler (1997), Ingedore Koch (2014) e Luiz Antônio Marcuschi (2008 e 2012). Com isso, ressalta-se a importância desses elementos na produção de sentido e na organização textual, além de mostrar um caminho de como proceder na aplicação de conceitos teóricos em análises de produção textual. Por isso, a pesquisa apresenta os recursos que devem ser analisados em um texto e que contribuem para a construção do seu sentido.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Ana Valéria Piovesan, Universidade de Passo Fundo (UPF)

Mestranda pelo Programa de Pós-Graduação em Letras (UPF) na linha de pesquisa Constituição e Interpretação do Texto e do Discurso. Atualmente é professora de Língua Portuguesa, Literatura e Língua Inglesa nas escolas estaduais do Rio Grande do Sul. 

Cláudia Toldo, Universidade de Passo Fundo/ RS

Doutora em Linguística Aplicada pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (Puc-RS). Professora da Universidade de Passo Fundo (UPF). Realizou estágio pós-doutoral em Linguística na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRS). Pesquisadora CNPq.

Referências

ANTUNES, Irandé. Lutar com palavras: coesão e coerência. São Paulo: Parábola Editorial, 2005.

BEAUGRANDE, Robert-Alain de; DRESSLER, Wolfgang Ulrich. Introducción a la linguística del texto. Barcelona: Editorial Ariel, 1997.

CAVALCANTE, Mônica M. Os sentidos do texto. São Paulo: Contexto, 2011.

FÁVERO, Leonor Lopes.; KOCH, Ingedore G. Villaça. Linguística textual: introdução. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2000.

KOCH, Ingedore. A coesão textual. 19. ed. São Paulo: Contexto, 2004a.

KOCH, Ingedore. Introdução à linguística Textual: trajetória e grandes temas. São Paulo: Martins Fontes, 2004b.

KOCH, Ingedore. O texto e a construção dos sentidos.10. ed. São Paulo: Contexto, 2014.

MARCUSCHI, Luiz Antônio. Produção textual, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Parábola Editorial, 2008.

MARCUSCHI, Luiz Antônio. Linguística de texto: o que é e como se faz? São Paulo: Parábola Editorial, 2012.

ROCHA, Max da Silva & SILVA, Maria Margarete de Paiva. A Linguística Textual e a construção do texto: um estudo sobre os fatores de textualidade. Revista Digital dos Programas de Pós-Graduação do Departamento de Letras e Artes da UEFS, Feira de Santana, v. 18, n. 2, p. 26-44, maio-agosto, 2017.

BRASILEIRO entra por engano no predio da petrobras e é escolhido presidente. Sensacionalista, OGlobo, 26 jun. 2022. Disponível em: https://oglobo.globo.com/blogs/humor/sensacionalista/post/2022/06/brasileiro-entra-por-engano-no-predio-da-petrobras-e-e-escolhido-presidente.ghtml. Acesso em: 10 jul. 2022.

Downloads

Publicado

25-07-2023

Como Citar

PIOVESAN, A. V.; TOLDO, C. Os fatores de textualidade e a construção de sentidos no texto. Entretextos, Londrina, v. 23, n. 2, p. 83–103, 2023. DOI: 10.5433/1519-5392.2023v23n2p83-103. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/entretextos/article/view/47874. Acesso em: 27 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos