Ganho de peso de novilhos em pastagens de capim-cameroon e capim-braquiarão

Autores

  • Cláudia de Paula Rezende Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira
  • José Marques Pereira Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira
  • Thasia Martins Macedo Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
  • Augusto Magno Ferreira Borges Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira
  • Gleidson Giordano Pinto de Carvalho Universidade Federal da Bahia
  • Érico de Sa Petit Lobão Universidade Federal da Bahia
  • Isis Miranda Carvalho Nicory Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0359.2015v36n3Supl1p2185

Palavras-chave:

Pennisetum purpureum, Pastejo rotacional, Rendimento animal, Taxa de lotação, Urochloa brizantha.

Resumo

Avaliou-se pastagens formadas com Pennisetum purpureum cv. cameroon e Urochloa brizantha cv. Marandu visando rendimento em ganhos de peso vivo. Os animais utilizados foram machos mestiços meio sangue Tabapuã/Nelore com peso vivo médio de 280 kg (9,3 arrobas). Cada gramínea foi submetida a quatro taxas de lotação, em um sistema de pastejo rotativo com 3 dias de pastejo e 36 dias de descanso, resultando em um ciclo de pastejo de 39 dias. No verão, as taxas de lotação foram 2,64, 3,49, 4,34 e 5,09 UA/ha e no inverno, as taxas foram 1,64, 2,38, 3,26 e 3,89 UA/ha. No verão a taxa de lotação de 4,34 UA/ha foi que possibilitou a melhor combinação entre os ganhos de peso por animal e por área, com ganhos médios diários de 0,560 kg/animal/dia e 2,99 kg/ha/dia em capim-cameroon e de 0,505 kg/animal/dia e 2,79 kg/ha/dia para pastos de capim-braquiarão. Já no inverno, a lotação de 3,26 UA/há foi a que possibilitou maior rendimento animal, com ganhos médios de 0,670 kg/animal/dia e 2,86 kg/ha/dia em capim-cameroon e 0,503 kg/animal/dia e 2,10 kg/ha/dia, em capim-braquiarão. O ganho de peso por animal e por área é influenciada pela taxa de lotação. O capim-cameroon proporciona maiores ganhos de peso do que o capim braquiarão, tanto por animal como por área, em ambos os períodos chuvoso e seco.

Biografia do Autor

Cláudia de Paula Rezende, Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira

Zootecnista e Técnico Agropecuário, Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira, CEPLAC, BA.

José Marques Pereira, Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira

Engo Agrº, Universidade Estadual de Santa Cruz, UESC, Ilhéus, BA.

Thasia Martins Macedo, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Zootecnista, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, UESB, Itapetinga, BA.

Augusto Magno Ferreira Borges, Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira

Zootecnista e Técnico Agropecuário, Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira, CEPLAC, BA.

Gleidson Giordano Pinto de Carvalho, Universidade Federal da Bahia

Zootecnista, Prof. Dr., Deptº de Zootecnia, Universidade Federal da Bahia, UFBA, Salvador, BA.

Érico de Sa Petit Lobão, Universidade Federal da Bahia

Zootecnista, Prof., Bolsista Pronatec do IFBA, Ilhéus, BA.

Isis Miranda Carvalho Nicory, Universidade Federal da Bahia

Veterinária, Discente do Curso de Doutorado do Programa de Pós Graduação em Zootecnia, UFBA, Salvador, BA.

Downloads

Publicado

2015-07-02

Como Citar

Rezende, C. de P., Pereira, J. M., Macedo, T. M., Borges, A. M. F., Carvalho, G. G. P. de, Lobão, Érico de S. P., & Nicory, I. M. C. (2015). Ganho de peso de novilhos em pastagens de capim-cameroon e capim-braquiarão. Semina: Ciências Agrárias, 36(3Supl1), 2185–2194. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2015v36n3Supl1p2185

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>