Prevalência de gonorréia em uma população feminina de um bairro da cidade de Londrina, Paraná

Autores

  • Nilton Tornero Universidade Estadual de Londrina
  • Ana Misako Yendo Ito Universidade Estadual de Londrina
  • Aneli de Melo Barbosa Universidade Estadual de Londrina
  • José A. R. Novoa Universidade Estadual de Londrina
  • Maria Cristina Lourenço Universidade Estadual de Londrina
  • Sueli R. Cabeleira Universidade Estadual de Londrina
  • Tânia S. Yokota Universidade Estadual de Londrina
  • Maria Teresinha Tornero Instituto Agronômico do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0383.1981v2n8p215

Palavras-chave:

Gonorréia, Londrina, Corrimento vaginal, Gonorréia em população de Londrina.

Resumo

Estudo da prevalência de gonorréia em uma população feminina adulta de um bairro de Londrina, onde existe uma unidade sanitária. A prevalência encontrada varia entre 2,3 e 15,4%. Constatou-se também que a prevalência geral de corrimento vaginal na população foi de 68,5%. Procurou-se verificar a possibilidade de se implantar na unidade sanitária um método rotineiro, rápido e eficaz de detecção de gonorréia em corrimentos vaginais, usando-se o Hospital Universitário como serviço de referência. O método, nas condições atuais, mostrou-se inviável.

 


Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Nilton Tornero, Universidade Estadual de Londrina

Docente do Departamento Materno Infantil e Saúde Comunitária do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Estadual de Londrina.

Ana Misako Yendo Ito, Universidade Estadual de Londrina

Docente do Departamento Materno Infantil e Saúde Comunitária do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Estadual de Londrina.

Aneli de Melo Barbosa, Universidade Estadual de Londrina

Acadêmica do Curso de Farmácia e Bioquímica do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Estadual de Londrina.

José A. R. Novoa, Universidade Estadual de Londrina

Acadêmico do Curso de Farmácia e Bioquímica do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Estadual de Londrina.

Maria Cristina Lourenço, Universidade Estadual de Londrina

Acadêmico do Curso de Farmácia e Bioquímica do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Estadual de Londrina.

Sueli R. Cabeleira, Universidade Estadual de Londrina

Acadêmico do Curso de Farmácia e Bioquímica do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Estadual de Londrina.

Tânia S. Yokota, Universidade Estadual de Londrina

Acadêmico do Curso de Farmácia e Bioquímica do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Estadual de Londrina.

Maria Teresinha Tornero, Instituto Agronômico do Paraná

Bioestatfstica, Instituto Agronômico do Paraná, Londrina, Paraná.

Downloads

Publicado

29.11.2004

Como Citar

TORNERO, N.; ITO, A. M. Y.; BARBOSA, A. de M.; NOVOA, J. A. R.; LOURENÇO, M. C.; CABELEIRA, S. R.; YOKOTA, T. S.; TORNERO, M. T. Prevalência de gonorréia em uma população feminina de um bairro da cidade de Londrina, Paraná. Semina: Ciências Sociais e Humanas, [S. l.], v. 2, n. 8, p. 215–217, 2004. DOI: 10.5433/1679-0383.1981v2n8p215. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/seminasoc/article/view/7269. Acesso em: 14 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos Seção Livre