Produção de forragem em pastagem natural submetida a aplicações de calcário e fósforo

Autores

  • Nelson Eduardo Prestes Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina
  • Cassandro Vidal Talamini do Amarante Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Cassiano Eduardo Pinto Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina
  • Gabriel Prestes Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Guilherme Doneda Zanini Centro Universitário Barriga Verde
  • Cauby Medeiros-Neto Universidade do Estado de Santa Catarina
  • André Fischer Sbrissia Universidade do Estado de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0359.2016v37n5p3265

Palavras-chave:

Campo nativo, Gramíneas nativas, Leguminosas nativas, Pastagem natural, Produção de forragem.

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar a produção de forragem em pastagem natural submetida a doses superficiais de calcário e fósforo e a influência dessas aplicações ao longo do perfil do solo. Os tratamentos consistiram da aplicação de doses superficiais de calcário equivalentes a 0,0; 7,2 e 14,4 t.ha-1 e de fósforo equivalentes a 0; 35; 70 e 140 kg de P2O5 ha-1. O experimento foi conduzido de acordo com um delineamento em blocos completos casualizados com parcelas subdivididas e três repetições. As doses de calcário foram distribuídas na parcela principal e aplicadas unicamente no início do experimento enquanto que as doses de fósforo foram distribuídas nas subparcelas com posteriores aplicações anuais de manutenção. O acompanhamento do crescimento dos pastos foi realizado por meio de uma régua graduada em centímetros e, quando os pastos atingiam altura média de 20 cm, eram coletadas amostras de forragem de cada subparcela e posteriormente os componentes botânicos e morfológicos eram separados e secos até atingirem peso constante. No 3° e 4° ano de avaliação foram coletadas amostras de solo nas camadas de 0-5, 5-10, 10-15 e 15-20 cm de profundidade para verificar a influência dos tratamentos nos atributos químicos do solo. As variáveis analisadas envolveram desde a produção de forragem, de gramíneas e leguminosas nativas, de plantas indesejáveis e de material morto e atributos do solo como pH, concentração de alumínio trocável e saturação por bases. Não houve interação entre os tratamentos de calcário e fósforo. O efeito das doses de calcário sobre a produção de pastagem natural ocorreu a partir do 3º ano e, no ano seguinte, a dose intermediária do corretivo (7,2 t.ha-1) foi responsável pelas maiores produtividades (2.316,1 kg de MS de forragem.ha-1). As crescentes doses de fósforo aumentaram a produção de forragem a partir do 2° ano, atingindo produções de até 2.232 kg MS.ha-1 no 4° ano. A produção de pastagens naturais é potencializada com a aplicação de 25% da dose recomendada de calcário (7,2 t.ha-1) associada a 50% da recomendação para a aplicação de fósforo (70 kg P2O5.ha-1). Doses crescentes de calcário influenciam diretamente os atributos químicos do solo, diminuido a acidez e alumínio trocável e aumentando a saturação por bases mesmo em camadas mais profundas (0-20 cm). Doses crescentes de fósforo não foram capazes de aumentar a mobilidade deste nutriente em camadas mais profundas do solo (10-20 cm), restringindo seus efeitos na camada de até 10 cm de profundidade.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Nelson Eduardo Prestes, Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina

Pesquisador, Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina, EPAGRI, Lages, SC, Brasil.

Cassandro Vidal Talamini do Amarante, Universidade do Estado de Santa Catarina

Prof. Titular, Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC/CAV, Lages, SC, Brasil.

Cassiano Eduardo Pinto, Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina

Pesquisador, Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina, EPAGRI, Lages, SC, Brasil.

Gabriel Prestes, Universidade do Estado de Santa Catarina

Discente de Graduação em Agronomia, UDESC/CAV, Lages, Santa Catarina, Brasil.

Guilherme Doneda Zanini, Centro Universitário Barriga Verde

Prof., Centro Universitário “Barriga Verde”, UNIBAVE, Orleans, SC, Brasil.

Cauby Medeiros-Neto, Universidade do Estado de Santa Catarina

Discente Doutorado em Ciência Animal, UDESC/CAV, Lages, SC, Brasil.

André Fischer Sbrissia, Universidade do Estado de Santa Catarina

Prof. Titular, Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC/CAV, Lages, SC, Brasil.

Downloads

Publicado

2016-10-26

Como Citar

Prestes, N. E., Amarante, C. V. T. do, Pinto, C. E., Prestes, G., Zanini, G. D., Medeiros-Neto, C., & Sbrissia, A. F. (2016). Produção de forragem em pastagem natural submetida a aplicações de calcário e fósforo. Semina: Ciências Agrárias, 37(5), 3265–3276. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2016v37n5p3265

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)