Os espaços nauseantes da família

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5433/1678-2054.2010v20p5

Palavras-chave:

Conto contemporâneo, Espaço feminino, Deslocamento

Resumo

Este ensaio apresenta uma leitura do espaço da família como um lugar nauseante para a mulher nos contos “Amor” e “Os laços de família”, da coletânea Laços de família (1960), de Clarice Lispector. A partir da ideia de aula inaugural, proposta por Silviano Santiago, analisa-se o deslocamento da mulher para fora da família como uma marca original dessa obra. Tomando como base o conceito de heterotopia, de Michel Foucault, identifica-se a fuga da protagonista como um questionamento da opressão patriarcal. Nos dois contos, temos a mulher em busca de uma heterotopia de sua liberdade. PALAVRAS-CHAVE: conto contemporâneo; espaço feminino; deslocamento.

Biografia do Autor

Carlos Magno Gomes, Universidade Federal de Sergipe

Doutorado em Literatura Universidade de Brasília. Professor Associado da Universidade Federal de Sergipe.

Referências

BAUMAN, Zygmunt. 2005. Identidade. Entrevista a Benedetto Vecchi. Rio de Janeiro:Jorge Zahar.

COHEN, Jeffrey Jerome. 2000. “A cultura dos monstros: sete teses.” Pedagogia dos monstros – os prazeres e os perigos da confusão de fronteiras. Belo Horizonte: Autêntica. 23-60.

FOUCAULT, Michel. 2009. Outros espaços. Estética: literatura e pintura, música e cinema. 2ª. Ed. Rio de Janeiro: Fonte Universitária. 411-422.

HALL, Stuart. 2000. “Quem precisa da identidade?” Tomaz Tadeu da Silva, org. Identidade e diferença. Petrópolis: Vozes. 103-133.

LISPECTOR, Clarice. 1994. Laços de Família. 26ª. edição. Rio de Janeiro: Francisco Alves.

LOURO, Guacira Lopes. 2008. Um corpo estranho. Belo Horizonte: Autêntica.

NUNES, Benedito. 2005. O Drama da linguagem - uma leitura de Clarice Lispector. 2ª.ed. São Paulo: Ática.

RICHARD, Nelly. 2002. Intervenções críticas. Belo Horizonte: UFMG.

ROSENBAUM, Yudith. 2006. Metamorfoses do mal: uma leitura de Clarice Lispector. São Paulo: Editora da USP.

SANTIAGO, Silviano. 2004. “A aula inaugural de Clarice Lispector.” O cosmopolitismo do pobre: crítica literária e crítica cultural. Belo Horizonte: Ed UFMG. 232-241.

Downloads

Publicado

16-12-2010

Como Citar

GOMES, Carlos Magno. Os espaços nauseantes da família. Terra Roxa e Outras Terras: Revista de Estudos Literários, [S. l.], v. 20, p. 5–14, 2010. DOI: 10.5433/1678-2054.2010v20p5. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/terraroxa/article/view/24937. Acesso em: 23 jun. 2024.