Me in my city: uma proposta de projeto de educação bilíngue voltada para young learners

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5433/1519-5392.2022v22n2Esp.p83

Palavras-chave:

Currículo bilíngue, Educação bilíngue, Young learners.

Resumo

Este trabalho apresenta uma proposta de Unidade Didática (UD) a ser utilizada nas aulas de English Language Arts de turmas de young learners (NGUYEN, 2021), com idades entre oito e nove anos, cursando o terceiro ano do Ensino Fundamental, em escolas bilíngues de elite. Tendo como base uma concepção de educação bilíngue aliada à translinguagem, adota-se uma perspectiva de língua heteroglóssica, em que não há separação das línguas na mente do falante bilíngue, mas um repertório semiótico que é construído a partir de suas vivências (GARCÍA; WEI, 2015). Também é considerada a Perspectiva Educativa de Projetos de Trabalho (PEPT), de Hernandéz (2014), e o aprendizado com base em tarefas, de Van den Branden (2006). Assim, a UD apresentada leva em consideração conexões entre a vida social e os interesses dos alunos e as habilidades da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), através de um projeto organizado por meio de tarefas. Pretende-se contribuir para a educação bilíngue de young learners com uma proposta que valorize seus repertórios no desempenho de tarefas voltadas para o mundo real.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Rafaela Potrich, Colégio Israelita Brasileiro

Licenciada em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). É professora de língua inglesa do Colégio Israelita Brasileiro

Anamaria Kurtz de Souza Welp, Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS

Doutora em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Professora associada na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Referências

BAKHTIN, M. Os gêneros do discurso (1952-1953). In: BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 1992. p. 262-306.

BLOMMAERT, J.; BACKUS, A. Superdiverse repertoires and the individual. In: SAINT–JACQUES, I.; WEBER, J. (ed.). Multilingualism and multimodality: current challenges for educational studies. Rotterdam: Sense Publishers, 2013. p. 11-32. DOI: https://doi.org/10.1007/978-94-6209-266-2_2

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Educação Plurilíngue. [S. l.: s. n.], c2018. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/component/content/article/30000-uncategorised/90801-educacao-plurilingue. Acesso em: 07 nov. 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Parecer CNE/CEB nº 2, de 2020. Diretrizes curriculares nacionais para a oferta de educação plurilíngue. Brasília: MEC: 2020. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=156861-pceb002-20&category_slug=setembro-2020-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 31 out. 2022.

BUSCH, B. Expanding the notion of the linguistic repertoire: on the concept of Spracherleben - the lived experience of language. Applied Linguistics, Oxford, v. 38, n. 3, p. 340-358, 2017. Disponível em: https://academic.oup.com/applij/article/38/3/340/2952019. Acesso em: 31 out. 2022.

CHAGURI, J. P.; TONELLI, J. R. A. Políticas de ensino e aprendizagem de línguas estrangeiras para crianças no Brasil:(re) discutindo fundamentos. Revista Linhas, Florianópolis, v. 20, n. 42, p. 281-302, 2019. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/linhas/article/view/1984723820422019281/pdf. Acesso em: 31 out. 2022.

CPHPOA - CENTRO DE PESQUISA HISTÓRICA DE PORTO ALEGRE. Home. Porto Alegre: CPHPOA, [2021]. Disponível em: https://cphpoa.wordpress.com/. Acesso em: 07 nov. 2022.

GARCÍA, O. Bilingual education in the 21st century: a global perspective. New York: John Wiley & Sons, 2009.

GARCÍA, O.; JOHNSON, S. Ibarra; SELTZER, K. The Translanguaging Classroom. Leveraging Student Bilingualism for Learning. Philadelphia, PA: Caslon. 2017.

GARCÍA, O.; WEI, L. Translanguaging: language, bilingualism and education. Basingstoke: Palgrave Macmillan, 2015.

GARCÍA, Ofelia; WEI, Li. Language, bilingualism and education. In: GARCÍA, Ofelia; WEI, Li. Translanguaging: Language, bilingualism and education. Palgrave Pivot, London, 2014. p. 46-62. DOI: https://doi.org/10.1057/9781137385765_4

GOOGLE. Google maps. [s. l.]: Google, c2022. Disponível em: https://maps.google.com. Acesso em: 7 nov. 2022.

HISTÓRIA dos bairros de Porto Alegre. 2011. Disponível em: https://pt.scribd.com/doc/61714351/Historia-Dos-Bairros-de-Porto-Alegre. Acesso em: 19 nov. 2022.

HERNÁNDEZ, Fernando. Entrevista com o Professor Fernando Hernandez. Entrevista concedida a Anamaria Kurtz de Souza Welp, Simone Sarmento, William Kirsch. Revista Bem Legal, Tradução Letícia Machado Trindade. Porto Alegre, v. 4, n.1, 2014.

HERNÁNDEZ, Fernando; VENTURA, Montserrat. Os projetos de trabalho: uma

forma de organizar os conhecimentos escolares. Artes Médicas, 1998.

HOODMAPS. Porto Alegre. [s. l.]: Hoodmaps, 2022. Disponível em: https://hoodmaps.com/porto-alegre-neighborhood-map. Acesso em: 7 nov. 2022.

IKHFI, I.; NARGIS. Teaching English for Young Learners. Tangerang: FKIP UMT PRESS, 2017.

KIDS meet a 101 year old | kids meet | HiHo kids. [S. l.: s. n.], 2018. 1 vídeo (5 min 27 seg). Publicado pelo canal HiHo Kids. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=69HgC2KghBc. Acesso em: 7 nov. 2022.

LIBERALI, F. C. A BNCC e a elaboração de currículos para Educação Bilíngue. In: MEGALE, A. Educação Bilíngue no Brasil. São Paulo: Fundação Santillana, 2019. p. 29-42. Disponível em: https://www.moderna.com.br/lumis/portal/file/fileDownload.jsp?fileId=8A808A826CB8F3CD016CD3592E112FCD. Acesso em: 31 out. 2022.

MARINI, E. A expansão das escolas bilíngues no Brasil. Revista Educação, São Paulo, n. 251, ago. 2018. Disponível em: https://revistaeducacao.com.br/2018/08/06/expansao-das-escolas-bilingues-no-brasil/. Acesso em: 07 nov. 2022.

NGUYEN, C. D. The construction of age-appropriate pedagogies for young learners of English in primary schools. The Language Learning Journal, [s. l.], v. 49, n. 1, p. 13-26, 2021. DOI: https://doi.org/10.1080/09571736.2018.1451912

RIO GRANDE DO SUL. Conselho Estadual de Educação. Resolução CEEd nº 348, de 06 de novembro de 2019. Estabelece normas para Escola Bilíngue e Escola Internacional, bem como experiências e propostas de ensino bilíngue em escolas da Educação Básica, pertencentes ao Sistema de Ensino do Estado do Rio Grande do Sul. Rio Grande do Sul: CEEd, 2019. Disponível em: https://www.ceed.rs.gov.br/upload/arquivos/202001/17155809-20191108111448resolucao-0348.pdf. Acesso em: 31 out. 2022.

SCHLATTER, M. O ensino de leitura em língua estrangeira na escola: uma proposta de letramento. Calidoscópio, São Leopoldo, v. 7, n. 1, p. 11-23, 2009. Disponível em: https://revistas.unisinos.br/index.php/calidoscopio/article/view/4851/2109. Acesso em: 31 out. 2022. DOI: https://doi.org/10.4013/cld.2009.71.02

TRAVEL Brazil: Amazing Porto Alegre. [S. l.: s. n.], 2014. 1 vídeo (2 min 18 seg). Publicado pelo canal soniastravels. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=xIh6Igroy8s. Acesso em: 07 nov. 2022.

VAN DEN BRANDEN, K. Introduction: Task-based language teaching in a nutshell. Cambridge: Cambridge University Press, 2006. DOI: https://doi.org/10.1075/itl.152

WELP, A. K. S.; VIAL, A. P. S. Currículo com base em projetos pedagógicos: relato de uma experiência na educação superior. Entrelinhas, São Leopoldo, v. 10, n. 2, p. 230-254, 2016. Disponível em: https://revistas.unisinos.br/index.php/entrelinhas/article/view/10748/5637. Acesso em: 31 out. 2022.

WELP, A.; GARCÍA, O. A pedagogia translíngue e a elaboração de tarefas na formação integral do educando brasileiro. Ilha do Desterro, Florianópolis, v. 75, n. 1, p. 47-64, 2022. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/desterro/article/view/82165/48273. Acesso em: 31 out. 2022. DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8026.2022.e82165

WELP, A. K. D. S., SARMENTO, S., & KIRSCH, W. (2014). Entrevista com o professor Fernando Hernández. Tradução Letícia Machado Trindade In: Revista Bem legal, 4(1).

WORLD cup host city: Porto Alegre. [S. l.: s. n.], 2014. 1 vídeo (1 min 40 seg). Publicado pelo canal FIFA. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=wXYwaDAselQ. Acesso em: 07 nov. 2022.

WRIGHT, W. E.; BAKER, C. Key concepts in bilingual education. In: GARCÍA, O.; LIN, A. M. Y.; MAY, S. (ed.). Bilingual and multilingual education. 3. ed. Switzerland: Springer, 2017. p. 65-80. (Serie Encyclopedia of Language and Education). DOI: https://doi.org/10.1007/978-3-319-02258-1_2

Downloads

Publicado

30-11-2022

Como Citar

POTRICH, R.; WELP, A. K. de S. Me in my city: uma proposta de projeto de educação bilíngue voltada para young learners. Entretextos, Londrina, v. 22, n. 2Esp., p. 83–106, 2022. DOI: 10.5433/1519-5392.2022v22n2Esp.p83. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/entretextos/article/view/46224. Acesso em: 25 abr. 2024.