Reposição volêmica com hidroxietilamido ou solução de ringer lactato em cães com gastroenterite hemorrágica por parvovírus

Autores

  • Eduardo Ghiggi Médico veterinário autônomo
  • Vanessa Sasso Padilha Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Aury Nunes de Moraes Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Marcos Paulo Antunes Lima Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Martielo Ivan Gehrcke Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Rafael Messias Luiz Universidade Federal do Paraná
  • Nilson Oleskovicz Universidade do Estado de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0359.2013v34n4p1783

Palavras-chave:

Parvovírus, Eletrólitos, Hidroxietilamido 130/0, 4, Cães.

Resumo

A parvovirose é uma doença infecciosa viral, altamente contagiosa, que acomete cães causando enterite aguda. A desidratação é um problema secundário e de evolução aguda, sendo este o foco principal do tratamento. O objetivo deste estudo foi avaliar dois tratamentos de reposição volêmica em cães com diagnóstico confirmado de parvovirose por detecção do antígeno nas fezes por meio de ELISA. Foram utilizados 15 cães, mestiços, machos e fêmeas, com idade de 3 a 6 meses, destes, quatro vieram a óbito durante o tratamento e 11 foram incluídos no estudo. Os pacientes foram alocados aleatoriamente em dois grupos: Grupo Hidroxietilamido 130/0,4 (HES, n=6) e Grupo Ringer Lactato (RL, n=5), os quais receberam fluidoterapia com hidroxietilamido 130/0,4 e solução de Ringer Lactato, respectivamente, com base nos cálculos de déficit hídrico. Todos os animais receberam por via intravenosa: cefalotina, metronidazol, ranitidina e metoclopramida. Durante o internamento, a cada 12 horas foram avaliados os gases sanguíneos arteriais, eletrólitos e realizou-se exame clínico completo (frequência cardíaca, frequência respiratória, temperatura retal, tempo de preenchimento capilar, vômito, apetite, desidratação, ganho de peso, hematoquezia, melena, hematêmese e dor abdominal) e a cada 24 horas hemograma. Em comparação ao basal, no grupo RL houve aumento nos valores de PaO2 e diminuição nos níveis de hemoglobina, hematócrito, fósforo e magnésio; e no grupo HES, ocorreu diminuição na porcentagem de desidratação, hemoglobina, fósforo e potássio. Não foram observadas diferenças significativas nos demais parâmetros entre os grupos. Ambos os tratamentos foram efetivos na reposição volêmica dos pacientes, não diferindo em nenhuma variável analisada.

Biografia do Autor

Eduardo Ghiggi, Médico veterinário autônomo

Médico Veterinário Autônomo, Lages, SC.

Vanessa Sasso Padilha, Universidade do Estado de Santa Catarina

Discente de Doutorado, Centro de Ciências Agroveterinárias/Universidade do Estado de Santa Catarina, UFCG, Lages, SC.

Aury Nunes de Moraes, Universidade do Estado de Santa Catarina

Prof. do Centro de Ciências Agroveterinárias, UFCG, Lages, SC.

Marcos Paulo Antunes Lima, Universidade do Estado de Santa Catarina

Discente de Mestrado, Centro de Ciências Agroveterinárias, UFCG, Lages, SC.

Martielo Ivan Gehrcke, Universidade do Estado de Santa Catarina

Discente de Doutorado, Centro de Ciências Agroveterinárias/Universidade do Estado de Santa Catarina, UFCG, Lages, SC.

Rafael Messias Luiz, Universidade Federal do Paraná

Médico Veterinário Anestesista, Universidade Federal do Paraná, UFPR, Campus Palotina, PR.

Nilson Oleskovicz, Universidade do Estado de Santa Catarina

Orientador, Prof. de Anestesiologia Veterinária, Centro de Ciências Agroveterinárias, UFCG, Lages, SC.

Downloads

Publicado

2013-08-30

Como Citar

Ghiggi, E., Padilha, V. S., Moraes, A. N. de, Lima, M. P. A., Gehrcke, M. I., Luiz, R. M., & Oleskovicz, N. (2013). Reposição volêmica com hidroxietilamido ou solução de ringer lactato em cães com gastroenterite hemorrágica por parvovírus. Semina: Ciências Agrárias, 34(4), 1783–1792. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2013v34n4p1783

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)