Ganho de peso e características da carcaça de cordeiros recebendo diferentes níveis de energia na ração

Autores

  • Walter Piola Júnior Universidade Estadual de Londrina
  • Edson Luis de Azambuja Ribeiro Universidade Estadual de Londrina
  • Ivone Yurika Mizubuti Universidade Estadual de Londrina
  • Leandro das Dores Ferreira da Silva Universidade Estadual de Londrina
  • Marco Antonio da Rocha Universidade Estadual de Londrina
  • Marco Aurélio Alves Ferreira Barbosa Universidade Estadual de Londrina
  • Cicero Leandro de Souza Universidade Estadual de Londrina
  • Fernando Henrique Pereira de Paiva Universidade Estadual de Londrina

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0359.2009v30n4p935

Palavras-chave:

Correlação, Desempenho, Medidas objetivas, Produção, Ovinos, Rendimento

Resumo

Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a influência de diferentes níveis de energia na ração sobre o desempenho e características da carcaça de ovinos terminados em confinamento e abatidos aos 32 quilos de peso vivo. Foram avaliados três tratamentos: 2,23, 2,54 e 2,85 Mcal de EM/kg de MS, sendo o último tratamento, a recomendação estipulada pelo National Research Council - NRC (1985), para cordeiros com ganhos diários de 250 gramas. Foram utilizados 18 cordeiros inteiros, seis por tratamento, mestiços Texel, alimentados com rações isoprotéicas (16,70% PB). As recomendações de energia propostas pelo NRC (1985) propiciaram ganhos de peso menores do que os esperados. O nível de energia teve efeito linear (P < 0,05) sobre o ganho de peso (y =-190+141X). Portanto, dietas com maior aporte energético propiciaram maior ganho de peso e consequentemente reduziram o tempo para a terminação dos cordeiros. Carcaças de animais abatidos com pesos similares apresentaram características morfológicas diferentes.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Walter Piola Júnior, Universidade Estadual de Londrina

Aluno do Programa de Pós-graduação em Ciência Animal da UEL.

Edson Luis de Azambuja Ribeiro, Universidade Estadual de Londrina

Professor do Departamento de Zootecnia, CCA, Universidade Estadual de Londrina, Londrina, PR, CEP 86051-970. 

Ivone Yurika Mizubuti, Universidade Estadual de Londrina

Professora do Departamento de Zootecnia, CCA, Universidade Estadual de Londrina, Londrina, PR, CEP 86051-970. 

Leandro das Dores Ferreira da Silva, Universidade Estadual de Londrina

Professora do Departamento de Zootecnia, CCA, Universidade Estadual de Londrina, Londrina, PR, CEP 86051-970. 

Marco Antonio da Rocha, Universidade Estadual de Londrina

Professor do Departamento de Zootecnia da UEL.

Marco Aurélio Alves Ferreira Barbosa, Universidade Estadual de Londrina

Professor do Departamento de Zootecnia da UEL.

Cicero Leandro de Souza, Universidade Estadual de Londrina

Aluno do Curso de Zootecnia da UEL.

Fernando Henrique Pereira de Paiva, Universidade Estadual de Londrina

Aluno do Curso de Zootecnia da UEL.

Downloads

Publicado

2009-12-20

Como Citar

Piola Júnior, W., Ribeiro, E. L. de A., Mizubuti, I. Y., Silva, L. das D. F. da, Rocha, M. A. da, Barbosa, M. A. A. F., Souza, C. L. de, & Paiva, F. H. P. de. (2009). Ganho de peso e características da carcaça de cordeiros recebendo diferentes níveis de energia na ração. Semina: Ciências Agrárias, 30(4), 935–944. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2009v30n4p935

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 > >>