Histórias futuristas mais antigas do que possam parecer: origem das idéias dos roteiros de ficção cientifica

Autores

  • Carlos Alberto Machado Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO)

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0383.2013v34n2p149

Palavras-chave:

Roteiro, Cinema, Ficção científica.

Resumo

O texto discute a origem das idéias da maioria dos roteiros de filmes de ficção científica modernos, bem como de conceitos literários como soft e hard, também presentes no cinema. Aponta-se a origem desses roteiros em sua maioria nas décadas de 1950, 1960 e 1970, períodos estes considerados férteis na literatura de ficção científica estrangeira. Também se aborda sobre as previsões casuais dos autores desse gênero que acabam trazendo suas idéias à contemporaneidade de forma despropositada, mas instigante, o que leva aos meios midiáticos a denominá-los de visionários. Alguns autores como Carrière, Xavier, Bez, Koff e Comparato auxiliam na corroboração dessas idéias. Assim, o leitor é levado a ponderar sobre a origem histórica dessas idéias.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Carlos Alberto Machado, Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO)

Doutor em Educação. Professor adjunto do departamento de Pedagogia da Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO)

Downloads

Publicado

14.12.2013

Como Citar

MACHADO, C. A. Histórias futuristas mais antigas do que possam parecer: origem das idéias dos roteiros de ficção cientifica. Semina: Ciências Sociais e Humanas, [S. l.], v. 34, n. 2, p. 149–160, 2013. DOI: 10.5433/1679-0383.2013v34n2p149. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/seminasoc/article/view/15144. Acesso em: 20 maio. 2024.

Edição

Seção

Dossiê