Curva de crescimento de cordeiros oriundos de três sistemas de produção na Região Nordeste do Brasil

Autores

  • Marcílio Costa Teixeira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia
  • Arturo Bernardo Villarroel Universidade Federal do Ceará
  • Elzania Sales Pereira Universidade Federal do Ceará
  • Sônia Maria Pinheiro de Oliveira Universidade Federal do Ceará
  • Ítalo Araújo Albuquerque Universidade Federal do Ceará
  • Ivone Yurika Mizubuti Universidade Estadual de Londrina

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0359.2012v33n5p2011

Palavras-chave:

Desempenho, Produção, “Creep-feeding”, Pastagem cultivada, Pastagem nativa, Manejo.

Resumo

O objetivo foi analisar modelos não lineares para descrever o crescimento de cordeiros criados em três Sistemas de produção. Os modelos utilizados forram: Brody, Von Bertalanffy, Richards e Gompertz. No Sistema de produção 1 utilizaram-se cordeiros alimentados em “creep-feeding”, desmamados aos 60 dias de idade e mantidos em pastagem cultivada até atingirem media de 20 kg, quando foram confinados, e abatidos entre 28 e 30 kg. No Sistema de produção 2 utilizaram-se cordeiros desmamados aos 90 dias e mantidos em pastagem cultivada, sendo abatidos entre 28 e 30 kg. No Sistema de produção 3 utilizaram-se cordeiros desmamados com 90 dias de idade e mantidos em área de pastagem nativa suplementados com feno de capim elefante e de leucena no período crítico do ano e abatidos aos 28 e 30 kg. Foram utilizadas 17 pesagens de 30 animais, sendo 10 animais para cada Sistema, do nascimento aos 450 dias. Com base no estudo das curvas de crescimento, as que melhor se adaptaram para predição dos resultados de crescimento foram as de Richards e Brody, entretanto nenhum dos modelos de curva simulados apresentou resultados satisfatórios para o Sistema de produção 3.

Biografia do Autor

Marcílio Costa Teixeira, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Prof. Dr. do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. Campus de Crateús, Crateús. CE.

Arturo Bernardo Villarroel, Universidade Federal do Ceará

Prof. Dr. do Deptº de Zootecnia da Universidade Federal do Ceará, UFC, Av. Mister Hull, 2977, Fortaleza, CE. Tel.+55.85.33669749. Pesquisadores do CNPq.

Elzania Sales Pereira, Universidade Federal do Ceará

Profª. Drª. do Deptº de Zootecnia da Universidade Federal do Ceará, UFC, Av. Mister Hull, 2977, Fortaleza, CE. Tel. +55.85.33669749. Pesquisadores do CNPq.

Sônia Maria Pinheiro de Oliveira, Universidade Federal do Ceará

Profª Drª do Deptº de Zootecnia da UFC, Fortaleza, CE.

Ítalo Araújo Albuquerque, Universidade Federal do Ceará

Discente de Doutorado do Programa de Doutorado integrado em Zootecnia, UFC, Fortaleza, CE.

Ivone Yurika Mizubuti, Universidade Estadual de Londrina

Profª. Drª. do Deptº de Zootecnia da Universidade Estadual de Londrina, UEL, Londrina, PR. Pesquisadora do CNPq.

Downloads

Publicado

2012-10-30

Como Citar

Teixeira, M. C., Villarroel, A. B., Pereira, E. S., Oliveira, S. M. P. de, Albuquerque, Ítalo A., & Mizubuti, I. Y. (2012). Curva de crescimento de cordeiros oriundos de três sistemas de produção na Região Nordeste do Brasil. Semina: Ciências Agrárias, 33(5), 2011–2018. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2012v33n5p2011

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 > >>