A Poesia Contemporânea do Rap: entre o Eu (individual) e o Nós (coletivo)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5433/1678-2054.2012v23p17

Palavras-chave:

Rap, Discurso subversivo, Poesia lírica contemporânea

Resumo

Discutiremos, a partir dos conceitos correntes de poesia, aspectos discursivos, com ênfase no discurso lírico do rap. Pretendemos, por meio de análises feitas em poemas de rap, pensar os aspectos individuais e coletivos presentes num discurso focado quase sempre na primeira pessoa do singular com oscilação para a primeira pessoa do plural. Assim, pretendemos apontar que o rap é, na modernidade, a poesia produzida de sujeitos socialmente excluídos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Cleber José de Oliveira, Universidade Federal da Grande Dourados

Mestre em Letras pela Universidade Federal da Grande Dourados.

Referências

BAKHTIN, Mikhail. Estética da Criação Verbal. 4ª. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

BOSI, Alfredo. O ser e o tempo da poesia. São Paulo: Cultrix, 1977.

BOSI, Alfredo. Literatura e resistência. São Paulo: Companhia das Letras, 2002.

BOSI, Alfredo. Leitura de Poesia. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.

ELIOT, T. S. As três vozes da poesia. A essência da poesia. Rio de Janeiro: Artenova, 1972. 148-167.

FERNANDES, Frederico Augusto Garcia. A voz em performance. Tese. UNESP/Assis, 2003.

FOUCAULT, Michel. A Ordem do Discurso. São Paulo: Loyola, 1996.

GOG. CPI da favela. Trama, 2000.

HOUAISS, Antonio. Dicionário de língua portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, 2004.

RACIONAIS MCs. Raio X do Brasil. Zimbabwe,1993.

RACIONAIS MCs. Sobrevivendo no Inferno. Cosa Nostra, 1998.

RACIONAIS MCs. Nada melhor que um dia após o outro. Cosa Nostra, 2002.

XIMENES, Sergio. Dicionário da língua portuguesa. São Paulo: Ediouro, 2001.

Downloads

Publicado

30-09-2012

Como Citar

OLIVEIRA, C. J. de. A Poesia Contemporânea do Rap: entre o Eu (individual) e o Nós (coletivo). Terra Roxa e Outras Terras: Revista de Estudos Literários, [S. l.], v. 23, p. 17–31, 2012. DOI: 10.5433/1678-2054.2012v23p17. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/terraroxa/article/view/25028. Acesso em: 13 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos