Avaliação da erosão hidrica pela alteração na superfície do solo em diferentes coberturas vegetais de uma sub-bacia hidrográfica no Município de Alegre, ES

Autores

  • Huezer Viganô Sperandio Universidade Federal do Espírito Santo
  • Roberto Avelino Cecílio Universidade Federal do Espírito Santo
  • Wesley Augusto Campanharo Universidade Federal do Espírito Santo
  • Cássio Fanchiotti Del Caro Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Espírito Santo
  • Maycon Patríco de Hollanda Universidade Federal do Espírito Santo

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0359.2012v33n4p1411

Palavras-chave:

Método dos pinos, Perdas de solo, Pastagem, Regeneração florestal.

Resumo

 

A erosão é o processo de desprendimento, arraste e deposição de partículas de solo, que ocasiona a perda da capacidade produtiva dos solos, o assoreamento, além da eutrofização e a perda da qualidade das águas superficiais. Manter este processo de degradação em níveis toleráveis é uma das grandes preocupações ambientais Com este trabalho objetivou-se avaliar as perdas de solo numa pastagem e numa regeneração florestal, através de um método simples temporal e economicamente – Método dos Pinos. O estudo foi composto por duas parcelas experimentais instaladas na sub-bacia do Rio Jacaré, Alegre – ES, com 108 m² cada, sob diferentes coberturas vegetais, pastagem e regeneração florestal natural. Pela metodologia da alteração da superfície dos solos, cravou-se 40 estacas no solo, onde se procedia à leitura mensal. Foi verificada uma perda média de 6,08 Mg.ha-1 mês-1 e 3,34 Mg.ha-1 mês-1 de solo, na pastagem e regeneração, respectivamente. A média da leitura das estacas na pastagem foi 51,85% maior que na regeneração.

Biografia do Autor

Huezer Viganô Sperandio, Universidade Federal do Espírito Santo

Engº Florestal. Mestrando do Programa de Pós Graduação em Ciências Florestais da Universidade Federal do Espírito Santo.

Roberto Avelino Cecílio, Universidade Federal do Espírito Santo

Prof. Adjunto do Deptº de Engenharia Florestal Universidade Federal do Espírito Santo.

Wesley Augusto Campanharo, Universidade Federal do Espírito Santo

Engº Florestal. Mestrando do Programa de Pós Graduação em Ciências Florestais da Universidade Federal do Espírito Santo.

Cássio Fanchiotti Del Caro, Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Espírito Santo

Engº Florestal. Analista em Desenvolvimento Agropecuário do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Espírito Santo.

Maycon Patríco de Hollanda, Universidade Federal do Espírito Santo

Engº Agrº, Mestrando do Programa de Pós Graduação em Produção Vegetal da Universidade Federal do Espírito Santo.

Downloads

Publicado

2012-08-28

Como Citar

Sperandio, H. V., Cecílio, R. A., Campanharo, W. A., Del Caro, C. F., & Hollanda, M. P. de. (2012). Avaliação da erosão hidrica pela alteração na superfície do solo em diferentes coberturas vegetais de uma sub-bacia hidrográfica no Município de Alegre, ES. Semina: Ciências Agrárias, 33(4), 1411–1418. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2012v33n4p1411

Edição

Seção

Comunicações

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)