Comportamento ingestivo de ovinos alimentados com torta de castanha-do-pará na dieta

Autores

  • Aline Fernanda Oliveira Ramos Universidade Federal do Pará
  • Bianca Damasceno Pinho Universidade Federal do Pará
  • José de Brito Lourenço Júnior Universidade Federal do Pará
  • André Guimarães Maciel e Silva Universidade Federal do Pará
  • Cristian Faturi Universidade Federal do Pará
  • Lucieta Guerreiro Martorano EMBRAPA Amazônia Oriental
  • Maria Cristina Manno Universidade Federal Rural da Amazônia
  • Kedson Raul de Souza Lima Universidade Federal Rural da Amazônia
  • Luciano Fernandes Sousa Universidade Federal do Tocantins

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0359.2016v37n4p2259

Palavras-chave:

Alimentação, Castanha-do-pará, Coprodutos, Ócio, Ruminação.

Resumo

Avaliou-se o comportamento ingestivo de ovinos alimentados com níveis de inclusão (0, 15, 30 e 60%) de torta de castanha-do-pará (TC) (Bertholletia excelsa Bonpl.), na dieta à base de silagem de milho. Foram utilizados 16 cordeiros, sem raça definida e peso médio de 33 ± 6.04 kg, distribuídos aleatoriamente nos quatro tratamentos. Os dados foram analisados quanto à normalidade, submetidos à análise de variância, ajustados em equações de regressão e ao teste de Williams, estimando-se o ponto W. Os consumos voluntários de matéria seca (MS) e fibra insolúvel em detergente neutro (FDN), reduziram linearmente (P=0,013 e P=0,002) em 5,0 g e 2,41 g dia-1, respectivamente, para cada 1% de TC inclusa na dieta. O tempo despendido em alimentação (288,75 min dia-1) não foi afetado significativamente, o tempo em ócio cresceu linearmente (P=0,002) em 3,10 minutos, e o tempo gasto em ruminação decresceu (P=0,001) em 2,62 minutos, para cada 1% de inclusão do coproduto. O número de bolos ruminados (NBR) sofreu efeito decrescente (P=0,004) em 4,61 nº dia-1. Quanto às mastigações merícicas, o tempo gasto por bolo (37,5 seg) e o número por bolo (56,14) não diferiram (P>0,05) entre os tratamentos, mas o tempo total de mastigação (TTM) reduziu linearmente (P=0,002) em 0,05 h dia- 1 e o número de mastigações por dia apresentou efeito quadrático (P=0,008), com máximo estimado em 17,5% de TC. A eficiência de ruminação não diferiu entre os tratamentos (101,95 g MS h-1 e 36,76 g FDN h-1) e a eficiência de alimentação (EAL) sofreu redução linear (P=0,045) em 0,42 g FDN h-1, mas foi semelhante para g MS h-1 (172,5). Os consumos diários de MS e FDN apresentaram pontos W estimados em 51,96 e 30,67% de TC, respectivamente. As variáveis NBR, TTM e EAL (g FDN h-1) tiveram os pontos W estimados em 56,64, 56,19 e 56,33% de TC. A torta de castanha-do-pará, em níveis superiores a 56% da MS da dieta, afeta o comportamento ingestivo dos animais, principalmente em variáveis relacionadas à ruminação, sendo que a partir de 30,67% já passa a afetar o consumo de FDN, tendo como principais fatores o teor de extrato etéreo e a fonte de fibra das dietas.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Aline Fernanda Oliveira Ramos, Universidade Federal do Pará

Discente do Curso de Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal, Universidade Federal do Pará, UFPA, Belém, PA, Brasil.

Bianca Damasceno Pinho, Universidade Federal do Pará

M.e em Ciência Animal, Tailândia, PA, Brasil.

José de Brito Lourenço Júnior, Universidade Federal do Pará

Prof. Dr., Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal, UFPA, Castanhal, PA, Brasil.

André Guimarães Maciel e Silva, Universidade Federal do Pará

Prof. Dr., Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal, UFPA, Castanhal, PA, Brasil.

Cristian Faturi, Universidade Federal do Pará

Prof. Dr., Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal, UFPA, Castanhal, PA, Brasil.

Lucieta Guerreiro Martorano, EMBRAPA Amazônia Oriental

Pesquisadora, EMBRAPA Amazônia Oriental, Belém, PA, Brasil.

Maria Cristina Manno, Universidade Federal Rural da Amazônia

Profa Dra, Universidade Federal Rural da Amazônia, UFRA, Belém, PA, Brasil.

Kedson Raul de Souza Lima, Universidade Federal Rural da Amazônia

Prof. Dr., Universidade Federal Rural da Amazônia, UFRA, Belém, PA, Brasil.

Luciano Fernandes Sousa, Universidade Federal do Tocantins

Prof. Dr., Universidade Federal de Tocantins, UFT, Palmas, TO, Brasil.

Downloads

Publicado

2016-08-30

Como Citar

Ramos, A. F. O., Pinho, B. D., Lourenço Júnior, J. de B., Silva, A. G. M. e, Faturi, C., Martorano, L. G., Manno, M. C., Lima, K. R. de S., & Sousa, L. F. (2016). Comportamento ingestivo de ovinos alimentados com torta de castanha-do-pará na dieta. Semina: Ciências Agrárias, 37(4), 2259–2268. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2016v37n4p2259

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 > >>