O projeto arqueológico e a possibilidade de ver e dizer na mídia

Autores

  • Josiane dos Santos Lima Universidade Federal de Goiás
  • Kátia Menezes Sousa Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5433/2237-4876.2013v16n1p77

Palavras-chave:

Enunciados. Saber. Mídia.

Resumo

O objetivo deste estudo é problematizar alguns enunciados veiculados pela mídia, tomando como hipótese a ideia de que o dizível e o visível construídos pelo trabalho interpretativo da rede midiática tornam possível a compreensão do nosso presente. Para a construção de um dispositivo de análise que permita a problematização da atualidade, o referencial teórico é constituído, principalmente, pelos fundamentos do projeto arqueológico de Michel Foucault.  Os enunciados que circulam na mídia são atravessados por discursos de outras instâncias enunciativas, que, reconfigurados, povoam os dizeres que circulam nos lugares mais diversos, incluindo os próprios modos de existência dos sujeitos. O discurso competente faz funcionar um jogo de verdade, ou mais precisamente, se encaixa no que Foucault analisou como parte de um sistema de exclusão, a vontade de verdade. Tal vontade é sustentada por um suporte institucional, que assegura o acesso, os comentários, os esquecimentos e a redistribuição dos vários discursos. Assim, acabamos por incluir novas medidas em nosso cotidiano e excluímos hábitos e modos de fazer que nos acompanham por longo tempo. Essa dinâmica faz funcionar uma rede importante de agenciamentos e dispositivos. Isso demonstra um trabalho sutil e eficaz da relação poder/saber.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Josiane dos Santos Lima, Universidade Federal de Goiás

Mestrado em Linguística concluído em 2009 na Universidade Federal de Goiás. Doutorado em Linguística em andamento na Universidade Federal de Goiás desde 2010.

Kátia Menezes Sousa, Universidade Federal de Goiás

Doutora em Linguística e Língua Portuguesa pela UNESP/Araraquara. Professora da Faculdade de Letras da UFG. Atua na Graduação e na Pós-Graduação, orientando trabalhos de Mestrado e Doutorado em Linguística, especificamente em Análise do Discurso.

Downloads

Publicado

2013-01-20

Como Citar

LIMA, J. dos S.; SOUSA, K. M. O projeto arqueológico e a possibilidade de ver e dizer na mídia. Signum: Estudos da Linguagem, [S. l.], v. 16, n. 1, p. 77–98, 2013. DOI: 10.5433/2237-4876.2013v16n1p77. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/signum/article/view/2237-4876.2013v16n77. Acesso em: 30 maio. 2024.