Aproximações sobre o conceito de território e sua relação com a universalidade das políticas sociais

Autores

  • Dirce Koga Universidade Cruzeiro do Sul (São Paulo – SP)

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-4842.2013v16n1p30

Palavras-chave:

território, políticas sociais, cidadãos, escala, vivência

Resumo

O texto dialoga sobre a perspectiva territorial nas políticas sociais brasileiras, tendo como cenário a lógica capitalista excludente em que se dá a luta cotidiana dos moradores pelo acesso à cidade e à cidadania. Na busca por algumas chaves de compreensão sobre as dinâmicas presentes nos territórios de vivência daqueles que se constituem os cidadãos de direito é que se propõe uma aproximação com o conceito de território e sua relação com a universalidade das políticas sociais e, ao mesmo tempo, com as rugosidades e densidades socioterritoriais.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Dirce Koga, Universidade Cruzeiro do Sul (São Paulo – SP)

[1] Assistente Social, doutora em Serviço Social, professora titular do Programa de Mestrado em Políticas Sociais da Universidade Cruzeiro do Sul (São Paulo – SP). O presente texto é fruto das reflexões, sob o mesmo título do artigo, e debatidas no I Seminário Nacional – Gestão de Políticas Sociais e Território – no âmbito do Projeto Procad – Universidade Estadual de Londrina – PR – no dia 02/04/2013. dirce.koga@uol.com.br

Downloads

Publicado

26-12-2013

Como Citar

KOGA, D. Aproximações sobre o conceito de território e sua relação com a universalidade das políticas sociais. Serviço Social em Revista, [S. l.], v. 16, n. 1, p. 30–42, 2013. DOI: 10.5433/1679-4842.2013v16n1p30. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/ssrevista/article/view/17972. Acesso em: 17 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos