Dinâmicas espaciais: um novo corredor da produção leiteira no Paraná

Autores

  • Ferenc Istvan Bankuti Universidade Estadual de Maringá
  • Marcellus Marques Caldas Kansas State University
  • Sandra Mara Schiavi Bankuti Universidade Estadual de Maringá
  • Gabriel Granco Kansas State University

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0359.2017v38n4p2107

Palavras-chave:

Distribuição geográfica, Fronteiras de produção, Produção de leite.

Resumo

O Brasil é o quarto maior produtor de leite no mundo e o Paraná, é o terceiro maior produtor brasileiro de leite. A produção de leite no Paraná desempenha importante função econômica e social. A partir da década de 90, alterações institucionais e de mercado, condicionaram mudanças significativas na produção de leite neste Estado. O objetivo foi analisar a dinâmica espacial da atividade leiteira paranaense. Buscou-se a identificação de regiões de maior concentração e retração da atividade e a indicação de consequências estruturais, econômicas e sociais nas novas regiões de produção. Foram coletadas variáveis produtivas e econômicas de 399 municípios paranaenses nos anos de 1990, 2000 e 2014. A partir destas, e das técnicas de Análise Fatorial Comum e clusters hierárquicos, os municípios foram classificados como de baixa, média e alta importância na atividade leiteira. Os grupos foram plotados no mapa do Paraná. A partir da década de 90, houve deslocamento da atividade leiteira de regiões ao norte do estado, em direção ao sul. A atividade leiteira passou a ocupar áreas consideradas como “vazios da agropecuária” e caracterizadas pela fragilidade socioeconômica e passaram a definir um novo “corredor da produção leiteira” no Paraná. Como resultado, benefícios sociais e econômicas poderão ser gerados. Mudanças estruturais importantes poderão ocorrer em toda cadeia produtiva do leite paranaense, com impactos diretos na competitividade deste setor.

Biografia do Autor

Ferenc Istvan Bankuti, Universidade Estadual de Maringá

Prof. Associado, Departamento de Zootecnia, Universidade Estadual de Maringá, UEM, Maringá, PR, Brasil.

Marcellus Marques Caldas, Kansas State University

Prof., Departamento de Geografia, Kansas State University, Manhattan, Kansas, USA.

Sandra Mara Schiavi Bankuti, Universidade Estadual de Maringá

Profª Adjunta, Departamento de Administração, UEM, Maringá, PR, Brasil.

Gabriel Granco, Kansas State University

PhD Student, Departamento de Geografia, Kansas State University, Manhattan, Kansas, USA.

Downloads

Publicado

2017-08-04

Como Citar

Bankuti, F. I., Caldas, M. M., Bankuti, S. M. S., & Granco, G. (2017). Dinâmicas espaciais: um novo corredor da produção leiteira no Paraná. Semina: Ciências Agrárias, 38(4), 2107–2118. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2017v38n4p2107

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)