Lições de masculinidade nos contos de José Rezende Júnior

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5433/1678-2054.2021v40p102

Palavras-chave:

Literatura brasileira, Masculinidades, José Rezende Jr

Resumo

A proposta desse artigo é focalizar, em contos brasileiros contemporâneos, duas questões conectadas às masculinidades: a violência sexual e as práticas conjugais em um relacionamento heterossexual. Os contos selecionados são “Maria de Lurdes não queria ser estuprada” e “A educação sexual do homem das cavernas”, ambos escritos e publicados há menos de vinte anos pelo ficcionista José Rezende Júnior. A abordagem baseia-se na articulação entre os comportamentos descritos de personagens masculinas e os aprendizados dos homens em seus processos de educação e de construção social. Nessa aproximação, há ênfase em contribuições realizadas em diversas áreas do conhecimento que escolhem as masculinidades como objeto de estudo. Ao mesmo tempo, essa pesquisa tenta verificar os nexos entre os perfis masculinos das personagens e as práticas contemporâneas marcadas pela coexistência de padrões tradicionais com novos arranjos de relações de gênero. Alguns desafios permanecem como possibilidades de investigação: de que modo a literatura recente pode estimular o surgimento de figuras masculinas mais identificadas com a mudança? e o peso dessas lições de masculinidade pode levar a permitir ou inibir manifestações de ruptura com esse aprendizado?

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Luiz Carlos Santos Simon, Universidade Estadual de Londrina - UEL

Professor Doutor  do Departamento de Letras Vernáculas e Clássicas da Universidade Estadual de Londrina - UEL

Referências

BADINTER, Elisabeth. XY: sobre a identidade masculina. 2. ed. Tradução Maria I. Duque Estrada. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1993.

BAUBÉROT, Arnaud. Não se nasce viril, torna-se viril. In: COURTINE, Jean-Jacques (org.). História da virilidade. Tradução Noéli C. de Melo; Thiago A. L. Florêncio. Petrópolis: Vozes, 2013. v. 3 (a virilidade em crise?).

BOLA, J. J. Seja homem: a masculinidade desmascarada. Tradução Rafael Spuldar. Porto Alegre: Dublinense, 2020.

CONNELL, R. W. Masculinities. 2nd ed. Berkeley: University of California Press, 2005.

CONNELL, R. W. The men and the boys. Oxford: Blackwell, 2000.

HAROCHE, Claudine. Antropologias da virilidade: o medo da impotência. In: COURTINE, Jean-Jacques (org.). História da virilidade. Tradução Noéli C. de Melo e Thiago A. L. Florêncio. Petrópolis: Vozes, 2013. v. 3 (a virilidade em crise?).

hooks, bell. O feminismo é para todo mundo: políticas arrebatadoras. 4. ed.
Tradução Ana L. Libânio. Rio de Janeiro: Rosa dos Tempos, 2019.

MACHADO, Lia Zanotta. Masculinidades e violências: gênero e mal-estar na sociedade contemporânea. In: SCHPUN, Mônica Raisa (org.). Masculinidades. São Paulo: Boitempo; Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2004.

MUSZKAT, Malvina E. O homem subjugado: o dilema das masculinidades no mundo contemporâneo. São Paulo: Summus, 2018.

NOLASCO, Sócrates. A desconstrução do masculino: uma contribuição crítica à análise de gênero. In: NOLASCO, Sócrates (org.). A desconstrução do masculino. Rio de Janeiro: Rocco, 1995.

REZENDE JÚNIOR, José. Eu perguntei pro velho se ele queria morrer (e outras estórias de amor). Rio de Janeiro: 7Letras, 2010.

REZENDE JÚNIOR, José. Os vivos e os mortos. Rio de Janeiro: 7Letras, 2016.

Downloads

Publicado

20-09-2021

Como Citar

SIMON, L. C. S. Lições de masculinidade nos contos de José Rezende Júnior. Terra Roxa e Outras Terras: Revista de Estudos Literários, [S. l.], v. 40, p. 102–113, 2021. DOI: 10.5433/1678-2054.2021v40p102. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/terraroxa/article/view/43382. Acesso em: 18 maio. 2024.