Isolamento e identificação de Mycobacterium bovis em bovinos abatidos em matadouro público de Garanhuns, Pernambunco

Autores

  • Stephanie Caroline Gueiros Silva Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Amanda de Deus Ferreira Alves Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Tássio José de Oliveira Almeida Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Pamella Christhine Lins de Sá Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Antonio Franciso de Souza Filho Universidade de São Paulo
  • Nicolás Céspedes Cárdenas Universidade de São Paulo
  • José Soares Ferreira Neto Universidade de São Paulo
  • Marcos Bryan Heinemann Universidade de São Paulo
  • Sérgio Santos de Azevedo Universidade Federal da Paraíba
  • Márcia Bersane Araujo de Medeiros Torres Universidade Federal Rural de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0359.2018v39n1p157

Palavras-chave:

Granuloma, Pneumonia, Saúde pública.

Resumo

A tuberculose é uma doença infecciosa crônica causada por membros do complexo Mycobacterium tuberculosis (CMT), incluindo M. bovis. A inspeção sanitária em matadouros frigoríficos possui grande importância para a saúde pública pela remoção de carne contaminada com lesões patológicas. Os bovinos abatidos no matadouro de Garanhuns-PE foram submetidos a análises macroscópicas, histológicas, bacteriológicas e moleculares. A inspeção pulmonar revelou lesões sugestivas de tuberculose.A caracterização de granulomas tuberculoides foi realizada através da histopatologia e coloração de hematoxilina e eosina (HE). A identificação de bacilo álcool - ácido resistente (BAAR) foi realizado em esfregaços com material fresco e em cortes histológicos sob a coloração de Zihel-Neelsen. O diagnóstico bacteriológico foi realizado em meio de cultivo Stonebrink e Lowenstein-Jensen e a reação em cadeia da polimerase (PCR) sucedeu a partir de DNA extraído de colônias para identificação do Mycobacterium sp... Verificou-se que1% (32/3.180) dos pulmões coletados apresentaram lesões sugestivas de tuberculose. Na análise histopatológica 65.62% (21/32) amostras tinham pneumonia granulomatosa. BAAR foram detectados em 46,88% (15/32) esfregaços e 4,16% (1/24) em corte histológico conforme analisado pela coloração de Ziehl-Neelsen. Além disso, em 68,75% (22/32) das amostras houve crescimento bacteriano e na identificação molecular 90% (18/20) das amostras foram positivas para M. bovis e 10% (2/20 para Mycobacterium sp. Assim, a cultura microbiológica e as análises de PCR revelaram a alta taxa de tuberculose bovina na região, que indica a necessidade de divulgação desses resultados devido à importância da doença na saúde pública. Consequentemente, enfatizamos a necessidade de uma avaliação macroscópica precisa de lesões sugestivas de tuberculose bovina.

Biografia do Autor

Stephanie Caroline Gueiros Silva, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Discente de Doutorado, Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Recife, PE, Brasil.

Amanda de Deus Ferreira Alves, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Discente de Mestrado, UFRPE, Recife, PE, Brasil.

Tássio José de Oliveira Almeida, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Discente de Graduação, Unidade Acadêmica de Garanhuns, UFRPE/UAG, Garanhuns, PE, Brasil.

Pamella Christhine Lins de Sá, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Médica Veterinária Autônoma, Unidade Acadêmica de Garanhuns, UFRPE/UAG, Garanhuns, PE, Cidade, UF, Brasil.

Antonio Franciso de Souza Filho, Universidade de São Paulo

Discente de Doutorado, Universidade de São Paulo, USP, São Paulo, SP, Brasil.

Nicolás Céspedes Cárdenas, Universidade de São Paulo

Discente de Mestrado, USP, São Paulo, SP, Brasil.

José Soares Ferreira Neto, Universidade de São Paulo

Prof. Titular, USP, São Paulo, SP, Brasil.

Marcos Bryan Heinemann, Universidade de São Paulo

Prof. Dr., USP, São Paulo, SP, Brasil.

Sérgio Santos de Azevedo, Universidade Federal da Paraíba

Prof. Associado, Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Patos, PB, Brasil.

Márcia Bersane Araujo de Medeiros Torres, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Profa Adjunto IV, Unidade Acadêmica de Garanhuns, UFRPE/UAG, Garanhuns, PE, Brasil.

Downloads

Publicado

2018-02-16

Como Citar

Silva, S. C. G., Alves, A. de D. F., Almeida, T. J. de O., Sá, P. C. L. de, Souza Filho, A. F. de, Cárdenas, N. C., … Torres, M. B. A. de M. (2018). Isolamento e identificação de Mycobacterium bovis em bovinos abatidos em matadouro público de Garanhuns, Pernambunco. Semina: Ciências Agrárias, 39(1), 157–166. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2018v39n1p157

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 6 7 8 > >>