Turismo e excursionismo: o qualificativo rural : um estudo das experiências e potencialidades no Norte Velho do Paraná

Autores

  • Maria del Carmen Matilde Huertas Calvente Universidade Estadual de Londrina

DOI:

https://doi.org/10.5433/1679-0383.2002v23n1p131

Palavras-chave:

Turismo Rural, Diversificação, Potencialidade, Impactos – Norte Velho do Paraná

Resumo

Este estudo enfoca a diversificação contemporânea do turismo, na perspectiva da Geografia, tendo o turismo rural como tema central e como sub-temas a sua potencialidade, regulamentação, impactos e perspectivas. Entre as tendências atuais da prática social do turismo está a valorização da rusticidade e de paisagens naturais – as áreas rurais passam, portanto, a serem encaradas também como um território de suporte para as atividades de lazer. O turismo rural, no caso brasileiro, não possui um conceito já determinado, e na discussão do que é ou deve ser e na interrelação entre os vários agentes ligados à sua regulamentação algumas possibilidades são vislumbradas: a atividade pode servir para uma modernização que exclui grandes parcelas da população brasileira mas também pode ser encarada como uma maneira de incorporação destas pessoas nas transformações que a sociedade necessita. O texto resultante foi dividido em cinco partes: a diversificação do turismo enquanto um processo contemporâneo, investigando suas tendências atuais; as diferentes contribuições que servem à compreensão conceitual do tema principal e um levantamento dos problemas e benefícios relatados como possíveis; as diversas ações que influem no turismo rural, nas mais diversas escalas; os elementos da potencialidade; e um quadro do turismo rural na região estudada. O trabalho de investigação empírica abordou o desenvolvimento embrionário do turismo nas áreas rurais do Norte Velho do Paraná, Brasil, a partir das modalidades que estão surgindo, das experiências que seus protagonistas estão vivenciando e do perfil das pessoas que procuram o turismo rural como alternativa econômica e como visitantes. Através da necessária relação entre a abordagem teórica e empírica, há uma tentativa de contribuição para o conhecimento, entendimento e análise deste fenômeno cuja expansão é recente e, portanto, ainda pouco abordada pelos estudos geográficos.

 

 

Biografia do Autor

Maria del Carmen Matilde Huertas Calvente, Universidade Estadual de Londrina

 

Mestre e doutora na Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas; e Docente na graduação e pós-graduação: Desde mar/95, docente das disciplinas Epistemologia da Geografia, Geografia Humana Geral e do Brasil, Metodologia de Pesquisa em Geografia, Metodologia e Prática de Ensino em Geografia - Estágio Supervisionado, Epistemologia e Evolução da Geografia e Geografia e Turismo – Estudo do Meio. Pesquisa aprovada na Universidade Estadual de Londrina com o título O Turismo Rural no Norte do Paraná (1996 - 2001).

Downloads

Publicado

27.10.2002

Como Citar

CALVENTE, Maria del Carmen Matilde Huertas. Turismo e excursionismo: o qualificativo rural : um estudo das experiências e potencialidades no Norte Velho do Paraná. Semina: Ciências Sociais e Humanas, [S. l.], v. 23, n. 1, p. 131–132, 2002. DOI: 10.5433/1679-0383.2002v23n1p131. Disponível em: https://ojs.uel.br/revistas/uel/index.php/seminasoc/article/view/3861. Acesso em: 18 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos de revisões