A construção do sagrado: benzedeiras e práticas religiosas em Cambé/Paraná

Autores

  • Gabriela Cristina Maceda Rubert Unviersidade Estadual de Londrina - UEL

DOI:

https://doi.org/10.5433/1984-3356.2014v7n14p537

Palavras-chave:

Altares domésticos, Benzedeiras, Memória

Resumo

Este trabalho busca compreender as relações intrínsecas às múltiplas memórias presentes na disposição de imagens religiosas de senhoras benzedeiras do município de Cambé/Paraná. Através do diálogo com a fonte oral e a fonte imagética procuramos relacionar aspectos históricos às particularidades presentes nos casos tratados. Refletimos na pesquisa os conceitos de identidade, memória e de cura presentes nessas relações de troca entre o sobrenatural e o terreno, atentando para o significado da pluralidade de imagens presentes neste espaço através da análise imagética e das narrativas e histórias dos ex-votos descritos nos depoimentos das benzedeiras. A pesquisa problematizou as reminiscências religiosas a partir das memórias, da identidade e das heranças familiares dos devotos, relacionando suas vivências particulares e privadas com os processos de formação cultural e religiosa brasileira.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Gabriela Cristina Maceda Rubert, Unviersidade Estadual de Londrina - UEL

Graduada em História pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Mestra em História Social pela Universidade Estadual de Londrina.

Downloads

Publicado

19-12-2014

Como Citar

RUBERT, G. C. M. A construção do sagrado: benzedeiras e práticas religiosas em Cambé/Paraná. Antíteses, [S. l.], v. 7, n. 14, p. 537–538, 2014. DOI: 10.5433/1984-3356.2014v7n14p537. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/antiteses/article/view/20558. Acesso em: 21 abr. 2024.