A formação do Professor de Línguas de uma Perspectiva Sociocultural

Autores

  • Maria Helena Vieira Abrahão UNESP - SJRP

DOI:

https://doi.org/10.5433/2237-4876.2012v15n2p457

Palavras-chave:

Formação de professores de línguas. Perspectiva sociocultural. Aprendizagem docente.

Resumo

Resumo: Com o desenvolvimento de estudos sobre cognição e o reconhecimento de que as experiências prévias dos professores, o conhecimento adquirido em cursos de formação e as experiências de sala de aula em diferentes contextos moldam as maneiras como os docentes pensam e constroem suas práticas, os programas de formação de professores  passam a ver, de uma perspectiva sociocultural, a aprendizagem docente como um processo dialógico de coconstrução de conhecimentos que é situado e emerge da participação em práticas e contextos socioculturais. Considerando a relevância desse novo olhar, este artigo tem por objetivo apresentar tal perspectiva teórica, bem como suas contribuições para a pesquisa e o ensino na área de formação de professores de línguas.

PALAVRAS-CHAVE: formação de professores de línguas; perspectiva sociocultural; aprendizagem docente.

 

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Maria Helena Vieira Abrahão, UNESP - SJRP

Departamento de Letras Modernas

PPG Estudos Linguísticos, área de concentração LA

Linhas de pesquisa: ensino e aprendizagem de línguas estrangeiras e formação de professores

Downloads

Publicado

2012-06-19

Como Citar

ABRAHÃO, M. H. V. A formação do Professor de Línguas de uma Perspectiva Sociocultural. Signum: Estudos da Linguagem, [S. l.], v. 15, n. 2, p. 457–480, 2012. DOI: 10.5433/2237-4876.2012v15n2p457. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/signum/article/view/12736. Acesso em: 25 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos