Características de pelame e respostas fisiológicas de ovelhas nativas da região Semiárida do Brasil

Autores

  • Wirton Peixoto Costa Universidade Federal Rural do Semiárido http://orcid.org/0000-0003-0915-0665
  • Edgard Cavalcanti Pimenta Filho Universidade Federal da Paraíba
  • Jacinara Hody Gurgel Morais Leite Universidade Federal Rural do Semiárido
  • Wallace Sóstene Tavares da Silva Universidade Federal Rural do Semiárido
  • Wilma Emanuela da Siva Universidade Federal Rural do Semiárido
  • Francisco Helton Sá de Lima Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas
  • Gilvan Nogueira Alves Peixoto-Júnior Universidade Federal Rural do Semiárido
  • Débora Andréa Evangelista Façanha Universidade Federal Rural do Semiárido

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0359.2018v39n3p1281

Palavras-chave:

Ambiente tropical, Conservação de recursos genéticos, Características de pelame, Ovelhas.

Resumo

O objetivo desse trabalho foi avaliar as características de pelame de ovelhas da variedades vermelha e outra branca da raça Morada Nova, criadas no ambiente semiárido brasileiro, durante as épocas seca e chuvosa. Foram avaliada espessura de pelame (CT), ângulo de inclinação do pelo (I), número de pelos (HDE), comprimento do pelo (HL) e diâmetro do pelo (HD), em conjunto com as respostas fisiológicas temperature retal (RT) e frequência respiratória (RR). Foram realizados análise de variância e teste de Tukey a 5% de probabilidade. A estação do ano (seca e chuvosa) e variedade (vermelha e branca) foram usadas como fatores fixos. HL, HDE e HD foram significativamente maiores na estação seca (P < 0,05), mas CT e ?I não diferiram. HL, HDE e HD foram menor e ?I foi maior na variedade vermelha, CT não apresentou diferença em relação a variedade. Conclui-se que as características de pelame das ovelhas Morada Nova favorecem a adaptação a ambiente semiárido, incluindo proteção da pele contra o excesso de raios ultravioleta, com a variedade branca apresentando-se mais favorável à adaptação nas condições da região semiárida brasileira.

Biografia do Autor

Wirton Peixoto Costa, Universidade Federal Rural do Semiárido

Prof., Universidade Federal Rural do Semiárido, UFERSA, Campus Mossoró, RN, Brasil.

Edgard Cavalcanti Pimenta Filho, Universidade Federal da Paraíba

Prof. Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Campus Areia, PB, Brasil.

Jacinara Hody Gurgel Morais Leite, Universidade Federal Rural do Semiárido

Discente, Curso de Doutorado, Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal, UFERSA, Campus Mossoró, RN, Brasil.

Wallace Sóstene Tavares da Silva, Universidade Federal Rural do Semiárido

Discente, Curso de Doutorado, Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal, UFERSA, Campus Mossoró, RN, Brasil.

Wilma Emanuela da Siva, Universidade Federal Rural do Semiárido

Discente, Curso de Doutorado, Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal, UFERSA, Campus Mossoró, RN, Brasil.

Francisco Helton Sá de Lima, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas

Prof., Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas, IFMG, Campus Muzambinho, MG, Brasil.

Gilvan Nogueira Alves Peixoto-Júnior, Universidade Federal Rural do Semiárido

Discente, Curso de Mestrado, Programa de Pós-Graduação em Produção Animal, UFERSA, Campus Mossoró, RN, Brasil.

Débora Andréa Evangelista Façanha, Universidade Federal Rural do Semiárido

Profa, UFERSA, Centro de Ciências Agrárias, Campus Mossoró, RN, Brasil.

Downloads

Publicado

2018-05-04

Como Citar

Costa, W. P., Pimenta Filho, E. C., Leite, J. H. G. M., Silva, W. S. T. da, Siva, W. E. da, Lima, F. H. S. de, … Façanha, D. A. E. (2018). Características de pelame e respostas fisiológicas de ovelhas nativas da região Semiárida do Brasil. Semina: Ciências Agrárias, 39(3), 1281–1294. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2018v39n3p1281

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)