Masculinidades em Internato, de Paulo Hecker Filho

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5433/1678-2054.2021v40p11

Palavras-chave:

Literatura Brasileira, Mascuiinidades, Homoerotismo

Resumo

Publicada em 1951, Internato, novela de Paulo Hecker Filho, narra as desventuras de um adolescente para se conhecer ou se reconhecer como homossexual em um colégio interno, o que não é uma história comum à tradição literária brasileira, pouco afeita à representação de personagens homossexuais na adolescência. Este artigo, além de apresentar o autor, apresenta uma amostra da recepção crítica do texto, e analisa a narrativa de Paulo Hecker Filho a partir das relações estabelecidas pelo protagonista com outros colegas, principalmente no que tange à representação das masculinidades presentes no universo do colégio interno onde os personagens se situam.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Fábio Figueiredo Camargo, Universidade Federal de Uberlândia - UFU

Doutorado em Literaturas de Língua Portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Professor do Instituto de Letras e Linguística da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). 

Referências

BADINTER, Elisabeth. XY: Sobre a identidade masculina. 2. ed. Trad. Maria Ignez Duque Estrada. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1993.

CONNELL, Raewyn. “Políticas da masculinidade”. Revista Educação e Realidade (Porto Alegre), jul-dez, p. 185-202, 1995. Disponível em https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade/article/view/71725.

DAVID, Carlos. “Do caderno de leitura.” Letras e Artes. Suplemento Literário de A Manhã (Rio de Janeiro), p. 6-10, 1952.

FOUCAULT, Michel. História da sexualidade. 16. ed. Vol. I, II, III. Trad. Maria Thereza da Costa Albuquerque e J. A Guilhon Albuquerque. São Paulo: Graal, 2001.

HECKER FILHO, Paulo. Diário. (Dezembro, 1948 – Março, 1949). Porto Alegre: Livraria do Globo, 1949.

HECKER FILHO, Paulo. “Internato.” Gasparino Damata, org. Histórias do amor maldito. 2 ed. Rio de Janeiro: Record, 1968. 269-300.

HECKER FILHO, Paulo. Um tema crucial: Aspectos do homossexualismo na literatura. Porto Alegre: Sulina, 1989.

MILLIET, Sérgio. “Contistas.” .Letras e Artes. Suplemento Literário de A manhã (Rio de Janeiro), p. 5, 1951.

PAULO Hecker Filho. Disponível em https://www.pucrs.br/delfos/acervos/escritores-e-jornalistas/paulo-hecker-filho/

SIMÕES, João Gaspar. “Introspecção e prospecção em literatura.” Letras e Artes. Suplemento Literário de A manhã (Rio de janeiro), p. 2-10, 1952.

SULLIVAN, Nikki. A critical introduction to queer theory. New York: New York U P, 2003.

Downloads

Publicado

20-09-2021

Como Citar

CAMARGO, F. F. Masculinidades em Internato, de Paulo Hecker Filho. Terra Roxa e Outras Terras: Revista de Estudos Literários, [S. l.], v. 40, p. 11–12, 2021. DOI: 10.5433/1678-2054.2021v40p11. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/terraroxa/article/view/43511. Acesso em: 15 jun. 2024.