As metamorfoses sociais no Norte Pioneiro do Paraná: um estudo sobre os sentidos e significados dos (ex)trabalhadores do corte de cana

Autores

  • Luciano Ferreira Rodrigues Filho Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
  • Ilton Garcia da Costa Universidade Estadual do Norte do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0383.2017v38n1p35

Palavras-chave:

Psicologia social, Dimensão subjetiva da realidade, Cortador de cana, Trabalho, Atividade.

Resumo

Esta pesquisa tem por objetivo analisar as dimensões subjetivas e os sentidos do trabalho para os trabalhadores do corte de cana frente o fim de sua atividade no Norte Pioneiro do Paraná. Pautando-se na Psicologia Sócio-Histórica, essa pesquisa visa compreender a dimensão subjetiva do trabalhador do corte de cana e, assim, compreender o sujeito dentro de um contexto sócio-histórico que se modifica. Com isto, foi possível identificar o fim da atividade do corte de cana ocorrido pela mecanização dos canaviais, mas também, pelo atual contexto socioeconômico do país que favorece a migração dos trabalhadores para outras atividades, no entanto, a migração de atividade não significa o fim do trabalho precário que o trabalhador canavieiro enfrenta. O trabalhador rural e sua condição de vida legitimada pela ideologia capitalista, não encontram melhorias quanto ao trabalho, tendo eles que se submeterem a outras atividades que oferecem riscos de vida e malefícios a sua saúde, com isto, o fim de uma atividade penosa, não garante melhorias à vida do trabalhador, da mesma forma que melhorias na condição do trabalho também não são garantias de maior dignidade no trabalho, estas, muitas vezes, são mecanismo de camuflar e manipular a expropriação do trabalhador.

Biografia do Autor

Luciano Ferreira Rodrigues Filho, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Mestre em Psicologia Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo-PUC/SP, membro do Núcleo de Estudos e Pesquisa Trabalho e Ação Social – NUTAS. Pesquisador do Grupo de Pesquisa em Constituição, Educação, Relações de Trabalho e Organizações Sociais – GPCERTOS, do curso de Direito da Universidade Estadual do Norte do Paraná – UENP. Docente da Faculdade de Educação, Administração e Tecnologia de Ibaiti – FEATI.

Ilton Garcia da Costa, Universidade Estadual do Norte do Paraná

Doutor em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo-PUC/SP. Pós-Doutorado em Direito pela Universidade de Coimbra – Portugal. Docente da Universidade Estadual do Norte do Paraná – UENP.

Downloads

Publicado

21.09.2017

Como Citar

RODRIGUES FILHO, Luciano Ferreira; COSTA, Ilton Garcia da. As metamorfoses sociais no Norte Pioneiro do Paraná: um estudo sobre os sentidos e significados dos (ex)trabalhadores do corte de cana. Semina: Ciências Sociais e Humanas, [S. l.], v. 38, n. 1, p. 35–50, 2017. DOI: 10.5433/1679-0383.2017v38n1p35. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/seminasoc/article/view/27392. Acesso em: 18 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos Seção Livre