Produtividade do morangueiro em função da adubação orgânica e com pó de basalto no plantio

Autores

  • Cristhiano Kopanski Camargo Universidade Estadual do Centro-Oeste
  • Juliano Tadeu Vilela de Resende Universidade Estadual do Centro-Oeste
  • Letícia Kurchaidt Pinheiro Camargo Universidade Estadual do Centro-Oeste
  • Alex Sandro Torre Figueiredo Universidade Estadual do Centro-Oeste
  • Daniel Suek Zanin Universidade Estadual do Centro-Oeste

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0359.2012v33n6Supl1p2985

Palavras-chave:

Fragaria x ananassa, Produção orgânica, Esterco bovino, Pó de rocha.

Resumo

A agricultura orgânica vem crescendo muito nos últimos anos, principalmente por ser um sistema de produção que é social, econômica e ecologicamente correto. A nutrição mineral nos sistemas alternativos de produção é um fator determinante para o sucesso das culturas. O presente trabalho teve como objetivo avaliar características agronômicas desejáveis de frutos de morangueiro submetidos a diferentes doses de esterco bovino e pó de basalto. O experimento foi conduzido no Setor de Olericultura da UNICENTRO em Guarapuava, PR. Os frutos foram colhidos de outubro de 2008 a janeiro de 2009. Foram utilizados os seguintes tratamentos: 0, 50 e 100 t ha-1 de esterco bovino e 0, 2, 4 e 6 t ha-1 de pó de basalto. As variáveis avaliadas foram a produtividade, a produção comercial e a massa média de frutos. A massa média de frutos não foi influenciada pelas doses e fontes de adubos. Os resultados obtidos permitem afirmar que tanto a produtividade quanto a produção comercial de frutos tiveram melhor desempenho na associação das maiores doses de esterco bovino com doses intermediárias de pó de basalto.

Biografia do Autor

Cristhiano Kopanski Camargo, Universidade Estadual do Centro-Oeste

Mestre em Agronomia/Produção Vegetal, Universidade Estadual do Centro-Oeste, UNICENTRO, Deptº de Agronomia. Guarapuava, PR.

Juliano Tadeu Vilela de Resende, Universidade Estadual do Centro-Oeste

Prof. Adjunto Deptº de Agronomia, UNICENTRO, Guarapuava, PR.

Letícia Kurchaidt Pinheiro Camargo, Universidade Estadual do Centro-Oeste

Doutoranda em Agronomia/Produção Vegetal, Universidade Federal do Paraná, UFPR, Juvevê, PR.

Alex Sandro Torre Figueiredo, Universidade Estadual do Centro-Oeste

Mestrando em Agronomia/Produção Vegetal, Deptº de Agronomia, UNICENTRO, Guarapuava, PR.

Daniel Suek Zanin, Universidade Estadual do Centro-Oeste

Discente em Agronomia/Produção Vegetal, Deptº de Agronomia, UNICENTRO, Guarapuava, PR.

Downloads

Publicado

2012-12-20

Como Citar

Camargo, C. K., Resende, J. T. V. de, Camargo, L. K. P., Figueiredo, A. S. T., & Zanin, D. S. (2012). Produtividade do morangueiro em função da adubação orgânica e com pó de basalto no plantio. Semina: Ciências Agrárias, 33(6Supl1), 2985–2994. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2012v33n6Supl1p2985

Edição

Seção

Comunicações

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)