O impacto da modernização agrícola no mercado de trabalho formal brasileiro

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5433/2317-627X.2024.v12.n1.49060

Palavras-chave:

Trabalho Rural, Mecanização, Rendimentos no campo, Trabalho na agricultura

Resumo

O objetivo deste trabalho é analisar o impacto da modernização agrícola no mercado de trabalho formal. Os dados utilizados foram coletados do censo agropecuário de 2017 e da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS). O método empregado foi o dos mínimos quadrados ordinários (MQO) e o modelo de variáveis instrumentais (VI). Os resultados revelam que o aumento do número de máquinas e equipamentos e o acesso à internet estão positivamente associados ao número de empregos formais e ao rendimento na agricultura, assim como identificam uma associação positiva entre escolaridade e o rendimento médio dos trabalhadores formais. O estudo do trabalho formal agrícola é tema pouco tratado na literatura e cada vez mais importante na dinâmica da moderna agricultura. As informações aqui disponibilizadas contribuem para repensar políticas públicas que estimulem o aumento da renda e do emprego no setor agropecuário.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Luan Vinicius Bernardelli, Universidade Federal de Goiás

Professor da Universidade Federal de Goiás. Professor do Programa de Pós-Graduação em Administração Pública (PROFIAP) - UFG. Doutor Economia pela Universidade Estadual de Maringá. Foi Visiting Scholar na Southern Cross University . Mestre em Teoria Econômica pela Universidade Estadual de Maringá. Graduado em Ciências Econômicas pela Universidade Estadual do Norte do Paraná. 

Gustavo Henrique Leite de Castro, Universidade de São Paulo

Doutorando em Economia pela Faculdade de Administração, Economia e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP). Mestre em Economia Regional pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), Bacharel em Ciências Econômicas pelas Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP). Professor da Pós Graduação (lato sensu) em Economia Empresarial da Universidade Estadual de Londrina (UEL). 

Jose Rodrigo Gobi, UniCesumar

Doutor e mestre em Teoria Econômica pelo Programa de Pós-Graduação em Economia na Universidade Estadual de Maringá. Formado em Ciências Econômicas pela Universidade Estadual de Maringá. Atuou como professor na disciplina de Estratégias de Inovação, Disrupção e Recapacitação (Reskilling) e na disciplina de Empreendedorismo para cursos de Pós-Graduação EAD .

Ednaldo Michellon, Universidade Estadual de Maringá

Engenheiro Agrônomo pela Universidade Federal de Mato Grosso (1984), Mestre em Economia pela Universidade Estadual de Maringá (UEM, 1997) e Doutor em Ciências Econômicas pela  Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e pela Universidade da Califórnia (UCR, 2002). Professor Associado da UEM.

José Eustáquio Ribeiro Vieira Filho, Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada

Pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e Doutor em Teoria Econômica pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), tendo realizado pesquisa de doutoramento na Universidade de Bordeaux, no Groupe de Recherche en Économie Théorique et Appliquée (GREThA). Bacharel em Economia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e em Matemática pela Universidade de Brasília (UnB).   Em 2013, foi agraciado com o Prêmio Ruy Miller Paiva da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural (SOBER).

Referências

ALVES, Christiane Luci Bezerra; PAULO, Evanio Mascarenhas. Mercado de trabalho rural cearense: evolução recente a partir dos dados da PNAD. Revista da ABET, João Pessoa, v. 11, n. 2, p. 47-61, jul./dez., 2012.

ALVES, Eliseu; LOPES, Mauro; CONTINI, Elísio. O empobrecimento da agricultura brasileira. Revista de Política Agrícola, Brasília, DF, ano 8, n. 3, p. 5-19, 1999.

ALVES, Eliseu; ROCHA, Daniela de Paula. Ganhar tempo é possível?. In.: GASQUES, José Garcia; VIEIRA FILHO, José Eustáquio Ribeiro; NAVARRO, Zander (org.). A agricultura brasileira: desempenho, desafios e perspectivas. Brasilia, DF: IPEA, 2010. p. 275-289.

BALSADI, Otavio Valentim. O mercado de trabalho assalariado na agricultura brasileira e suas diferenciações regionais no período 1992-2004. São Paulo: Editora Hucitec, 2008.

BALSADI, Otavio Valentim; DEL GROSSI, Mauro Eduardo. Labor and Employment in Brazilian Northeastern Agriculture: a look at the 2004-2014 period. Revista de Economia e Sociologia Rural, Brasília, DF, v. 56, n. 1, p. 19-34, 2018. DOI: https://doi.org/10.1590/1234-56781806-94790560102

BARROS, José Roberto Mendonça de; BARROS, Alexandre Lahóz Mendonça de. A geração de conhecimento e o sucesso do agronegócio brasileiro. Revista de Política Agrícola, Brasília, DF, v. 14, n. 4, p. 5-14, 2005.

BARROS, Pedro Henrique Batista de; CASTRO, Gustavo Henrique Leite de; MENEZES-FILHO, Naercio. The human capital effect on productivity and agricultural frontier expansion in Brazil. São Paulo: Nereus, 2022. Disponível em: http://www.usp.br/nereus/wp-content/uploads/TD-NEREUS-06-2022.pdf. Acesso em: 1 out. 2023.

BERNARDELLI, Luan Vinicius; MICHELLON, Ednaldo. Trabalho formal na cadeia de produção de carne bovina. Revista de Política Agrícola, Brasília, DF, v. 28, n. 1, p. 18-29, 2019. Disponível em: https://seer.sede.embrapa.br/index.php/RPA/article/view/1340/pdf. Acesso em: 30 set. 2023.

BERNARDELLI, Luan Vinicius; PASCHOALINO, Pietro André Telatin; GOBI, José Rodrigo; MICHELLON, Ednaldo. A Formalização do Trabalho na Agricultura: uma análise das microrregiões do Estado do Paraná. Revista Paranaense de Desenvolvimento, Curitiba, v. 39, n. 135, p. 47-67, 2018.

BRASIL. Ministério do Trabalho. Programa de Diseminação das Estatísticas do Trabalho. Microdados RAIS e CAGED. Brasília, DF: Ministério do Trabalho, 2020. Disponível em: http://pdet.mte.gov.br/microdados-rais-e-caged. Acesso em: 2 out. 2023.

BRUM, Argemiro Jacob. Modernização da agricultura: trigo e soja. Petrópolis: Vozes, 1988.

BUAINAIN, Aantonio Márcio; DEDECCA, Claudio Salvadori. Mudanças e reiteração da heterogeneidade do mercado de trabalho agrícola. In: GASQUES, José Garcia; VIEIRA FILHO, José Eustáquio Ribeiro; NAVARRO, Zander (org.). A agricultura brasileira: desempenho, desafios e perspectivas. Brasilia: IPEA, 2010.

CASTRO, Ana Célia; FONSECA, Maria da Graça D. O potencial do agribusiness na fronteira. Revista de Economia Política, São Paulo, v. 14, n. 1, p. 68-91, Jan./mar.1994. DOI: https://doi.org/10.1590/0101-31571994-0707

CASTRO, César Nunes. Sobre a agricultura irrigada no semiárido: uma análise, histórica e atual, de diferentes opções de política. In.: MATA, Daniel da; FREITAS, Rogério Edivaldo; RESENDE, Guilherme Mendes (org.). Avaliação de Políticas Públicas no Brasil: uma análise do semiárido. Brasília, DF: IPEA, 2019.

CONAB - COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO. Boletim da Safra de Grãos. Brasília, DF: CONAB, 2023. Disponível em: https://www.conab.gov.br/info-agro/safras/graos/boletim-da-safra-de-graos. Acesso em: 30 set. 2023.

CORRÊA, Angela Maria Cassavia Jorge; FIGUEIREDO, Nelly Maria Sansígolo de. Modernização da agricultura brasileira no início dos anos 2000: uma aplicação da análise fatorial. Informe GEPEC, Toledo, v. 10, n. 2, p. 85-106, jul./dez. 2006.

CUNHA, Marina Silva da. Evolução do emprego e dos salários no setor agrícola brasileiro: trabalho temporário e permanente. Revista de Economia Agrícola, São Paulo, v. 56, n. 1, p. 89-101, jan./jun. 2009.

FERREIRA, Brancolina; BALSADI, Otavio Valentim; FREITAS, Rogério Edivaldo; ALMEIDA, Alexandre Nunes de. Ocupações agrícolas e não agrícolas: trajetória e rendimentos no meio rural brasileiro. In.: DE NEGRI, João Alberto; DE NEGRI, Fernanda; COELHO, Danilo (org.). Tecnologia, Exportação e Emprego. Brasília, DF: IPEA, 2006.

FERREIRA, Daíse de Jesus; DIAS, Ramon dos Santos; SANTOS, Sande Oliveira; SANTOS, Rosângela Leal. Uma análise sobre a mão de obra e modernização agrícola da Região do Oeste Baiano entre os anos de 1970 a 2006. In: ENCONTRO NACIONAL DE GEOGRAFIA AGRÁRIA, 21., 2012, Uberlândia. Anais [...]. Uberlândia: UFU, 2012. p. 1-12.

FGV - CENTRO DE ESTUDOS DO AGRONEGÓCIO. Mercado de trabalho do agro está menor, porém mais formal e pagando uma maior remuneração média mensal. São Paulo: FGV, 2023. Disponível em: https://agro.fgv.br/publicacao/mercado-de-trabalho-do-agro-esta-menor-porem-mais-formal-e-pagando-uma-maior-remuneracao. Acesso em: 19 nov. 2023.

FREITAS, Rogério Edivaldo; MACIENTE, Aguinaldo N. Requerimentos típicos de mão de obra agrícola. Brasília, DF: IPEA, 2016.

GANDOLFI, Maria Raquel Caixeta; JESUS, Clesio Marcelino; GANDOLFI, Peterson Elizandro. Qualidade do Emprego nas Culturas de Café, Cana-de-açúcar e Milho: estudo comparativo 2000/2010 entre mesorregiões de Minas Gerais. Revista de Economia e Sociologia Rural, Brasília, DF, v. 57, n. 1, p. 63-80, 2019. DOI: https://doi.org/10.1590/1234-56781806-94790570104

GARCIA, Junior Ruiz. Trabalho rural: tendências em face das transformações em curso. In: BUAINAIN, Antonio Márcio; ALVES, Eliseu; SILVEIRA, José Maria da; NAVARRO, Zander (ed.). O mundo rural no Brasil do século 21: a formação de um novo padrão agrário e agrícola. Brasília, DF: Embrapa, 2014. p. 560-589.

GASQUES, José Garcia; BACCHI, Mirian Rumenos Piedade; BASTOS, Eliana Teles. Crescimento e produtividade da agricultura brasileira de 1975 a 2016. Carta de Conjuntura, [Brasília, DF], n. 38, p. 1-9, 2018.

GASQUES, José Garcia; BASTOS, Eliana Teles; BACCHI, Mirian R. Crescimento da agricultura e produtividade da mão-de-obra no Brasil. In.: MIRANDA, Carlos; TIBÚRCIO, GONÇALVES NETO, Wenceslau. Estado e Agricultura no Brasil. São Paulo: Hucitec, 1997.

GREENE, William H. Econometric Analysis. 7th ed. New York: Pearson, 2012.

GUANZIROLI, Carlos Enrique; BUAINAIN, Antônio Márcio; SABBATO, Alberto Di. Dez anos de evolução da agricultura familiar no Brasil: (1996 e 2006). Revista de Economia e Sociologia Rural, Brasília, DF, v. 50, n. 2, p. 351-370, 2012. DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-20032012000200009

GUJARATI, Damodar N.; PORTER, Dawn C. Econometria Básica. 5. ed. São Paulo: Amgh, 2011.

HALVORSEN, Robert; PALMQUIST, Raymond. The interpretation of dummy variables in semilogarithmic equations. American Economic Review, Nashville, v. 70, n. 3, p. 474-475, 1980.

HOFFMANN, Rodolfo. Distribuição da renda agrícola e sua contribuição para a desigualdade de renda no Brasil. Revista de Política Agrícola, Brasília, DF, v. 20, n. 2, p. 5-22, 2011.

HOFFMANN, Rodolfo; KAGEYAMA, Angela A. Modernização da agricultura e distribuição de renda no Brasil. Pesquisa e Planejamento Econômico, Rio de Janeiro, v. 15, n. 1, p. 171-208, abr. 1985.

HOFFMANN, Rodolfo; SIMÃO, Rosycler Cristina Santos. Determinantes do rendimento das pessoas ocupadas em Minas Gerais em 2000: o limiar no efeito da escolaridade e as diferenças entre mesorregiões. Nova Economia, Belo Horizonte, v. 15, n. 2, p. 35-62, maio/ago. 2005.

HOUSSOU, Nazaire; DIAO, Xinshen; COSSAR, Frances; KOLAVALLI, Shashidhara; JIMAH, Kipo; ABOAGYE, Patrick. O. Agricultural mechanization in Ghana: is specialized agricultural mechanization service provision a viable business model? American Journal of Agricultural Economics, Cary, v. 95, n. 5, p. 1237-1244, 2013. DOI: https://doi.org/10.1093/ajae/aat026

IBGE. Censo agropecuário 2017. Rio de Janeiro: IBGE, 2017. Disponível em: https://censoagro2017.ibge.gov.br/. Acesso em: 14 dez. 2023.

IBGE. SIDRA: banco de tabelas e estatísticas. Rio de Janeiro: IBGE, 2023. Disponível em: https://sidra.ibge.gov.br/. Acesso em: 2 out. 2023.

KASSOUF, Ana Lúcia. Acesso aos serviços de saúde nas áreas urbana e rural do Brasil. Revista de Economia e Sociologia Rural, Brasília, DF, v. 43, n. 1, p. 29-44, 2005. DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-20032005000100002

LAMBIN, Eric F.; MEYFROIDT, Patrick. Global land use change, economic globalization, and the looming land scarcity. PNAS, [s. l.], v. 108, p. 3465-3472, 2011. Disponível em: https://doi.org/10.1073/pnas.1100480108. Acesso em: 14 dez. 2023. DOI: https://doi.org/10.1073/pnas.1100480108

LAURENTI, Antonio Carlos; PELLINI, Tiago; TELLES, Tiago Santos. Evolução da ocupação e do rendimento das pessoas no espaço rural brasileiro no período de 2001 a 2009. Revista de Economia e Sociologia Rural, Brasília, DF, v. 53, n. 2, p. 321-342, 2015. DOI: https://doi.org/10.1590/1234-56781806-9479005302008

MAIA, Alexandre Gori; SAKAMOTO, Camila Strobl. A nova configuração do mercado de trabalho agrícola brasileiro. In: BUAINAIN, Antônio Márcio; ALVES, Eliseu; SILVEIRA, José Maria; NAVARRO, Zander. O mundo rural no Brasil do século 21: a formação de um novo padrão agrário e agrícola. Brasília, DF: Embrapa, 2014. cap. 3, p. 591-620.

MATTEI, Lauro. Emprego agrícola: cenários e tendências. Estudos Avançados, São Paulo, v. 29, n. 85, p. 35-52, 2015. DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-40142015008500004

MEHTA, C. N.; CHANDEL, N. S.; SENTHILKUMAR, T.; SINGH, Kanchan H. Trends of agricultural mechanization in India. Beijing: Centre for Sustainable Agricultural Mechanization, 2014.

MICHELLON, Ednaldo. Agricultura familiar e o agronegócio. Maringá: EaD/Cesumar, 2011.

MICHELLON, Ednaldo; ROCHA, Carlos H.; MARTINS, Fábio Ricardo Corrales. Paraná mais orgânico: relatos de experiências de certificação pública de produtos orgânicos. Curitiba: CRV, 2018. DOI: https://doi.org/10.24824/978854442484.1

MINCER, Jacob A. Schooling, experience, and earnings. Cambridge: NBER, 1974.

NEDER, Henrique Dantas. Estrutura do mercado de trabalho agrícola no Brasil: uma analise descritiva da evolução de suas categorias entre 1995 e 2006. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRACAO E SOCIOLOGIA RURAL (SOBER), 46., 2008, Rio Branco. Anais [...]. Rio Branco: SOBER, 2008. p. 1-23.

NEY, Marlon Gomes; HOFFMANN, Rodolfo. Educação, concentração fundiária e desigualdade de rendimentos no meio rural brasileiro. Revista de Economia e Sociologia Rural, Brasília, DF, v. 47, n. 1, p. 147-181, 2009. DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-20032009000100006

PEREIRA, Vanessa da Fonseca; LIMA, João Eustáquio de; LIMA, João Ricardo Ferreira de; BRAGA, Marcelo José; MENDONÇA, Talles Girardi de.

Avaliação dos retornos à escolaridade para trabalhadores do sexo masculino no Brasil. Revista de Economia Contemporânea, Rio de Janeiro, v. 17, n. 1, p. 153-176, jan./abr. 2013. DOI: https://doi.org/10.1590/S1415-98482013000100006

REVELES, Irma Lorena Acosta. The limits and contradictions of agricultural technology in Latin America: Lessons from Mexico and Argentina. Perspectives on Global Development and Technology, [s. l.], v.11, n. 3, p. 386-400, Jan. 2012. DOI: https://doi.org/10.1163/156914912X651550

REZENDE, Gervásio Castro; GOLDIN, Ian. A Agricultura Brasileira na Década de 80: crescimento numa economia em crise. Rio de Janeiro: IPEA. 1993.

RODRIGUES, Camila Pereira Brígido; SANTOS, José Márcio dos. A evolução da qualidade do emprego na agropecuária brasileira: uma avaliação do período 1990-2010. Revista de Economia e Agronegócio, Viçosa, v. 11, n. 3, p. 1-22, 2015. DOI: https://doi.org/10.25070/rea.v11i3.223

SCHUMPETER, Joseph A. Teoria do desenvolvimento econômico. São Paulo: Abril cultural, 1982.

SERIGATI, Felippe; RODRIGUES, Raquel Magossi; POSSAMAI, Roberta; VIEIRA FILHO, José Eustáquio Ribeiro. O mercado de trabalho na fronteira do agronegócio: quanto a dinâmica no Matopiba difere das regiões mais tradicionais?. Rio de Janeiro: IPEA, 2017.

SILVA, Leandro Nunes Soares da; MONARIN, William; AFONSO, Juliana Franco. Indicadores de produtividade da agropecuária paranaense e transformações estruturais no período de 1990 a 2014. In: ENCONTRO DE ECONOMIA DA REGIÃO SUL, 20., 2017, Porto Alegre. Anais [...]. Porto Alegre: Anpec, 2017.

SOUZA, Hadma Milaneze de; NEY, Marlon Gomes; SOUZA, Paulo Marcelo de; NEY, Vanuza da Silva Pereira. Escolaridade, carteira de trabalho e renda dos empregados no meio rural brasileiro. Campo-Território: Revista de Geografia Agrária, Uberlândia, v. 10, n. 20, p. 468-492, 2015. DOI: https://doi.org/10.14393/RCT102027044

STOCK, James H.; WRIGHT Jonathan H.; YOGO, Motohiro. A survey of weak instruments and weak identification in generalized method of moments. Journal of Business & Economic Statistics, Washington, v. 20, n. 4, p. 518-529, 2002. DOI: https://doi.org/10.1198/073500102288618658

TEIXEIRA, Jodenir Calixto. Modernização da agricultura no Brasil: impactos econômicos, sociais e ambientais. Revista Eletrônica da Associação dos Geógrafos Brasileiros, Três Lagoas-MS, v. 2, n. 2, p. 21-42, set. 2005.

TEIXEIRA, Wladimir Machado; MENEZES-FILHO, Naércio Aquino. Estimando o retorno à educação do Brasil considerando a legislação educacional brasileira como um instrumento. Revista de Economia Política, São Paulo, v. 32, n. 3, p. 479-496, 2012. DOI: https://doi.org/10.1590/S0101-31572012000300008

TELLES, Tiago Santos; COSTA, Gustavo Vaz da; BACCHI, Matheus Demambre; LAURENTI, Antonio Carlos. Evolução da população rural ocupada nas Grandes Regiões do Brasil entre 2001 e 2009. Interações, Campo Grande, v. 18, n. 1, p. 17-26, jan./mar. 2017. DOI: https://doi.org/10.20435/1984-042X-2017-v.18-n.1(02)

TELLES, Tiago Santos; COSTA, Gustavo Vaz da; CASTRO, Gustavo Henrique Leite de; BACHI, Matheus Demambre; LAURENTI, Antonio Carlos. Decrease in the number of agricultural farms in the state of Paraná, Brazil. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 40, n. 1, p. 127-138, jan./fev. 2019. DOI: https://doi.org/10.5433/1679-0359.2019v40n1p127

TELLES, Tiago Santos; RIGHETTO, Ana Julia. Crescimento da agropecuária sustentabilidade ambiental. In.: VIEIRA FILHO, José Eustáquio Ribeiro (org.). Diagnóstico e desafios da agricultura brasileira. Rio de Janeiro: IPEA, 2019.

UEDA, E. M.; HOFFMANN, Rodolfo. Estimando o retorno da educação no Brasil. Economia Aplicada, São Paulo, v. 6, n. 2, p. 209-238, 2002.

VIEIRA FILHO, José Eustáquio Ribeiro; FISHLOW, Albert. Agricultura e indústria no Brasil: inovação e competitividade. Brasília, DF: IPEA, 2017.

VIEIRA FILHO, José Eustáquio Ribeiro; FORNAZIER, Armando. Productividad agropecuaria: reducción de la brecha productiva entre el Brasil y los Estados Unidos de América. Revista Cepal, Santiago de Chile, v. 118, p. 215-233, 2016. DOI: https://doi.org/10.18356/06f8a4ae-es

VIEIRA FILHO, José Eustáquio Ribeiro; SANTOS, Gesmar Rosa dos; FORNAZIER, Armando. Distribuição produtiva e tecnológica da agricultura brasileira e sua heterogeneidade estrutural. In: INFANTE, Ricardo; MUSSI, Carlos; ODDO, Mauro. Por um desenvolvimento inclusivo: o caso do Brasil. Brasília, DF: Cepal: Ipea, 2013.

WOOLDRIDGE, Jeffrey M. Econometric analysis of cross section and panel data. London: MIT press. 2010.

WOOLDRIDGE, Jeffrey M. Introductory econometrics: a modern approach. 5th ed. New York: Nelson Education, 2012.

YOUNG, Alwyn. Inequality, the urban-rural gap, and migration. The Quarterly Journal of Economics, Cambridge, v. 128, n. 4, p. 1727-1785, 2013. DOI: https://doi.org/10.1093/qje/qjt025

Downloads

Publicado

27-02-2024

Como Citar

Bernardelli, L. V., Castro, G. H. L. de, Gobi, J. R., Michellon, E., & Vieira Filho, J. E. R. (2024). O impacto da modernização agrícola no mercado de trabalho formal brasileiro. Economia & Região, 12(1), 1–25. https://doi.org/10.5433/2317-627X.2024.v12.n1.49060