Características de carcaça e componentes não-carcaça de cordeiros alimentados com borra de manipueira em substituição ao milho

Autores

  • Daniel Barros Cardoso Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Robson Magno Liberal Véras Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Francisco Fernando Ramos de Carvalho Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • André Luiz Rodrigues Magalhães Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Gustavo Araújo de Vasconcelos Universidade Federal Rural de Permabuco
  • Stela Antas Urbano Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Gerlison de Mélo Fonsêca Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Marciella Thais Dino de Freitas Universidade Federal Rural de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0359.2016v37n4Supl1p2711

Palavras-chave:

Alimentos alternativos, Carne, Órgãos, Mandioca, Ovinos.

Resumo

Objetivou-se avaliar o efeito da substituição (0, 33, 66 e 100%) do milho pela borra de manipueira sobre as características de carcaça e componentes não-carcaça de cordeiros mestiços Santa Inês. Foram utilizados quarenta ovinos machos não castrados, com peso corporal inicial médio de 20 ± 1,87 kg e cinco meses de idade. Estes foram confinados em baias individuais, em delineamento em blocos ao acaso, com quatro tratamentos e dez repetições, e abatidos após 70 dias de confinamento. Efeito quadrático (p < 0,05) foi observado para o peso do corpo vazio (PCV), peso de carcaça quente (PCQ) e fria (PCF) e o índice de compacidade da carcaça (ICC), as mesmas apresentaram pontos de máxima de 36,14; 19,45; 20,20 e 0,31kg cm-1 ao nível de substituição do milho pela borra de manipueira de 50,0; 53,84; 54,04 e 45,45%, respectivamente. Também houve efeito (p < 0,05) sobre os pesos do rúmen e da buchada, com ponto de máxima de 0,909 e 6,25 kg ao nível de substituição de 49,11 e 51,29%, respectivamente. Quanto aos cortes comerciais, apenas o rendimento da perna foi alterado (p < 0,05) apresentando efeito linear crescente. Enquanto as demais variáveis não foram afetadas. A borra de manipueira pode ser utilizada de forma integral como alternativa alimentar na dieta de cordeiros em confinamento, sem prejudicar as principais características da carcaça e os componentes não-carcaça.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Daniel Barros Cardoso, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Discente do Curso de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Zootecnia, Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Recife, PE, Brasil.

Robson Magno Liberal Véras, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Prof. Dr., Unidade Acadêmica de Garanhuns, UFRPE, Garanhuns, PE, Brasil.

Francisco Fernando Ramos de Carvalho, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Prof. Dr., Departamento de Zootecnia, UFRPE, Recife, PE, Brasil.

André Luiz Rodrigues Magalhães, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Prof. Dr., Unidade Acadêmica de Garanhuns, UFRPE, Garanhuns, PE, Brasil.

Gustavo Araújo de Vasconcelos, Universidade Federal Rural de Permabuco

Discente do Curso de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Zootecnia, Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Recife, PE, Brasil.

Stela Antas Urbano, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Bolsista do Programa Nacional de Pós-Doutorado, PNPD, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Centro de Tecnologia, Departamento de Agropecuária, Lagoa Nova, Natal, RN, Brasil.

Gerlison de Mélo Fonsêca, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Discente do Curso de Graduação em Medicina Veterinária, UFRPE, Recife, PE, Brasil.

Marciella Thais Dino de Freitas, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Discente do Curso de Graduação em Medicina Veterinária, UFRPE, Recife, PE, Brasil.

Downloads

Publicado

2016-09-02

Como Citar

Cardoso, D. B., Véras, R. M. L., Carvalho, F. F. R. de, Magalhães, A. L. R., Vasconcelos, G. A. de, Urbano, S. A., Fonsêca, G. de M., & Freitas, M. T. D. de. (2016). Características de carcaça e componentes não-carcaça de cordeiros alimentados com borra de manipueira em substituição ao milho. Semina: Ciências Agrárias, 37(4Supl1), 2711–2724. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2016v37n4Supl1p2711

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>