Cláusulas relativas na fala espontânea do português do Brasil: Um estudo exploratório baseado no corpus c-oral-brasil

Autores

  • Crysna Bonjardim da Silva Carmo Professor Assistente da Universidade do Estado da Bahia – UNEB Doutoranda em Estudos Linguísticos pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG
  • Heliana Mello UFMG

DOI:

https://doi.org/10.5433/2237-4876.2016v19n2p342

Palavras-chave:

Fala espontânea, Cláusulas relativas, Linguística de Corpus

Resumo

Este artigo sistematiza o resultado de investigações exploratórias sobre as cláusulas relativas encontradas no minicorpus de fala espontânea do português do Brasil (PB), etiquetado informacionalmente, extraído do corpus C-ORAL-BRASIL. A seleção dos dados enfocou a identificação dos enunciados nos quais as cláusulas relativas ocorrem. Para essa tarefa, utilizou-se a plataforma DB – IPIC (Panunzi & Gregori, 2011). Em seguida, para triagem das cláusulas relativas, empregou-se a ferramenta computacional AntConc (Anthony, 2013). Para verificação da estrutura informacional dos enunciados, adotou-se o programa WinPitch (Martin, 2004). Os resultados encontrados: (i) corroboram, em termos prosódicos, a diferença entre cláusulas relativas restritivas e relativas não-restritivas – as primeiras ocorrem linearizadas numa mesma unidade informacional e as últimas, padronizadas em mais de uma unidade informacional; e (ii) demonstram que no PB, ambas ocorrem preferencialmente na unidade de COM, e mesmo o padrão informacional preferencial das relativas não-restritivas é resultado da combinação com uma unidade informacional de COM. Além disso, o artigo apresenta uma descrição de cláusulas relativas através de um  modelo diagramático que permite  alcançar: (i) as relações internas entre  cláusula relativa  e  principal; e (ii) a estrutura informacional definidora da estrutura interna dos enunciados –  escopo de realização das cláusulas relativas. 

Biografia do Autor

Crysna Bonjardim da Silva Carmo, Professor Assistente da Universidade do Estado da Bahia – UNEB Doutoranda em Estudos Linguísticos pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG

Doutoranda em Estudos Linguísticos (2013-) pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG e Mestre em Linguística (2005) pela Universidade Federal de Juiz de Fora – UFJF. Atualmente, é Professora Assistente (2010) da Universidade do Estado da Bahia – UNEB, Departamento de Educação - Campus X, Teixeira de Freitas – BA onde leciona as disciplinas ligadas ao núcleo da Linguística, orienta monografias no curso de Letras e ministra aulas de Leitura e Produção Textual em outros cursos de graduação. Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em teoria e descrição linguística, atuando nos seguintes temas: Linguística de Corpus, Teoria da Língua em Ato, Linguística Cognitiva, Sintaxe da Fala Espontânea e Morfologia.

Heliana Mello, UFMG

Graduação em Letras (1987) e Mestrado em Linguística (1990) pela Universidade Federal de Minas Gerais; Master of Arts in Linguistics (1992), Master of Philosophy (1993), PhD (1997) e pós-doutorado (1998) em Linguística pela City University of New York; pós-doutorado pela Escola de Matemática Aplicada da Fundação Getúlio Vargas (2012-2013). Atualmente é Professor Titular da Universidade Federal de Minas Gerais. Atua na área de Estudos Linguísticos na graduação e na pós-graduação, com ênfase em análises baseadas em corpora, relacionadas a mudanças de sistemas gramaticais e contato linguístico, semântica, sintaxe e pragmática. Seu foco em Linguística de Corpus e Linguística Computacional abarca a compilação de corpora e metodologias quantitativas de análise linguística baseadas em corpora. Atua também na área de Linguística Aplicada com interesse em pesquisas empíricas e experimentais sobre aquisição de línguas e estudos da interlíngua. Dentre seus projetos de pesquisa atuais destacam-se o C-ORAL-BRASIL (www.c-oral-brasil.org) e o IMAGACT (http://imagact.lablita.it/index.php?lang=en). Colabora com projeto extensionista dedicado à formação continuada para professores de línguas (EDUCONLE).

Downloads

Publicado

2016-12-16

Como Citar

BONJARDIM DA SILVA CARMO, Crysna; MELLO, Heliana. Cláusulas relativas na fala espontânea do português do Brasil: Um estudo exploratório baseado no corpus c-oral-brasil. Signum: Estudos da Linguagem, [S. l.], v. 19, n. 2, p. 342–367, 2016. DOI: 10.5433/2237-4876.2016v19n2p342. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/signum/article/view/25097. Acesso em: 13 jul. 2024.