Proteína degradável no rúmen e frequência de suplementação para novilhos Nelore em pastejo: Desempenho produtivo e análise econômica

Autores

  • Leonardo Vaz de Figueiredo Assad Universidade Federal de Mato Grosso
  • Joanis Tilemahos Zervoudakis Universidade Federal de Mato Grosso
  • Luciano da Silva Cabral Universidade Federal de Mato Grosso
  • Luciana Keiko Hatamoto-Zervoudakis Universidade Federal de Mato Grosso
  • Pedro Veiga Rodrigues Paulino Universidade Federal de Mato Grosso
  • Eduardo Henrique Bevitori Kling de Moraes Universidade Federal de Mato Grosso
  • Renata Pereira da Silva-Marques Universidade Federal de Mato Grosso
  • Jefferson Fabiano Werner Koscheck Universidade Estadual de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0359.2015v36n3Supl1p2105

Palavras-chave:

Brachiaria brizantha, Forragem, Ganho médio diário, Suplemento múltiplo.

Resumo

Avaliaram-se o efeito da proteína degradável no rúmen (PDR) e da frequência de suplementação sobre o ganho de peso médio diário, peso corporal final e viabilidade econômica de bovinos em pastagem de Brachiaria brizantha cv. Marandu durante o período de transição águas-seca. Foram utilizados 25 novilhos Nelore com peso corporal médio inicial de 287,96 ±7,47 kg e idade média inicial de 18 meses, distribuídos em cinco piquetes de 1,6 ha cada. O delineamento foi inteiramente casualizado com cinco suplementos e cinco repetições. Foram avaliados os seguintes suplementos: SAL – mistura mineral fornecida ad libitum (Controle); PDR diário – suplemento formulado para atendimento das exigências em PDR, com fornecimento diário; PDR freqüência – suplemento formulado para atendimento das exigências em PDR fornecido três vezes por semana (segundas, quartas e sextas-feiras); PDR+ - suplemento formulado com acréscimo de 10% nas exigências em PDR fornecido 3X; PDR- - suplemento formulado com 10% a menos da exigência em PDR fornecido 3X. Os animais suplementados apresentaram ganho de peso médio diário (GMD) superior (P=0,0010) ao suplemento controle. Os suplementos PDR diário e PDR frequência não apresentaram diferença significativa (P>0,05) para o GMD. Houve diferença significativa do GMD do suplemento PDR frequência (P=0,0189) em relação ao suplemento PDR –. Na avaliação econômica, observou retorno econômico positivo para os suplementos: PDR frequência, PDR diário, PDR + e PDR-. A estratégia de fornecimento de suplemento PDR frequência proporcionou o melhor retorno econômico. A suplementação em dia alternado para novilhos em pastejo proporciona maior ganho de peso corporal final e maior GMD, os quais são efetivos em promover rentabilidade econômica e desempenho produtivo maiores aos obtidos em sistemas a pasto com fornecimento diário de suplemento.

Biografia do Autor

Leonardo Vaz de Figueiredo Assad, Universidade Federal de Mato Grosso

M.e em Ciência Animal, Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, Cuiabá, MT.

Joanis Tilemahos Zervoudakis, Universidade Federal de Mato Grosso

Prof. Dr., UFMT, Cuiabá, MT.

Luciano da Silva Cabral, Universidade Federal de Mato Grosso

Prof. Dr., UFMT, Cuiabá, MT.

Luciana Keiko Hatamoto-Zervoudakis, Universidade Federal de Mato Grosso

Profa Dra, UFMT, Cuiabá, MT.

Pedro Veiga Rodrigues Paulino, Universidade Federal de Mato Grosso

Prof. Dr., UFMT, Cuiabá, MT.

Eduardo Henrique Bevitori Kling de Moraes, Universidade Federal de Mato Grosso

Prof. Dr., UFMT, Cuiabá, MT.

Renata Pereira da Silva-Marques, Universidade Federal de Mato Grosso

 Discente de Doutorado em Ciência Animal, UFMT, Cuiabá, MT.

Jefferson Fabiano Werner Koscheck, Universidade Estadual de São Paulo

Discente de Doutorado em Zootecnia, Universidade Estadual Paulista, UNESP, Jaboticabal, SP.

Downloads

Publicado

2015-07-02

Como Citar

Assad, L. V. de F., Zervoudakis, J. T., Cabral, L. da S., Hatamoto-Zervoudakis, L. K., Paulino, P. V. R., Moraes, E. H. B. K. de, … Koscheck, J. F. W. (2015). Proteína degradável no rúmen e frequência de suplementação para novilhos Nelore em pastejo: Desempenho produtivo e análise econômica. Semina: Ciências Agrárias, 36(3Supl1), 2105–2118. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2015v36n3Supl1p2105

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 > >>