Desempenho de cordeiros provenientes de ovelhas de diferentes grupos genéticos e que foram submetidas ao flushing alimentar

Autores

  • Edson Luis de Azambuja Ribeiro Universidade Estadual de Londrina
  • Rinaldo Masato Mori Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
  • Ivone Yurika Mizubuti Universidade Estadual de Londrina
  • Leandro das Dores Ferreira da Silva Universidade Estadual de Londrina
  • Odimári Pricila Pires do Prado Universidade Estadual de Londrina
  • Elzânia Sales Pereira Universidade Federal do Ceará
  • Andréa Pereira Pinto Universidade Federal do Ceará
  • Patrícia Guimarães Pimentel Universidade Federal do Ceará
  • Ricardo Fávero Universidade Estadual de Londrina

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0359.2015v36n2p1031

Palavras-chave:

Ganho de peso, Gêmeos, Ovinos, Raças, Suplementação alimentar.

Resumo

Este estudo teve por objetivos avaliar o desempenho produtivo de cordeiros até o desmame, filhos de ovelhas de diferentes grupos genéticos e submetidas a diferentes suplementações alimentares antes e durante a estação de monta. Foram utilizados 126 cordeiros, sendo 11 ½ Corriedale + ½ Texel, 73 Hampshire Down, 26 Ile de France e 16 Suffolk, nascidos em dois anos consecutivos, provenientes de ovelhas submetidas a três tratamentos: T1 - sem suplementação, T2 - suplementação com 600 g de milho triturado por dia, e T3 - suplementação com 600 g de uma mistura de 75% de milho e 25% de farelo de soja; mantidas em pastagem de Coast-cross. Os dados de pesos e ganhos de peso foram analisados individualmente e por prole (soma dos gêmeos). O flushing não influenciou os pesos e ganhos de peso. Cordeiros gêmeos, na análise individual, apresentaram pesos e ganhos de pesos menores do que cordeiros únicos, porém, na análise por prole, na soma dos gêmeos observou-se maiores pesos e ganhos do que em cordeiros únicos. Verificaram-se diferenças nos pesos e ganhos de peso por influência dos grupos genéticos e por sexo, onde os machos foram mais pesados e ganharam mais peso do que as fêmeas. Cordeiros gêmeos apresentaram maior mortalidade que cordeiros únicos. Apesar do flushing prover maior produção de cordeiros, não se verificou um retorno econômico considerável. Conclui-se que o flushing alimentar não influencia o desempenho dos cordeiros, e que cordeiros gêmeos apresentam maior taxa de mortalidade que cordeiros únicos, sendo o flushing alimentar pouco viável economicamente.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Edson Luis de Azambuja Ribeiro, Universidade Estadual de Londrina

Prof. Dr., Deptº de Zootecnia, Universidade Estadual de Londrina, UEL, Londrina, PR.

Rinaldo Masato Mori, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Pesquisador Dr., Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, MAPA, Dionísio Cerqueira, SC.

Ivone Yurika Mizubuti, Universidade Estadual de Londrina

Profª. Drª, Deptº de Zootecnia, Universidade Estadual de Londrina, UEL, Londrina, PR.

Leandro das Dores Ferreira da Silva, Universidade Estadual de Londrina

Prof. Dr., Deptº de Zootecnia, Universidade Estadual de Londrina, UEL, Londrina, PR.

Odimári Pricila Pires do Prado, Universidade Estadual de Londrina

Profª Drª, Deptº de Zootecnia, Universidade Estadual de Londrina, UEL, Londrina, PR.

Elzânia Sales Pereira, Universidade Federal do Ceará

Profª Dra, Deptº de Zootecnia, Universidade Federal do Ceará, UFC, Fortaleza, CE.

Andréa Pereira Pinto, Universidade Federal do Ceará

Profª Dra, Deptº de Zootecnia, Universidade Federal do Ceará, UFC, Fortaleza, CE.

Patrícia Guimarães Pimentel, Universidade Federal do Ceará

Profª Dra, Deptº de Zootecnia, Universidade Federal do Ceará, UFC, Fortaleza, CE.

Ricardo Fávero, Universidade Estadual de Londrina

Discente do Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal, UEL, Londrina, PR.

Downloads

Publicado

2015-04-22

Como Citar

Ribeiro, E. L. de A., Mori, R. M., Mizubuti, I. Y., Silva, L. das D. F. da, Prado, O. P. P. do, Pereira, E. S., Pinto, A. P., Pimentel, P. G., & Fávero, R. (2015). Desempenho de cordeiros provenientes de ovelhas de diferentes grupos genéticos e que foram submetidas ao flushing alimentar. Semina: Ciências Agrárias, 36(2), 1031–1042. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2015v36n2p1031

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 > >>