Chamada Dossiê: Jogos, cultura e conhecimento na contemporaneidade

04.04.2024

Jogos, cultura e conhecimento na contemporaneidade

Jogos fazem parte da história e da cultura de diversos povos, sendo transmitidos por gerações ao longo do tempo e caracterizando-se por sua ludicidade e produção de espaços de sociabilidade, ao promoverem encontros e trocas de saberes e afetos mediados pelo desejo de engajamento. Seja no tabuleiro, nas plataformas digitais ou por meio de movimentos corporais, por exemplo, jogos impactam modos de subjetivação, de relação com a alteridade e de partilha comunitária.

A problematização dos jogos alcança os diversos campos do conhecimento, e envolve questões ligadas a sua conceituação, produção, circulação e utilização. Frequentemente, abrange pesquisas focadas na análise dos resultados de seu uso, como em diversos estudos educacionais, ou de sua influência em comportamentos sociais. São comuns, ainda, estudos históricos, filosóficos, sociológicos e antropológicos sobre dispositivos lúdicos, em suas utilizações e significados. Abordagens investigativas baseadas em jogos alcançam temas pertinentes à aprendizagem, ao desenvolvimento cognitivo, à criação, ao movimento, à performance, ao ritual – e isso para ficarmos apenas em alguns exemplos. Recentemente, o contexto pandêmico e tecnológico exacerbou discussões sobre isolamento e dispositivos digitais, uso de inteligência artificial e realidade virtual na construção, veiculação e consumo de jogos. No mais, questões ligadas ao seu uso político nos forçam a problematizar o próprio fenômeno da gamificação, em seus alcances e abusos.

Neste número da Revista Semina:Ciências Sociais e Humanas, esperamos contribuições que apresentem discussões e análises sobre jogos em diversas perspectivas, sendo bem-vindos trabalhos transdisciplinares, com vistas ao entendimento dos jogos como fenômeno cultural no contexto tecnológico, midiático e social contemporâneo, bem como no âmbito educacional, cultural, artístico e de promoção da saúde. Estimulamos, também, o compartilhamento de estudos a partir de problemáticas ligadas à acessibilidade, à diversidade de gênero e étnico-racial no universo dos jogos.

Organizadores:

Renata Schlumberger Schevisbiski – UEL
Julia Polessa Maçaira – UFRJ
André Bocchetti – UFRJ

Prazo para submissão: 30/06/2024
Prazo para publicação: 30/12/2024