A Construção da Identidade pelo Processo Poético – Traços Autobiográficos e de Resgate Histórico na Poesia de Charles Simic

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5433/1678-2054.2012v23p87

Palavras-chave:

Simic, Geografia humanística, Resgate histórico, Identidade

Resumo

Exemplo de manifestação artística, a poesia é entendida como fenômeno de representação da percepção individual do que é visto no plano coletivo. O objetivo deste trabalho é analisar dois poemas de Charles Simic à luz de contribuições oriundas da geografia humanística e mostrar que o que aparece no plano privado (lugar) é subjetivo, ao passo que o que aparece no plano público (espaço) é objetivo na poesia do autor iuguslavo. Ambos os planos combinados constroem uma possível compreensão da História. A poesia de Simic sugere uma tentativa de definir o indefinível, de construir uma identidade fragmentada pelos horrores da Segunda Guerra Mundial.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Janice Inês Nodari, Universidade Federal do Paraná

Mestra em Inglês pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professor adjunto na Universidade Federal do Paraná.

Referências

Bachelard, Gaston. A Poética do Espaço. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

Bond, Bruce. “Immanent distance: silence and the poetry of Charles Simic.” Bruce Weigl, ed. Charles Simic: Essays on the Poetry. Ann Arbor: The U of Michigan P, 1996. 156-163.

Buckley, Christopher. “Sounds that could have been singing: Charles Simic’s The World Doesn’t End.” Bruce Weigl, ed. Charles Simic: Essays on the Poetry. Ann Arbor: The U of Michigan P, 1996. 96-113.

Le Goff, Jacques. História e Memória. Campinas: Editora da Unicamp, 2003.

Moisés, Massaud. A criação literária. Poesia. São Paulo: Cultrix, 2008.

Simic, Charles. Orphan factory: essays and memoirs. Ann Harbor: The U of Michigan P, 1997.

Simic, Charles. Selected early poems. New York: George Braziller, 1999.

Simic, Charles. The voice at 3:00 a.m.: selected late and new poems. Orlando: Harcourt, 2003.

Tuan, Yi-Fu. Espaço e Lugar. A perspectiva da experiência. São Paulo: DIFEL, 1983.

Tuan, Yi-Fu. Paisagens do medo. São Paulo: Editora da UNESP, 2005.

Downloads

Publicado

30-09-2012

Como Citar

NODARI, J. I. A Construção da Identidade pelo Processo Poético – Traços Autobiográficos e de Resgate Histórico na Poesia de Charles Simic. Terra Roxa e Outras Terras: Revista de Estudos Literários, [S. l.], v. 23, p. 87–97, 2012. DOI: 10.5433/1678-2054.2012v23p87. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/terraroxa/article/view/25034. Acesso em: 13 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos