A desalienação do trabalhador por meio da autogestão: uma análise sob a perspectiva das três mediações de segunda ordem de Mészáros

Autores

  • Yuri Silveira Durães Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Elcio Gustavo Benini Universidade Federal do Mato Grosso do Sul
  • Gabriel Gualhanone Nemirovsky Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Eziel de Oliveira Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0383.2017v38n1p3

Palavras-chave:

Mészáros, Autogestão, Desalienação.

Resumo

A presente pesquisa tem o objetivo de analisar como a autogestão promove a desalienação do trabalhador por meio do trabalho associado. Para orientar o estudo do processo de desalienação, são apresentados os opostos ontológicos de cada uma das mediações sociometabólicas que sustentam a estrutura do capital, segundo a interpretação de Meszáros. A aproximação empírica do objeto de estudo fundamentou se na análise dos microdados do Sistema de Informação em Economia Solidária (SIES) fornecidos pela Secretaria Nacional de Economia Solidária (SENAES). Concluiu-se que, embora ainda seja um processo em andamento, com avanços e retrocessos, o trabalho associado é capaz de conferir ao trabalhador a propriedade do seu trabalho.

Biografia do Autor

Yuri Silveira Durães, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Mestre em Administração pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Organizações, Trabalho e Educação - GEPOTE.

Elcio Gustavo Benini, Universidade Federal do Mato Grosso do Sul

Doutor em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Organizações, Trabalho e Educação - GEPOTE.

Gabriel Gualhanone Nemirovsky, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Professor Assistente da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Doutorando em Educação pelo PPGE/FFC-UNESP. Pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Organizações, Trabalho e Educação - GEPOTE. Membro da Associação Brasileira de Pesquisadores da Economia Solidária - ABPES.

Eziel de Oliveira, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Mestrando em Administração na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Downloads

Publicado

21.09.2017

Como Citar

DURÃES, Yuri Silveira; BENINI, Elcio Gustavo; NEMIROVSKY, Gabriel Gualhanone; OLIVEIRA, Eziel de. A desalienação do trabalhador por meio da autogestão: uma análise sob a perspectiva das três mediações de segunda ordem de Mészáros. Semina: Ciências Sociais e Humanas, [S. l.], v. 38, n. 1, p. 3–20, 2017. DOI: 10.5433/1679-0383.2017v38n1p3. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/seminasoc/article/view/24791. Acesso em: 18 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos Seção Livre