Impactos econômicos da covid-19 no turismo religioso: uma análise da ausência das celebrações do Círio de Nazaré em Belém do Pará – PA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5433/2317-627X.2023.v11.n1.46738

Palavras-chave:

Covid-19, Círio de Nazaré, Turismo Religioso, Insumo-Produto

Resumo

O Círio de Nazaré é a maior festa religiosa do Brasil. Em 2020, o evento foi realizado online, devido às medidas sanitárias impostas na tentativa de controlar o avanço da pandemia da Covid-19. Assim, o evento deixou de atrair quase 2 milhões de pessoas, incluindo 83.000 turistas, o que representa uma perda de US$ 31,2 milhões para a economia de Belém. Para avaliar os efeitos econômicos inter-regionais do cancelamento das festividades do Círio de Nazaré, foram utilizadas várias técnicas de análise insumo-produto. Os efeitos no emprego foram diferenciados por níveis de renda e educação, assim como raça, gênero e grau de formalidade. Os resultados mostram que o cancelamento do Círio de Nazaré por fins sanitários gerou um impacto negativo de 0,441% no PIB de Belém e a redução de aproximadamente 5.700 empregos formais e informais. Os trabalhadores pretos e pardos com menor escolaridade e renda foram os mais atingidos, destacando as desigualdades socioeconômicas provocadas pela pandemia da Covid-19.

Biografia do Autor

Cláudio Eurico Seibert, Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF

 Doutorando em Economia na Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF e Professor na Faculdade de Ciências Políticas e Aplicadas da Universidade Federal de Rondonópolis – UFR.

Thais Diniz Oliveira , Universidade de São Paulo - USP

Doutora em Economia Aplicada pelo Institute of Technology Sligo, Irlanda. Pesquisadora na Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo – USP.

Paulo Roberto de Sousa Freitas Filho , Universidade Federal de Mato Grosso - UFMT

Doutor em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE. Professor da Faculdade de Economia da Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT.

Sérgio Felipe Melo da Silva, Universidade Federal do Pará - UFPA

Doutorando em Economia da Universidade Federal do Pará - UFPA e servidor da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia – SUDAM.

Andréa Bento Carvalho , Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Doutora em Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS. Professora no Instituto de Ciências Econômicas Administrativas e Contábeis da Universidade Federal do Rio Grande – FURG.

Rayan Wolf, Universidade Federal de Viçosa - UFV

Doutor em Economia Aplicada pela Universidade Federal de Viçosa. Pesquisador da Universidade Federal de Viçosa – UFV.

Referências

BONET-MORÓN, J.; RICCIULLI-MARÍN, D.; PÉREZ-VALBUENA, G. J.; GALVIS-APONTE, L. A.; HADDAD, E. A.; ARAÚJO, I. F.; PEROBELLI, F. S. Impacto económico regional del Covid-19 em Colômbia: um análisis insumo-producto. In: Documentos de Trabajo sobre Economía Regional y Urbana. Banco de La República. CEER – Cartagena. N. 288, Colômbia: 2020. https://doi.org/10.32468/dtseru.288

CORBARI, S.D.; GRIMM, I.J. A pandemia de COVID-19 e os impactos no setor do turismo em Curitiba (PR ): uma análise preliminar. Ateliê do Turismo, v.4, n. 2, p.1–26. 2020.

DIEESE/PA. Círio de Nazaré/2020: o Círio de Nazaré e seus impactos na economia do estado do Pará. Nota à imprensa. 2020.

DIETZENBACHER, E.; VAN BURKEN, B.; KONDO, Y. Hypothetical extractions from a global perspective. Economic Systems Research, v. 31, n. 4, p.505–519. 2019. https://doi.org/10.1080/09535314.2018.1564135

DIETZENBACHER, E.; VAN DER LINDEN, J.A.; STEENGE, A.E. The Regional Extraction Method: EC Input-Output Comparisons. Economic Systems Research, v.5, n. 2, p.185–206. 1993. https://doi.org/10.1080/09535319300000017

DWECK, E.; ROCHA, C.F.; FREITAS, F.; FERRAZ, J.C.; TORRACCA, J.; DA COSTA, K.V.; FERREIRA, K.; VILAR, M.C.; MARCATO, M.B.; CASTILHO, M.; MIGUEZ, T. Impactos macroeconômicos e setoriais da Covid-19 no Brasil. Texto para Discussão 007. Instituto de Economia IE-UFRJ. Rio de Janeiro, 2020. Disponível em: https://bit.ly/3Yp3RYv. Acesso em: 05/02/2023

FGV. Impacto Econômico do Covid-19 Propostas para o Turismo Brasileiro. 2020. Disponível em: https://fgvprojetos.fgv.br/sites/fgvprojetos.fgv.br/files/01.covid19_ impactoeconomico_v09_compressed_1.pdf. Acesso em: 05 fev. 2023.

FIPE. Caracterização e dimensionamento do turismo doméstico no Brasil – 2010/2011. Relatório executivo – Produto 6: Principais resultados selecionados. São Paulo, 2012.

GÖSSLING, S.; SCOTT, D.; HALL, C.M. Pandemics, tourism and global change: a rapid assessment of COVID-19. Journal of Sustainable Tourism, v. 29, p.1–20. 2021. https://doi.org/10.1080/09669582.2020.1758708

GUILHOTO, J. J. M. Input-output analysis: theory and foundations. Munich Personal RePEc Archive, São Paulo, 2011.

HADDAD, E. A.; PEROBELLI, F.S.; ARAÚJO, I. F. Input-Output Analysis of COVID-19: Methodology for Assessing the Impacts of Lockdown Measures. Texto para Discussão 1-2020. Núcleo de Economia Regional e Urbana da Universidade de São Paulo (NEREUS). 2020.

HADDAD, E. A.; ARAÚJO, I. F.; PEROBELLI, F. S. Matriz Inter-regional de Insumo-Produto para o Arranjo Populacional de Belém, 2015. Núcleo de Economia Regional e Urbana da USP - NEREUS e Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas - FIPE. 2020a.

HADDAD, E.; ARAÚJO, I.; PEROBELLI, F. Estrutura das Matrizes de Insumo-Produto dos Arranjos Populacionais do Brasil, 2015 (Nota Técnica) (No. 8-2020). Núcleo de Economia Regional e Urbana da Universidade de São Paulo (NEREUS). 2020b.

HADDAD, E. A.; GONÇALVES, C. A.; NASCIMENTO, T. Matriz Interestadual de Insumo-Produto para o Brasil: Uma Aplicação do Método IIOAS. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, v. 11, n. 4, p. 424-446. 2017.

HADDAD, E.A.; PORSSE, A.A.; RABAHY, W. Domestic tourism and regional inequality in Brazil. Tourism Economics, v.19, n. 1, p. 173–186. 2013. https://doi.org/10.5367/te.2013.0185

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ECONOMIA - IBGE (2021). Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/trabalho/17270-pnad-continua.html?. Acesso em: 16 nov. 2021.

INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA – IPEA. (2022). Ipeadata. Taxa de câmbio - R$ / US$ - comercial - venda – média. Disponível em: http://www.ipeadata.gov.br/Default.aspx Acesso em: 15 ago 2022.

ISHOLA, D.A.; PHIN, N. Could influenza transmission be reduced by restricting mass gatherings? Towards an evidence-based policy framework. Journal of Epidemiology and Global Health, v. 1, n. 1, p. 33–60. 2011. https://doi.org/10.1016/j.jegh.2011.06.004

LEITE, J.C.L.; SANTOS, S.R. DOS; LEITE, Â.R.L. Os impactos econômicos da COVID-19 no setor de turismo no Maranhão. Revista Turismo & Cidades, v. 2, p. 104–122, 2020.

MILLER, R.E.; BLAIR, P.D. Input-Output Analysis: Foundations and Extensions. Englewood Cliffs: Prentice-Hall, 2009.

MILLER, R.E.; LAHR, M.L. A taxonomy of extractions. In: LAHR, M.L. Regional Science Perspectives in Economic Analysis, p. 407-441, Elsevier: 2001.

MOHANTY, P.; DHOUNDIYAL, H.; CHOUDHURY, R. Events Tourism in the Eye of the COVID-19 Storm: Impacts and Implications. Disponível em: https://bit.ly/3ZoC1wR. Acesso em: 05/02/2023.

NEVES, C.S.B.; CARVALHO, I.D.S.; SOUZA, W.F.L. DE; FILIPPIM, M.L. Os impactos da COVID-19 nas viagens de turistas brasileiros: conjuntura e perspectivas na eclosão e na expansão da pandemia no Brasil. Turismo, Visão e Ação, v. 23, n. 1, p. 2–25. https://doi.org/10.14210/rtva.v23n1.p2-25

PEROBELLI, F.; VALE, V.; PIRES, M.; SANTOS, J.; ARAÚJO, I. Estimativa da matriz de insumo-produto da Bahia (2009): características sistêmicas da estrutura produtiva do estado. Revista Economia do Nordeste, v. 46, n. 4, p. 97–116. 2015.

PEROBELLI, F.S.; HADDAD, E.A.; MOTA, G.P. DA; FARINAZZO, R.A. Estrutura de interdependência inter-regional no Brasil : uma análise espacial de insumo-produto para os anos de 1996 e 2002. Pesquisa e Planejamento Econômico, v. 40, n. 2, p. 281-325, 2010.

RABAHY, W.A. Análise e perspectivas do turismo no Brasil. Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo, v.14, n. 1, p. 1–13, 2020. https://doi.org/10.7784/rbtur.v14i1.

RIBEIRO, L. C. D. S.; SANTOS, G. F.; CERQUEIRA, R. B.; SOUZA, K. B. Do income policy mitigate the economic impacts of Covid-19 on tourism in Brazil? Economics Bulletin, v. 41, n. 4, p. 2574-2579. 2021.

RIBEIRO, L. C. S.; DE SANTANA, J. R.; ANDRADE, J. R. L.; MOURA, F. R.; ESPERIDIÃO, F.; JORGE, M. A.; SANTOS, G.F.; CERQUEIRA, R. B. Estimação de impactos econômicos da pandemia COVID-19 em Sergipe. (Nota Técnica) (nº 2-2020). Laboratório de Economia Aplicada e Desenvolvimento Regional - LEADER – UFS, 2020.

RIBEIRO, L.C.D.S.; LOPES, T.H.C.R.; MONTENEGRO, R.L.G.; ANDRADE, J.R.D.L. Employment dynamics in the Brazilian tourism sector (2006–2015). Tourism Economics, v. 24, n. 4, p. 418–433. 2018. https://doi.org/10.1177/1354816617736409

RIBEIRO, L.C.D.S.; DA SILVA, E. O. V.; ANDRADE, J.R.F.; SOUZA, K.B. Tourism and regional development in the Brazilian Northeast. Tourism Economics. v. 23, n. 3, p. 717-727. 2016. https://doi.org/10.1177/1354816616652752

SANTOS, G. F.; RIBEIRO, L. C. S.; CERQUEIRA, R. B. Modelagem de impactos econômicos da pandemia Covid-19: aplicação para o estado da Bahia. 2020. Disponível em: https://bit.ly/3SQRIuv. Acesso em: 05/02/2022.

STRASSERT, G. Zur Bestimmung strategischer Sektoren mit Hilfe von Input-Ouput-Modellen. Journal of Economics and Statistics (Jahrbuecher fuer Nationaloekonomie und Statistik), vol. 182, n. 1, p. 211-215, 1968. https://doi.org/10.1515/jbnst-1968-0114.

WORLD TRAVEL & TOURISM COUNCIL - WTTC. Travel & Tourism: Economic impact. 2021. Disponível em: https://wttc.org/Research/Economic-Impact. Acesso em 05/02/2022.

Downloads

Publicado

06-03-2023

Como Citar

Seibert , C. E., Diniz Oliveira , T., de Sousa Freitas Filho , P. R., Felipe Melo da Silva, S., Bento Carvalho , A., & Wolf, R. (2023). Impactos econômicos da covid-19 no turismo religioso: uma análise da ausência das celebrações do Círio de Nazaré em Belém do Pará – PA. Economia & Região, 11(1), 130–149. https://doi.org/10.5433/2317-627X.2023.v11.n1.46738

Edição

Seção

Artigos