História, livro didático e formação docente: produção, limites e possibilidades

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5433/1984-3356.2018v11n22p516

Palavras-chave:

História, Livro didático, Formação docente.

Resumo

O presente artigo propõe-se a fazer uma análise para ampliar as discussões sobre o processo de produção do livro didático de história, as relações da escrita desse produto com a ciência de referência e como essas dimensões se relacionam com a formação docente inicial de professores e professoras de História. Nessa dimensão, problematiza o lugar de autoria atribuído ao profissional que escreve a narrativa textual e alguns limites que condicionam a escrita didática. Também analisa como que a ciência histórica, como lugar de formação docente, problematiza o livro didático durante a formação inicial dos professores através das pesquisas que venho desenvolvendo acerca das matrizes curriculares dos cursos de licenciatura em história oferecidos nas universidades federais do Norte e Nordeste do Brasil. Os resultados apontam que as matrizes curriculares têm praticamente ignorado as reflexões sobre os livros didáticos como principal instrumento de trabalho do professor de história.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Erinaldo Vicente Cavalcanti, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará

Doutor em História pela Universidade Federal de Pernambuco. Professor da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará.

Referências

ABUD, Katia Maria. A história de cada dia: saber escolar e saber acadêmico na sala de aula. In: MONTEIRO, Ana Maria; GASPARELLO, Arlette Medeiros; MAGALHÃES, Marcelo de Souza (org.). Ensino de História: sujeitos, saberes e práticas. Rio de Janeiro: Mauad X, 2007. p. 107-117.

ARROYO, Miguel Gonzalez. Currículo, território em disputa. 5. ed. Petrópolis: Vozes, 2013.

BEZERRA, Holien Gonçalves. O PNLD de História: momentos iniciais. In: ROCHA, Helenice; REZNIK, Luis; MAGALHÃES, Marcelo de Souza (org.). Livros didáticos de História: entre políticas e narrativas. Rio de Janeiro: FGV, 2017. p. 67-82.

BITTENCOURT, Circe Maria Fernandes. Ensino de História: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2009.

CAIMI, Flavia Eloisa. Historiografia do livro didático de História: o dito e o feito na última década (1999-2008). In: ANDRADE, João Maria Valença; STAMATTO, Maria Inês Sucupira (org.). História ensinada e escrita da História. Natal: Ed. UFRN, 2009. p. 151-161.

CAIMI, Flavia Eloisa. O livro didático de História e suas imperfeições: repercussões do PNLD após 20 anos. In: ROCHA, Helenice; REZNIK, Luis; MAGALHÃES, Marcelo de Souza (org.). Livros didáticos de História: entre políticas e narrativas. Rio de Janeiro: FGV, 2017. p. 33-54.

CASSIANO, Cristina de Figueiredo. Política e economia de mercado do livro didático no século XXI: globalização, tecnologia e capitalismo na educação básica nacional. In: ROCHA, Helenice; REZNIK, Luis; MAGALHÃES, Marcelo de Souza (org.). Livros didáticos de História: entre políticas e narrativas. Rio de Janeiro: FGV, 2017. p. 83-100.

CAVALCANTI, Erinaldo. A História e o ensino nas encruzilhadas do tempo: entre práticas e representações. In: CAVALCANTI, Erinaldo et al. (org.). História: demandas e desafios do tempo presente. Produção acadêmica, ensino de história e formação docente. São Luís: Editora da UFMA, 2018a. p. 20-48.

CAVALCANTI, Erinaldo. História, ensino de história e livro didático: a formação docente em debate. Saeculum: Revista de História, João Pessoa, n. 38, 2018b.

CAVALCANTI, Erinaldo. Livro didático: produção, possibilidades e desafios para o ensino de História. Revista História Hoje, São Paulo, v. 5, n. 9, p. 262-284, 2016.

FONSECA, Selva Guimarães. A formação de professores de História no Brasil: perspectivas desafiadoras de nosso tempo. In: ZAMBONI, Ernesta; FONSECA, Selva Guimarães (org.). Espaço de formação do professor de História. Campinas: Papirus, 2008.

MIRANDA, Sonia Regina; DE LUCA, Tania Regina. O livro didático de História hoje: um panorama a partir do PNLD. Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 24, n. 48, p. 123-144, 2004.

MONTEIRO, Ana Maria; GABRIEL, Carmem Tereza. Currículo de História e narrativa: desafios epistemológicos e apostas políticas. In: MONTEIRO, Ana Maria et al. Pesquisa em ensino de História: entre desafios epistemológicos e apostas políticas. Rio de Janeiro: Mauad X: Faperj, 2014. p. 23-40.

MOREIRA, Antônio Flávio Barbosa; SILVA, Tomaz Tadeu da. Currículo, cultura e sociedade. São Paulo: Cortez, 2000.

OLIVEIRA, Margarida Maria Dias de. O mundo da informação e os novos espaços para o ensino de História. In: OLIVEIRA, Margarida Dias de; CAINELLI, Marlene Rosa; OLIVEIRA, Almir Felix Batista de (org.). Ensino de História: múltiplos ensinos em múltiplos espaços. Natal: EdUFRN, 2008. p. 85-93.

OLIVEIRA, Margarida Maria Dias de. Uma profissional de história em gestão de política pública: como a memória construiu minha experiência no PNLD de 2004 a 2015. In: ROCHA, Helenice; REZNIK, Luis; MAGALHÃES, Marcelo de Souza (org.). Livros didáticos de História: entre políticas e narrativas. Rio de Janeiro: FGV, 2017. p. 55-65.

OLIVEIRA, Margarida Maria Dias de; FREITAS, Itamar. Historiografia didática e repercussões estatais sobre conteúdos históricos em nível nacional (1031-2012). Revista Territórios & Fronteiras, Cuiabá, v. 6, n. 3, p. 6-18, dez. 2013.

RICCI, Claudia Sapag. Historiador e/ou professor de história: a formação nos cursos de graduação de História. Revista História Hoje, São Paulo, v. 4, n. 7, p. 107-135, 2015.

RÜSEN, Jörn. O livro didático ideal. In: SCHMIDT, Maria Auxiliadora; BARCA, Isabel;

MARTINS, Estevão de Rezende (org.). Jörn Rüsen e o ensino de História. Curitiba: Ed. UFPR, 2011. p. 109-127.

SCHMIDT, Maria Auxiliadora. Entrevista com a Dra Maria Auxiliadora Moreira dos Santos Schmidt para a revista Camine -bloco 1. São Paulo: Unesp, 2011. 1 vídeo (20 min). Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=O9c9OjMzj18. Acesso em: 15 fev. 2015.

SILVA, Marcelo Soares Pereira da. O livro didático como política pública: perspectivas históricas. In: ROCHA, Helenice; REZNIK, Luis; MAGALHÃES, Marcelo de Souza (org.). Livros didáticos de História: entre políticas e narrativas. Rio de Janeiro: FGV, 2017. p. 101-120.

Downloads

Publicado

30-01-2019

Como Citar

CAVALCANTI, E. V. História, livro didático e formação docente: produção, limites e possibilidades. Antíteses, [S. l.], v. 11, n. 22, p. 516–532, 2019. DOI: 10.5433/1984-3356.2018v11n22p516. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/antiteses/article/view/34621. Acesso em: 25 abr. 2024.