Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e o combate à violência de gênero: uma revisão sistemática da literatura brasileira

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-4842.2023v26n1p214

Palavras-chave:

Violência doméstica, ODS, Desenvolvimento sustentável.

Resumo

Em 2016, foi lançada pelas Organizações das Nações Unidas, a Agenda 2030 com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, (ODS) assinada por 193 nações, com 17 objetivos e 169 metas globais. Em 2018, o Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (IPEA) coordenou o processo de adaptação das metas às prioridades do Brasil (SILVA, 2018), onde o objetivo 05 visa à Igualdade de gênero: alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas. A presente pesquisa objetiva analisar a correlação entre os conceitos de "violência doméstica" e "desenvolvimento sustentável" na produção acadêmica brasileira, entre os anos de 2016, ano de lançamento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas, a 2021, utilizando-se de uma revisão sistemática da literatura com o método PRISMA (Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Metaanalyses), nas bases SciELO e Periódicos CAPES. Após essa primeira etapa, foram selecionados os artigos com texto completo disponível, resultando em um total de 10 artigos. Seguiu-se a leitura dos artigos completos  e, por fim, foram selecionados 07 artigos que trazem em seu conteúdo sua concepção de desenvolvimento sustentável e que abordem, de alguma forma relacionada, o tema da violência contra a mulher.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Fabiane Kravutschke Bogdanovicz, Universidade Estadual do Centro-Oeste

Mestranda em Desenvolvimento Comunitário (PPGDC) pela UNICENTRO

Silvio Roberto Stefani, Universidade Estadual do Centro-Oeste

Pós-Doutor em Gestão pela FEP - Universidade do Porto. Pós-Doutor em Administração pela Univali. Doutorado em Administração pela Universidade de São Paulo USP - Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade.

Referências

BORGES, Clara Maria Roman; CABRAL, Leonardo. Para além das disputas identitárias: uma análise crítica da Agenda 2030 da ONU e da política criminal contra a violência de gênero no Brasil. Direito, Estado e Sociedade, Rio de Janeiro, n. 60, p. 43-86, jan./jun. 2021. DOI 10.17808/des.0.1366 DOI: https://doi.org/10.17808/des.0.1366

BRASIL. Ministério do Interior. Relatório da delegação do brasil à conferência das nações unidas sobre o meio ambiente. Brasília, DF: Ministério do Interior, 1972. 36 p.

BRASIL. Transformando nosso mundo: a agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável. Geneva: ONU, 2016. 54 p.

CARMO, Jhader Cerqueira do; PIRES, Mônica de Moura; JESUS JÚNIOR, Guilhardes de; CAVALCANTE, Aniram Lins; TREVIZAN, Salvador Dal Pozzo. Voz da natureza e da mulher na resex de Canavieiras-Bahia-Brasil: sustentabilidade ambiental e de gênero na perspectiva do ecofeminismo. Revista Estudos Feministas, Florianópolis, v. 24, n. 1, p. 155-180, 2016. DOI: https://doi.org/10.1590/1805-9584-2016v24n1p155 DOI: https://doi.org/10.1590/1805-9584-2016v24n1p155

CARVALHO, Paulo Gonzaga Mibielli de; BARCELLOS, Frederico Cavadas. Os objetivos de desenvolvimento do milênio - ODM: uma avaliação crítica. Sustentabilidade Em Debate, Brasília, DF, v. 5, n. 3, p. 222–244, 2014. Disponível em: http://periodicos.unb.br/index.php/sust/article/view/15662/13985. Acesso em: 22 ago. 2021. DOI: https://doi.org/10.18472/SustDeb.v5n3.2014.11176

GRUPO DE TRABALHO DA SOCIEDADE CIVIL PARA A AGENDA 2030. V relatório luz da sociedade civil: agenda 2030 de desenvolvimento sustentável Brasil. Brasília, DF: GTSC A2030, 2021. Disponível em: http://brasilnaagenda2030.files.wordpress.com/2021/07/por_rl_2021_completo_vs_03_lowres.pdf. Acesso em: 23 ago. 2021.

MUNIZ, Veyzon Campos. Direito ao desenvolvimento no estado de crise: a efetividade da igualdade de gênero em xeque. Revista Direito e Práxis, Rio de Janeiro, v. 9, n. 1, p. 276-296, 2018. DOI: https://doi.org/10.1590/2179-8966/2017/26827 DOI: https://doi.org/10.1590/2179-8966/2017/26827

PERTILLE, Thais Silveira; ALBUQUERQUE, Letícia. Direitos humanos das deslocadas ambientais e os impactos da usina de Belo Monte: da exploração amazônica à subjugação feminina. Revista de Direito Internacional, Brasília, DF, v. 17, n. 1, p. 273-292, 2020. Disponível em: https://www.publicacoes.uniceub.br/rdi/article/view/5984. Acesso em: 5 jan. 2022. DOI: https://doi.org/10.5102/rdi.v17i1.5984

PIGA, Talita Ravagnã; MANSANO, Sonia Regina Vargas; MOSTAGE, Nicole Cerci. Ascensão e declínio da agenda 21: uma análise política. Perspectivas Contemporâneas, Campo Mourão, v. 13, n. 3, p. 74-92, set./dez. 2018. Disponível em: https://revista2.grupointegrado.br/revista/index.php/perspectivasconte mporaneas/article/view/2795. Acesso em: 22 ago. 2021.

PINTO, Isabella Vitral; BERNAL, Regina Tomie Ivata; SOUZA, Maria de Fátima Marinho de; MALTA, Deborah Carvalho. Fatores associados ao óbito de mulheres com notificação de violência por parceiro íntimo no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 26, n. 3, p. 975-985, 2021. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232021263.00132021 DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232021263.00132021

SACHS, Ignacy. Desenvolvimento: includente, sustentável, sustentado. Rio de Janeiro: Garamond, 2004.

SILVA, Adriana Beserra; OLIVEIRA, Keyla Cristina Nunes de. Mulheres vítimas de violência doméstica atendidas pelo programa mulheres mil do instituto federal de educação, ciência e tecnologia do Maranhão – Campus Codó. Revista Relações Sociais, Viçosa, v. 1, n. 3, p. 416–428, 2018. DOI: https://doi.org/10.18540/revesvl1iss3pp0416-0428 DOI: https://doi.org/10.18540/revesvl1iss3pp0416-0428

SILVA, Enid Rocha Andrade da (coord.). ODS: metas nacionais dos objetivos de desenvolvimento sustentável. Brasília: IPEA, 2018. Disponível em: https://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/8636. Acesso em: 5 jan. 2022.

SOUZA, Francisca Tamiris Pereira de; SILVA, Caik Ferreira; MOREIRA, Felice Teles Lira dos Santos; CALLOU, Regiane Clarice Macedo; BELÉM, Jameson Moreira; ALBUQUERQUE, Grayce Alencar. Interface between women’s health and violence in the training of nurses in Brazil. Investigación y Educación En Enfermería, Medellín, v. 39, n. 1, 2021. DOI: https://doi.org/10.17533/udea.iee.v39n1e06 DOI: https://doi.org/10.17533/udea.iee.v39n1e06

STEFANI, Silvio Roberto; DELGADO, Catarina. Sustentabilidade organizacional e suas métricas: revisão sistemática utilizando o método PRISMA. Revista Gestão em Análise, Fortaleza, v. 10, n. 3, p. 204-219, 2021. DOI: http://dx.doi.org/10.12662/2359-618x regea.v10i3.p.204-219 DOI: https://doi.org/10.12662/2359-618xregea.v10i3.p204-219.2021

VIANA, Cleia. Relatório aponta que o Brasil não avançou em nenhuma das 169 metas de desenvolvimento sustentável da ONU. Agência Câmara de Notícias, Brasília, DF, 12 jul. 2021. Disponível em: www.camara.leg.br/noticias/784354-relatorio-aponta-que-o-brasil-nao-avancou-em-nenhuma-das-169-metas-de-desenvolvimento-sustentavel-da-onu. Acesso em: 23 ago. 2021.

Downloads

Publicado

31-07-2023

Como Citar

BOGDANOVICZ, F. K.; STEFANI, S. R. Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e o combate à violência de gênero: uma revisão sistemática da literatura brasileira. Serviço Social em Revista, [S. l.], v. 26, n. 1, p. 214–234, 2023. DOI: 10.5433/1679-4842.2023v26n1p214. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/ssrevista/article/view/45772. Acesso em: 29 maio. 2024.