Aplicação da farmacovigilância na farmácia hospitalar

Autores

  • Dora Sílvia Corrêa de Moraes Universidade Estadual de Londrina
  • Sirlei Luiza Zanluchi Hospital Universitário Regional do Norte do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0367.1999v20n2p03

Palavras-chave:

Farmacovigilância, Reações adversas, Farmácia hospitalar.

Resumo

A Farmacovigilância tem como objetivo estabelecer características farmacológicas dos medicamentos antes da comercialização. Estes são submetidos a uma série de estados laboratoriais, porém existem efeitos adversos infreqüentes, desconhecidos, ou inesperados que não podem ser avaliados totalmente até que o medicamento utilizado de modo sistemático na pratica clinica. As metas prioritárias devem ser: Detecção precoce dos efeitos adversos; descrever novas reações adversas a medicamentos (RAM) e avaliar seu significado clínico: estabelecera freqüência das RAM: determinar fatores que predispõe ao surgimento da RAM: desenvolver programas de formação e informação sobre RAM; adotar medidas destinadas ao tratamento e a possível prevenção de RAM.. Existem vários métodos para se realizar a farmacoviqilância. O papel do Farmacêutico compreende não só a responsabilidade sobre os medicamentos, mas tampem que estes sejam dispensados através de um sistema racional de distribuição, tendo como meta a dispensação por dose unitária, assegurando o medicamento, na dose e hora certa ao paciente. Cabe ainda favorecer o processo de implantação da Farmacovigilância através da manutenção do uma Central de Informação de Medicamentos visto que esta é requisitada com freqüência para esclarecimentos sobre RAM. Existem países como, por exemplo, a Espanha, onde os profissionais de saúde são obrigados a notificar as RAM de que tenham conhecimento. Economicamente a Farmacovigilância é uma atividade cara, já que deve-se contar com profissionais qualificados e dispor de dados e apoio administrativo A contribuição dos serviços de farmácia é importante para influenciar notificação de RAM observada pelos médicos.


Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Dora Sílvia Corrêa de Moraes, Universidade Estadual de Londrina

Docente do Departamento de Patologia Aplicada. Legislação e Deontologia, do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Estadual de Londrina.

Sirlei Luiza Zanluchi, Hospital Universitário Regional do Norte do Paraná

Farmacêutica da Divisão de Farmácia do Hospital Universitário Regional do Norte do Paraná.

Downloads

Publicado

2004-12-15

Como Citar

1.
Moraes DSC de, Zanluchi SL. Aplicação da farmacovigilância na farmácia hospitalar. Semin. Cienc. Biol. Saude [Internet]. 15º de dezembro de 2004 [citado 12º de junho de 2024];20(2):03-9. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/seminabio/article/view/7111

Edição

Seção

Artigos